1970 - Pré Canção Nova

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

ESCOLA DE LIDERANÇA

Logo , depois do Primeiro encontro começou-se a escola de Liderança .Consistiam em duas aulas , inicialmente aos sábados a tarde . Você vai encontrar aqui o conteúdo prático e o “regulamento” dos Encontros . Foram elaborados pelo Padre Jonas Abib. Aqui, podemos dizer, após quarenta anos,já encontramos o Embrião da Canção Nova.Encontramos o seu coração e a sua preocupação: Como EVANGELIZAR.

Transcrevemos aqui a primeira parte, tema prático , das aulas da Escola de Liderança , por três anos foram ministrados pelo Dilermando Luiz Cozatti, então estudante de Teologia do Instituto Teológico PIO ONZE . A segunda “Aula” da Escola de Liderança era uma síntese de Teologia Dogmática era o Fundamental Cristão ministrada e elaborada pelo Geraldo Lopes.


A Congregação Salesiana em 1958

Em 1958 o Padre Pedro Prade foi o delegado Inspetorial , viajando para Turim e em poucos dias tudo se resolve. Algumas pequenas reformulações nas práticas de piedade. Passamos a rezar somente uma Ave Maria na hora do Angelus e a rezar em Português. Foi editado então um belíssimo livro de Obras e Estatísticas da Família Salesiana no Mundo


1965- O Capitulo Geral mais tempo e compõe um livro XIX Capítulo Geral, com muitas modificações e atento a Pessoa do Salesiano. O Padre Mario Quilicci foi eleito delegado Inspetorial e vai representar a inspetoria em Turim, sendo que na volta,acaba sendo Inspetor Salesiano do Sul , eem Santa Catarina. O Inspetor foi eleito para o Conselho Geral. É nomeado outro inspetor de fora da Inspetoria.


1971 Capítulo Geral Especial:, que foi o XX Capitulo e envolveu toda a Congregação, durante três anos e com duas sessões preparatórias faz uma síntese do que pensão os salesianos hoje. O Capítulo Geral levou seis meses de reflexão e compõe um Tomo de pistas e reflexões para iniciar a mudança tratando do salesiano na Comunidade Salesiana, numa visão pós Conciliar. Inicia uma proposta de Novas Regras, que se concentrarão para a sua aprovação provisória e no posteriormente a sua aprovação definitiva, ou seja nos Capítulos seguintes. De seis em seis anos.Foi eleito como delegado o Padre Antonio da Silva Ferreira.

Capítulo Geral XIX

já havia dado certa abertura para a Congregação, realizado em Turim 1965

Época de grandes transições : Na Igreja e na Congregação

Faziam -se experiências novas, após o Concílio Vaticano II. A Missa passava aos poucos para o vernáculo. Os sacerdotes passavam a celebrar voltados para o povo. Havia resistência por parte dos mais velhos, naturalmente mais tradicionalistas contrastando com o entusiamo e a participação dos mais jovens com as novidades que o Vaticano II Na Congregação os internatos estavam desaparecendo. Os externatos aumentavam o número de alunos. Sonhava-se com Novas experiências no campo da pastoral. Houve uma grande participação de toda a Congregação e da família Salesiana na preparação do capítulo Geral Especial. A Congregação Salesiana foi uma das últimas a realizar tal Capítulo, pois houve uma ampla consulta com a participação de todos os salesianos do mundo e duas comissões preparatórias, em Turim. Preparava-se uma nova casa em Roma para ser a sede dos Capítulos Gerais, deixando Valdoco, em Turim. Os documentos já tratavam , mais do que das obras , a importância da pessoa do salesiano, focalizando o salesiano na Comunidade.


