A Prevenção é Amar

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Monsenhor Jonas Abib - 24/06/2006 - código CD 25.03302 DVD 26.03302

Adquira esta Pregação

Nesta Pregação, Monsenhor Jonas Abib, vai nos dizer, que a melhor forma de evitar a perdição daqueles que amamos, e a perdição dos outros que nem mesmo conhecemos na totalidade, é amando-os, mas também não basta Amar, é precisamos acima de tudo, demostrar esse amor que é fonte de cura e salvação para os outros.


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista. / Assunto: Cura e Libertação.

Horário: 11:15 Hs. / Acampamento da Pastoral da Sobriedade.


Conteudo da Pregação


"A verdade é Jesus, o caminho é Jesus e a vida é Jesus"

Nós que já encontramos esta verdade, temos um compromisso. Foi pura graça para nós, portanto pesa sobre nós uma hipoteca, uma obrigação de usar tudo isso que recebemos para que se multiplique a possibilidade de outros encontrarem o caminho, a verdade e a vida. Não somos em nada melhor que eles, apenas tivemos a graça de conhecer que o caminho é Jesus. Não adianta dizer: você não deve beber, você não deve se drogar... não vai adiantar. Na verdade todos os que estão atrás destas dependências, tem uma carência. O apóstolo são João definiu a Deus como amor. Deus é amor e amor é Deus, mas eu preciso purificar este amor, tirar todas as impurezas. As pessoas têm carência de Deus, do amor autêntico. Mas, amor não compramos na loja, precisamos tirar de nós este amor.

Às vezes precisamos dar mais e mais amor, quando as coisas não vão bem, quando não se tem dinheiro... Quando as coisas vão bem em casa, rapidamente amamos. Mas quando não vão bem, o amor já está desgastado, é difícil dar amor.

Mas, pesa sobre nós a hipoteca de tirar amor de dentro de nós para dar ao outro, mesmo quando já estamos um "bagaço", ainda existe amor para dar.

Estou falando de dar amor e não de receber amor. É preciso dar amor aos filhos quando está tudo bem, mas também quando eles estão revoltados, quando estão nas drogas é preciso continuar dando amor.

São João Bosco, dizia que não basta que os jovens saibam que são amados, eles precisam tocar nisso. Os jovens da sua cidade que vivem no "point", muitas vezes estão lá na verdade procurando amor.

Quanta gente fazendo as piores coisas, roubando, drogando-se, prostituindo-se, porque não teve família ou não sentiu amor. A mãe talvez amava muito os filhos, mas por trabalhar muito não teve tempo de distribuir este amor.

Precisamos ser amadores profissionais. O primeiro sentido da palavra amador é ser que aquele que ama. Quero ser profissional em amar, amar por mais duro que seja.

"Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna." (São João 3,16)

Quando são João fala de mundo aqui, não fala da terra mas das pessoas. Deus amou tanto este mundo das drogas da prostituição, da corrupção que lhe deu o seu Filho único. Deus está dizendo a mesma coisa para o mundo da sua casa, da sua família, da sua paróquia. Ele deu seu Filho único para que todo o que n’Ele crê não pereça. Não foi para condenar o mundo, a sua família, mas para que todos sejam salvos.


Detalhes


  • Animação: Salete Ferreira.
  • Uma multidão gritando, eu preciso de mais vida.
  • Salete canta, e a vida é Jesus.
  • Já que encontramos a vida temos um compromisso.
  • Fala que sabemos o que é uma hipóteca.
  • Nós sabemos que o caminho, a verdade e a vida é Jesus.
  • Conta um fato para Dom Irineu.
  • Fala de um rapaz que entrou no Liceu coração de Jesus com um rapaz bem moreno tipo o Campos.
  • Padre fala que morava no Jardim Cachoeira, que era muito perigoso, usava como arma para se defender um cabo de aço.
  • Fala que fazia adoração noturna na Santa Efigênia.
  • Pesa sobre mim uma hipóteca enorme, porque conheço a verdade.
  • Monsenhor fala que não somos melhores que ninguém, apenas tivemos a graça de conhecer o senhor.
  • Salete canta novamente, a verdade é Jesus, e a vida é Jesus.
  • Não podemos apresentar a um boi um pedaço de carne, mas para ele um monte de capim fresquinho, dai ele come todinho.
  • Cada um de nós temos a carência de Deus, São João definiu que Deus é Amor.
  • Fala que Deus é amor e amor é Deus, só que amor é Deus, mas encontrado com muitas impurezas.
  • As pessoas vão atrás do Álcool, mas na realidade estão atrás de amor.
  • Compara amor com caldo de cana passando pela moenda.
  • Amor é igual a caldo de cana, amor a gente faz como se tira caldo de cana.
  • Dá Amor e continuar dando Amor é muito dóido.
  • Quando damos Amor, o primeiro beneficiado somos nós mesmo.
  • Não basta que os Jovens sejam amados, eles precisam se sentir amados.
  • Conta a História de um colega chamado Faninho, que era filho de fazendeiro.
  • Fala que abobora sustenta vocação.
  • Fala do rapaz que roubou doces, mas depois foi agradecer o Faninho.
  • Dom Irineu também fala sobre o consumismo.
  • Pesa sobre nós uma pesada hipóteca de sermos Amadores profissionais.
  • Fala que Padre Jonas jogava no Gol, mas não era um bom Goleiro.
  • Dom Irineu fala que Padre Jonas era aprendeu a ser muito bom como seu Avô.
  • João 3, 16 De fato Deus amou tanto o mundo que nos deu seu filho único.
  • Deus amou tanto o mundo, tanto aqueles que vivia no pecado, que nos deu seu filho único.

Veja mais

Palestras Cura e Libertação