1965 - Primicias Sacerdotais

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre Jonas Abib. Sua primeira missão como Catequista do Liceu Coração de Jesus 1965

""1965 - Primícias sacerdotais : “Os canarinhos liceanos”""

O irmão salesiano João dos Santos, mineiro de ARAXÁ, cuidou dos canarinhos liceanos durante toda a sua vida, diga-se de passagem. Senhor João ,no ano de 1965 e 1966 , foi transferido para o colégio de Santa Teresinha, onde formou um outro grupo de pequenos cantores, nesse tempo e começou dar aulas no conservatório musical de Santana, do maestro Colaciopo. O néo sacerdote Padre Jonas Abib, além de ser o encarregado da pastoral dos alunos seminternos, como catequista, assumiu a Schola Cantorum, o conservatório musical , os Dias de Formação, os Retiros e as Missas com os alunos . Iniciou também o Grupo de Jovens na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Poderíamos afirmar que foi a sua primeira experiência de formação de comunidade com os jovens. Desse grupo, ou melhor dizendo dessa Comunidade de Jovens é que saiu a turma para o Retiro de Suarão e, em 1968, o Primeiro Encontro de Juventude. Faziam parte dessa Comunidade: João Carlos Fornari, seu irmão Antonio Carlos Fornari ( o Vivi ), o Afonso,o Edson Quintanilha, a Elizabeth,o Jorge Moreno - Marroquino - , o José Fornari , o Henrique Navarro e outros. Padre Jonas era auxiliado pelos casais: João e Mara Fornari, e Heládio, com sua esposa e filhos. A Família Quintanilha João e Arlete , como também seu irmão Pedro e Elvira Quintanilha.


de um ex-canarinho liceano‏ Enviada na terça-feira, 18 de agosto de 2009 16:58:09

Reinaldo Garrido Russo

Pe Dilermando   Meu nome é Reinaldo Garrido Russo e sou irmão de Roberto, alguém que você lembrou de pronto na conversa com Cláudio Tucci, meu grande amigo.  Fiquei feliz por estar escrevendo a biografia do meu querido Pe Jonas Abib. Ele foi, talvez, a pessoa mais importante em minha vida quanto à definição de minha carreira. Eu tocava violão quando ingressei nos Canarinhos e ele de pronto, quando soube que tocava, colocou-me para tocar nos eventos religiosos, nas festividades que o Liceu promovia. Ele cantava as canções e eu o acompanhava juntamente com Heládio (na Escaleta) fazendo com que três mil alunos cantassem conosco. Era muito emocionante. Quando viajávamos para cantar com o coral eu o acompanhava sempre ao violão, pois o Pe Jonas adorava cantar canções como "Non pensare a me". Eu harpejava um belo Fa Maior e ele começava a entoar a canção. Tinha uma voz pequena, um pouco rouca, mas bem afinada.   Outros alunos que pertenciam aos Canarinhos tornaram-se músicos. O mais famoso é, sem dúvida, o nosso ex-pianista Roberto Tibiriçá Passos. Enzo Antonio Bertolini é outro que tornou-se maestro como eu. O Tibiriçá tem um site que você poderá entrar em contato. Quando ao Enzo eu vou tentar encontrá-lo. Sei que está cadastrado no Sonic.  Tenho algumas histórias pra contar e acho que serão valiosas. Eu as contarei no decorrer de nossas conversas.  Espero estar em contato permanente com você e o Pe Jonas. Há algum tempo atrás eu enviei um e-mail ao contato da Canção Nova, mas ninguém me respondeu. Espero que desta vez eu consiga com o seu precioso aval.  Abraços Reinaldo  Obs: este e-mail está sendo enviado também ao meu irmão Roberto que entrará em contato em sequência. Ele ficou muito feliz ao saber que o Cláudio havia lhe encontrado.