A Inspetoria Salesiana de São Paulo

Uma Inspetoria em contínuas mudanças de pessoal

Os seminaristas, desde 1962, na abertura do Concílio Vaticano II acompanhavam as notícias e, posteriormente os documentos que iam saindo paulatinamente, até a sua aprovação. Uma verdadeira aurora do Espírito Santo que se iniciava na Igreja. Nesta década e falece João XXIII, falece John Kenedy e, João Goulart governa o país num novo regime, o Parlamentar. As forças armadas temem um governo comunista dão o golpe militar de 31 de março de 1964. A Inspetoria Salesiana ganha um novo inspetor salesiano. Padre Daniel Bissolli, capixaba, que tinha sido Diretor do Primeira Obra Salesiana do Brasil , assume a Inspetoria Salesiana de São Paulo , substituindo o saudoso Padre José Stringari. Aliás o único inspetor desta inspetoria, nos últimos setenta anos que permaneceu na Inspetoria, após o seu sexênio, como superior. Explico-me: Dom João Rezende Costa é nomeado Bispo de Ilhéus e substituído pelo Padre Antonio Barbosa , que quase no final do seu mandato foi nomeado bispo de Campo Grande, em 1957. Padre José Stringari, após seis anos de mandato 1958-1963 , assumiu Lavrinhas, como Diretor. Padre Daniel Bissolli eleito em 1964 , no mesmo ano foi destituido do cargo e posteriormente, revendo a história, o Reitor mor Padre Luiz Ricceri o nomeia Inspetor da Amazonia. Padre Pedro Garnero, argentino, assume a Inspetoria em 1965 e no Capítulo Geral foi eleito para o Conselho Superior e posteriormente se tornou Regional . No seu lugar chega o Padre Salvador De Bonnis, italiano, missionário na Espanha, desde clérigo estudante de filosofia, que substituíra o Padre Garnero no Paraguai, vem como substituto, no lugar do Padre Daniela Bissolli., permanecendo no cargo de 1965 até 1972. Padre José Antonio Romano,que era ecônomo inspetorial, assume a insspetoria, quando o Padre De Bonnis segue para a Europa. Padre Fernando Legal que era vice inspetor assume em 1976 a inspetoria, por ocasião da morte do Padre Romano.Logo após é confirmado no cargo até ser nomeado Bispo. Em 1980 é sucedido elo Padre Hilário Moser, que no final do sexênio segue para Roma,como diretor .Voltou para sua Ordenação episcopal. Padre Irineu Danelon assume o Inspetorado e em dezembro é nomeado Bispo de Lins. Padre Luiz Gonzaga Piccolli, depois do sexênio, pede para ser Missionário em Angola. Padre Antonio Carlos Altieri, vem de Roma , pois estava estudando e no final do mandato , volta para Roma, agora como Diretor de uma das comunidades de padres estudantes da Universidade Pontifícia Salesiana,UPS, posteriormente nomeado bispo de Caraguatatuba. Padre Luiz Nivaldo Pessinatti, assume o inspetorado de 1999 até 2005 e segue para Brasília, como encarregado da Rede de escolas Salesianas. Padre Marco Biaggi, que era ecônomo, toma posse em 2005 e é o atual Inspetor . Por isso afirmamos que somente o Padre Andréas Dell'Occa e o Padre Stringari faleceram na Inspetoria. Dito isto podemos constatar que faz muito tempo que a inspetoria de São Paulo carece dessa sequencia, depois de um sexenio de inspetorado permanecer na inspetoria. Notamos que falta essa sequencia de uma tradição viva. Falta a presença de salesianos que tiveram a vivência de administração de pessoas e das obras durante um sexenio, continuarem trabalhando numa das casas da própria Inspetoria. Isso acontece em todas as inspetorias brasileiras que se renovam e mantem os membros mais experientes no seu quadro ativo .

1971-Em 1971 ainda encontramos uma data na paralela...Coincidência ou Providência ?

