Afetividade e sexualidade do músico

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
Glcn008279204515.jpg
Tudo começou quando, com 18 anos, eu me encontrei com Deus. No segundo mês da minha conversão, eu já comecei a cantar. Tinha muita coisa a ser purificada no meu coração. Naquela época eu conheci a Canção Nova, e rezava, rezava. Foram dois anos que eu precisei para equilibrar os meus sentimentos.

Hoje eu Dunga não sou melhor do que ninguém, mas é um fato de que nós temos feito um grande trabalho. Todos os meus sentimentos estão equilibrados. Porque Deus tem tocado nos meus sentimentos. Que no estágio que vocês estão, o sentimento precisa estar bem equilibrado na sua vida afetiva, porque você é puro sentimento. Nós expressamos a arte e isso é puro sentimento. Nós colocamos para fora em forma de música todos os nossos sentimentos. A ligação entre cabeça e coração se chama sentimento. Nossos sentimentos precisam estar assentados.

Eu quero despertar em vocês músicos à maturidade para buscar esse equilíbrio em sua vida. Nós somos tentados e testados o tempo todo, nós precisamos de um lugar onde sejamos tratados como um ser humano qualquer, esse lugar é a minha casa.

È importante ter uma estrutura familiar. Onde cada um tem uma missão com Deus. E todos apóiam uns aos outros. O equilíbrio que nós encontramos está na transparência, na sinceridade. Por causa desse relacionamento, é que eu como homem consigo enxergar cada uma de vocês como irmãs.

O homem se exita pelo olhar, a mulher se exita pelo toque. Pra nós, homens que estamos no palco, é preciso de uma mão do Espírito Santo que diz isso pode isso não pode. Eu tenho que olhar pra você como minha irmã, se eu não olhar pra você como minha irmã minha música se torna uma mentira. Só posso ser o que sou, fazer o que faço porque tenho uma esposa que me acompanha.

A expressão que temos que ter é passar do limite da expressão da santidade. Você tem que expressar santidade pra quem esta te ouvindo, mas essas coisas só podem acontecer quando você tem um equilíbrio sentimental e conjugal. Se você é casado, namorado, noivo queira ser conhecido como tal. Só com essa condição você já se livra daquele olhar esperançoso.

Nós somos expressões de Deus em forma de música. Portanto, precisamos estar cientes disso. Como é bonito, por exemplo, eu chegar à casa do Eugênio e ver minha esposa conversando com a dele. Porque eu, ministro de música que tenho no meu ministério que expressar o que Deus fala comigo de todas as maneiras que pode ter uma expressão, preciso ter respeito e confiança. Porém eu só posso fazer porque eu tenho meus sentimentos equilibrados.

Hoje nós somos o que somos porque tivemos nossas esposas do nosso lado. As pessoas dizem por ai que por trás de um grande homem sempre tem uma grande mulher. Isso é mentira, o certo é que do LADO de um grande homem sempre tem uma grande mulher. Hoje nós só fazemos o que fazemos porque nós temos grandes mulheres. Então meu irmão busca já no seu namoro, nas suas amizades o equilíbrio.

Que nós possamos despertar nas pessoas confiança. Tenham namoros santos, noivados santos, casamentos santos. Que até mesmo a paquera seja santa. Você esposa que tem maridos que saem muito, façam com que a casa dele seja maior do que qualquer palco. Tudo passa, mas o amor e o Deus que está dentro de nós não passa. Não tenham medo de deixar tudo que é do mundo, porque tudo isso passa e o amor de Deus permanece. Durante toda a nossa vida o querer é nosso, mas o poder é de Deus. Que todos nós sejamos santos.


Veja mais

Palestras Músicos

Palestras Afetividade e sexualidade