XX Capítulo Geral Especial realizado em Roma de junho de 1971 a Janeiro de 1972

Representantes do Brasil

Padre Décio Teixeira, inspetor do centro leste, Belo Horizonte Padre Alfredo Carrara, delegado do centro leste, Belo Horizonte Padre Wolfang Gruen, delegado do centro leste, Belo Horizonte Padre Geraldo Pompeu de Campos, inspetor do oeste, Campo Grande Padre Antonio Secundino de Castro, delegado do oeste, Campo Grande Padre Daniel Bissoli, inspetor da Amazônia, Manaus Padre Lourenço Bertolusso delegado da Amazônia, Manaus Padre Mario Quilici , inspetor do sul do Brasil, Porto Alegre Padre Marcelo Sucharski, delegado do sul, Porto Alegre Padre Antonio José de Carvalho,inspetor do nordeste, Recife Padre Edvaldo G. Amaral , delegado do nordeste, Recife Padre Salvador De Bonis,inspetor de São Paulo Padre Antonio da Silva Ferreira, delegado de São Paulo Diácono Dilermando Luiz Cozatti , observador, representante do jovens salesianos No dia 21 de outubro voltava eu , de Roma, do Capitulo Geral Especial para a minha ordenação sacerdotal, que aconteceu no dia 31 de outubro. Recebi, por ocasião da Ordenação esta cartinha, No dia 21 de outubro voltava eu , de Roma, do Capitulo Geral Especial para a minha ordenação sacerdotal, que aconteceu no dia 31 de outubro. Recebi, por ocasião da Ordenação esta cartinha, que conservo o seu original: Carta do Padre Jonas Abib ao Neo sacerdote Padre Dilermando

Padre Jonas compositor de Hinos de Formatura

No dia oito de dezembro, em Lavrinhas, fui convidado pelo Padre Germano Slomp, Diretor do aspirantado para celebrar solene concelebrada e presidida pelo neo sacerdote Padre Dilermando Luiz Cozatti, salesiano, quando os postulantes entregavam seu pedido para serem admitidos ao Noviciado.

Hino de Formatura Letra José Carlos Fascina e Musica Padre Jonas Abib I Nesta hora de adeus nós cantamos Nosso preito de amor, gratidão! Belos dias juntinhos trilhamos Nossa e vossa mais bela ação. II Mais um passo adiante nós damos, No galgar tão sublime do altar, À Maria e a Cristo amamos, Sem reservas nós vamos dar III Somos gratos Lavrinhas querida, É partida, tange a alma a emoção; Fique sempre a alegria vivida, ante os olhos – Saudosa visão IV De Dom Bosco seguimos os passos, Irmanados num só Ideal, E aos mestres, sentidos abraços, Nossos guias ao Santo fanal V Os amigos deixamos saudosos, Nestas plagas jorrantes de paz; Nossa voz ergue sons maviosos, De louvor grato hino ora traz. VI E à Virgem, Mãezinha e Mestra, Amais pura, a amis bela oração, Que ela oferte por nós o que atesta, Nosso amor a Jesus: a adesão.

Nosso Adeus! Obrigado! Adeus!


==Padre Jonas Abib , participa dos Capítulos Inspetoriais , como delegado das casas==



Padre Jonas Abib participa dos Capítulos Inspetoriais, como delegado de sua casa

1972- Capítulo Inspetorial especial 10-22 de julho de 1972


Trabalhava eu em Sorocaba eu fui ao Capítulo Inspetorial Especial como delegado e o Padre Jonas, então em Lorena , foi eleito e delegado da casa. Participamos juntos:

1973 Capítulo Inspetorial Especial de 8-20 de janeiro 1973


1975 Capítulo Inspetorial de 3 a 13 de fevereiro 1975


Foto dos Capitulares no Pio XI Minhas imagens 015


1975 Padre Jonas foi eleito delegado da casa e representando a Comunidade salesiana de participa do Capítulo Inspetorial e eu ainda representava a casa de Sorocaba apesar de estar sendo transferido para o Liceu, como encarregado da Pastoral dos alunos liceanos., cargo o Padre Jonas iniciara a sua açao Pastoral sacerdotal.






1976 21 de Abril

Padre José Antonio Romano falece num acidente automobilístico, em Queluz.

A Campanha da Fraternidade desse ano cantava-se Juntos como irmãos, membros da Igreja, vamos caminhando, vamos caminhando ao Encontro do Senhor . Os alunos do Liceu cantavam. O Santuário estava superlotado. Quanta e sofrimento, nessa perda.. No seu sepultamento, nos poucos minutos de despedida logo após a Missa, pois houve extrema demora para liberarem o corpo, na cidade de Cruzeiro. Aparece no meio da Juventude o Padre Jonas que iniciava a Comunidade Canção Nova. A Inspetoria de São Paulo perde o seu provincial. Padre Jonas, vem de Cruzeiro e sente muito a morte desse provincial. Ele havia, em 1949, como prefeito, recebido o aspirante Jonas, em Lavrinhas. Depois vieram mais provações.


1976 Falecimento do senhor Sérgio Abib 13.06.1976

No Cemitério, concelebramos a Missa de corpo presente e nesse mesmo dia Padre Jonas pediu-me que o representasse e celebrasse a Missa de 7º Dia, pois ele teria uma reunião inadiável . Era a Canção Nova que exigia a sua presença.

1976 Um território Eucarístico

Depois do 100º Encontro de Juventude para Universitários, organizado pela Pastoral da Inspetoria Salesiana de São Paulo, tendo sido coordenado pelo Professor Ismar de Oliveira Soares e sendo Diretor Espiritual o Padre Jonas Abib , P. Mário Bonatti em Campos do Jordão de 11 a 14 de novembro de 1976, voce pode ver também nesta foto, o então estudante de Teologia Antonio Carlos Altieri, 2009, atual bispo de Caraguatatuba e outras pessoas atuantes na Igreja.


  ( Ver foto 100º 1976 )


Com o Conselho de Pastoral chegou-se à conclusão que os Encontros necessitavam urgentemente de uma Reciclagem, iniciando tal reciclagem pelos seus dirigentes. Foi então que começamos organizar as Experiências de Oração ou seja os Encontros da Renovação Carismática Católica, RCC, dirigidos pela Equipe de Lorena , que já era a Pré Canção Nova em adiantada construção. Esses Encontros começaram em 1977,1978 e 1979. Mesclava-se a equipe com os Dirigentes de São Paulo dos Encontros, das Jornadas e dos CVCs com o pessoal mais experiente de Lorena , os servos que eram orientados pelo Padre Jonas. Sendo assim nós continuávamos juntos e unidos e estávamos na mesma Pastoral da Juventude desde 1968.Foi assim que reciclamos os Dirigentes de Campos do Jordão.



         fotos coloridas


Os Encontros passaram a ter maior profundidade. Durante os Encontros as Alavancas ,orações e sacrifícios que eram oferecidos,acrescentavam-se as Vigílias de oração, nas primeiras sextas feiras de cada mês. Nesta troca de experiência na Vida Espiritual, durante esses três anos , acompanhamos e vimos nascer a Canção Nova. Eram mais práticos pois partiam de simples experiência de três dias para uma vida de compromisso com Cristo, e em Comunidade se iam formando novos grupos e ligados nos “ Maranatás ” , atingindo muito mais pessoas , evangelizavam mais jovens e acompanhavam melhor...enquanto que em São Paulo tudo ficava disperso, sem continuidade, também pela extensão da cidade e pelo acompanhamento que deixava a desejar. Deus ia ensinando....Deus estava trabalhando...Deus estava falando mais alto. O Sonho da Primeira colocação ou partilha ou debate que se fazia em Campos do Jordão, quando se falava : “de Amizade, Trabalho em Grupo e Comunidade,” conforme o Roteiro dos Encontros elaborado pelo Padre Jonas Abib em 1968 , tornou -se uma realidade com o desafio feito em SER Canção Nova , uma Comunidade de Fé e de Vida.

VIGÍLIAS DE ORAÇÃO

Durante o Encontro 100º resolvemos ficar em Oração e formamos com os Encontristas , Grupos de Oração, que se sucederam e, no Liceu Coração de Jesus passamos 86 horas em oração, que foram organizadas pelo Wilson Flávio . Foi a maior Alavanca que pudemos fazer. Você pode ver o Altar do SS.mo Sacramento, montado pelo Senhor Comendador Giovanni Gioia . A vigília de Adoração aconteceu no Salão de Palestras Fundo da antiga Capela do Internato encima da antiga cozinha do Colégio No pavilhão das salas de aula, na Ala da Alameda Dino Bueno.


             (a  foto mostra o Altar trono do SS.mo Sacramento)



1973.O fervor dos encontros crescia e a Inspetoria Salesiana de São Paulo levou a sua experiência dos Encontros de Jovens e realizou uma grande Expedição Missionária em Rondônia , com os primeiros Encontros de jovens de Porto Velho . No ano seguinte a Experiência Missionária de convivência de jovens de nossas cidades com os indígenas das tribos Bororos e Xavantes , cujo zelo pastoral está confiado , por mais de cem anos , aos salesianos da Inspetoria Missionária de Mato Grosso. Criou-se assim a Equipe Missionária Auxiliadora , que passou a ser chamada simplesmente de E.M.A . Para aprofundar e mergulhar o projeto Missionário, organizou-se uma Experiência de Oração, realizada na Casa de Retiros “ Paulo VII, na arquidiocese de São Paulo.



               foto da experiência de oração

1978 RCC Renovação Carismática Católica

Depois do 100º Encontro, em que o Padre Jonas e o Ismar de Oliveira Soares, o Conselho de Pastoral chegou a conclusão que havia necessidade Urgente de reciclar os Dirigentes de Campos do Jordão. Durante o ano de 1977 e 1978, muitas vezes os Dirigentes eram convidados a participar da Experiência de Oração. Nas fotos que seguem encontramos varias pessoas conhecidas .Luzia Santiago, Isabel Cortez , Zé Pretinho , que passavam a sua experiência de oração aos dirigentes de Campos do Jordão. Uma destas experiências aconteceu de 10 a 12 de março de 1978



Radio Canção Nova 1º de abril de 1980- Fundação da Rádio


1987 Abertura da Campanha da Fraternidade

Padre Eduardo, Padre Jonas e a "Obra Assistencial e Oratório São Mario de Piracicaba," que eu representava, gravamos um Programa " Anunciamos o Senhor Jesus " que foi ao ar diversas vezes , em nível de Brasil,transmitido diversas vezes pois deu a abertura da Campanha da Fraternidade de 1987 -.



                       DVD- VIDA -

1989,em 8 de dezembro de 1989-Fundação da TV Canção Nova-Bodas de Prata

Concelebrando com diversos sacerdotes amigos e salesianos, tive a felicidade de participar da Missa da Bodas de Prata do P. Jonas Abib. Foi ao livre, pois não havia espaço para tanta gente. Voltava eu do Rio para São Paulo, estava comigo minha irmã Daisy Margarida Cozatti, que ficou muito comovida e chorou muito. No final houve uma almoço para todos os presentes. Tudo isso aconteceu na Praça da Paz ,como eu chamo, pois muitas pessoas veem angustiadas e encontram nessa praça muita Paz. Fica ao lado da casa de Maria, ao lado das atuais Barracas,onde hoje passa a avenida João Paulo, bem perto do prédio de Administação.

1990- Rádio Alvorada de Londrina

Encerrando o trabalho com as crianças e adolescentes de Piracicaba assumi a Rádio de Londrina em 12 de janeiro de 1990.Em novembro passei por Cachoeira Paulista e permanesci uma semana na casa da Cançaõ Nova e muito conversamos sobre RÁDIO CATÒLICA.

Em 1991, no meio do ano, Padre Jonas e Eto foram a Londrina, para verem a Rádio Alvorada. Em 1992, no início do ano os missionários Ricardo e Eliane assumem a rádio e iniciam o trabalho de evangelizadores nessa cidade.

OUTRAS DATAS

1 999 Gilberto Coelho e eu visitamos Canção Nova e almoçamos com o P. Jonas( já na casa nova, onde desde então era a Casa Mãe da Canção Nova. )

2.000 - Inauguração da TV em São Paulo. No Santuário do Sagrado Coração de Jesus, concelebramos. Na União dos ex-alunos houve um Jantar de Gala, estava eu junto do casal de Sorocaba Terezinha e Sevaibriquer.

2 002 Visita dos meus colegas de Faculdade de Lorena ( 40 anos depois). Visitamos o P. Jonas e eles perguntaram, ao ver o ambiente misto e vida comunitária da Canção Nova, se ele ainda era Católico. Descemos o capinzal dos acampamentos para cortar caminho. Estavam colocando a cerca de arame anti furto.

2 003 Eu e Nando ( Fernando Mariano) meu futuro sobrinho, viemos visitar e almoçamos com o P. Jonas. Estávamos iniciando o site  :Amigos de Dom Bosco.


2005 no dia 14 de maio Vim de Courier e trouxemos um ônibus de São Paulo,com uma Peregrinação dos Amigos de Dom Bosco. Visitei o P. Jonas, almocei e sai correndo pois tinha compromisso em São Paulo.


2 007 Voltando do Retiro de Julho-Agosto, em Lavrinhas, era o final do Congresso Internacional da RCC , aqui na Canção Nova. Eu estava voltando com o P. André Maria Butti , indo para a cidade de Araras e São Carlos . Ofereci a Máquina de cinema Projetor de 35mm e me ofereci para vir para a Canção NOVA. Conversamos rapidamente em seu quarto. Ele nos convidou-me para o almoço mas nós agradecemos e seguimos viajem.

2008 – 7 de janeiro ele retornou um telefonema meu, aceitando-me na Canção Nova, afirmando que o conselho havia aprovado vir fazer a experiência. Então eu estava na cidade de São Carlos, onde tinha o título de pároco e vice diretor dos Salesianos São Carlos.


2008 Em de julho de 2 008 depois de muitos telefonemas, consegui falar com ele e fez questão que eu viesse quando ele estivesse aqui. Marcamos um novo contato telefônico e tudo ficou marcado para a sua volta de Portugal, para fins de agosto. Em vinte e cinco de agosto, aqui cheguei.


2008 No dia 25 de agosto de 2008 cheguei para ficar. Acompanhado de minhas irmãs Dirce e Dalva, deixei tudo para trabalhar e dedicar-me, por um ano, conforme a Licença do meu provincial, ou padre Inspetor Padre Marco Biaggi . Padre Jonas, enquanto eu almoçava na casa 10, a casa dos padres, veio receber-me com todo o carinho e afeto que lhe é característico. Padre Bruno levou-me visitar os novos setores da Canção nova e eu pude constatar que a Canção Nova não mais crescia mas agora ela explodia. Deus seja louva . De noite Monsenhor Jonas me telefona, com todo o Carinho e me pergunta se eu estava bem, se eu tinha sido realmente bem recebido e se estava precisando de allguma coisa....comovido lembrei do vice assistente que cinquenta anos antes assim me havia recebido, ao voltar das férias, lá em Lavrinhas.


2009 Toma posse a nova diretoria ou o Conselho da Associação Internacional de Fiéis Leigos. Às 20h ,concelebração da Missa , no auditório são Paulo, presidindo a cerimônia o Rev.mo Senhor Bispo Diocesano de Lorena, digníssimo senhor Dom Benedito Beni, concelebrando com o Monsenhor Jonas Abib e outros sacerdotes da Canção Nova, Salesiano Padre Dilermando Luiz Cozatti, dos Padres de Jesus Salvador nossos queridos padres confessores da Canção Nova.