Agradecer pela salvação de Jesus

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre José Augusto - 10/10/2010 - código CD 25. 07172 DVD 26. 07172

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600


Pe José Augusto


A nossa atitude deve ser agora como a daquele leproso que voltou para agradecer. O que nós temos que agradecer e recordar em primeiro plano é: “Ele derramou o seu sangue na cruz por cada um de nós, derramou o seu sangue para nos libertar”. E todos nós fomos beneficiados, aqueles que querem e aqueles que não estão nem aí com Jesus.


Local: Rincão do Meu Senhor . / Cachoeira Paulista.


Horário: 15:00 Hs. / Acampamento Quebrando as muralhas


Conteudo da Pregação



Entre a Galileia e a Samaria, Jesus encontrou os leprosos, que andavam com um sino para que as pessoas soubessem que eles tinham lepra. Esses homens ouviram falar que Jesus tinha andado sobre as águas, e que no deserto Ele alimentou o povo, que faminto não tinha onde buscar alimento. Também ouviram falar da viúva que levava o seu único filho no caixão, mas que o Senhor o tocou e que o jovem tinha ressuscitado.

E os leprosos que antes tocavam o sino para anunciar que estavam por perto, desta vez eles gritam: “Senhor tem compaixão de nós”. E Jesus diz: “Vão e se apresentem aos sacerdotes”. Eles ainda não tinham sido curados, mas se Jesus falou. E eles foram andando e na medida em que caminhavam em direção ao sacerdote a pele deles foi ficando normal novamente.  Quando viram, perceberam que estavam curados.

Nessa hora todos deveriam voltar e agradecer, mas o leproso que era samaritano, foi o único que teve coragem de voltar. Prostrado no chão, ele reconheceu que Jesus é Deus. Nesta hora vem a decepção de Jesus, porque os irmãos de sangue – os nove leprosos - porque Jesus era judeu, eles não voltaram para agradecer, mas um estrangeiro voltou, e Jesus diz ao leproso, que ele não somente estava curado, mas também salvo.

O que concluímos com a passagem do Evangelho? Que a nossa vida deve ser um eterno agradecimento a Jesus pelas maravilhas que Ele fez na nossa vida. Nós temos muito o que agradecer a Deus, principalmente pela nossa vida.

Ainda que uma pessoa dissesse: 'Eu não tenho nada que agradecer a Deus'. Eu responderia: “Você está vivo, isso já é motivo de agradecer'. Temos que agradecer pelos membros da nossa casa, pai, mãe, e não importa o que o seu pai fez a você no passado, ele é seu pai. A casa onde você mora, ela pode ser até alugada, mas você tem a graça de pagar o aluguel, nós estamos respirando isto é motivo de agradecer ao nosso Deus.

Mas eu quero trazer a vocês um agradecimento que deve estar dentro do coração de cada cristão, e este precisamos fazer sempre, todos os dias quando levantarmos precisamos recordar as maravilhas que Deus fez em nossas vidas, e dizer: “Obrigado Senhor” Isto deve brotar sempre do nosso coração. Que nunca saia da boca de vocês que Deus não é bom, na saúde ou na doença, na alegria ou na tristeza, faça da sua vida um agradecimento. O Senhor é bom!

Todos os anos os judeus se lembram do dia em que o Senhor livrou o povo da escravidão do Egito, e agradecem a Deus por esta libertação, nesse agradecimento estava incluído todas as outras coisas. Aqui está o agradecimento da antiga aliança. E para nós cristãos qual é o nosso agradecimento? Apesar de Deus ter feito tantas coisas maravilhosas na nossa vida, nós pisamos na bola, as vezes sem querer, mas pisamo

Mas o Senhor não quer nos perder, e não importa o que você fez no passado, Ele não quer te perder. Nós por nós mesmos jamais poderíamos reverter a situação. Mas Deus ficou pensando, e lá do céu a Santíssima Trindade, eles olhavam e pensavam, não podemos perdê-los. E conversando entre Eles, decidiram que um deles deveria reverter essa situação.

E Jesus se dispôs, e perguntou ao Pai: “Mas como? E o Pai respondeu que era preciso que Ele assumisse a carne humana. Primeiro mandariam um mensageiro. “Gabriel, vai lá e pergunta aquela mulher (Nossa Senhora) se ela tem disposição interior para acolher Jesus na barriga dela?”. E ela aceitou. A partir dai, o Espírito Santo veio sobre ela e então começa o processo de salvação.

Se para os judeus o maior motivo de agradecer estava quando o Senhor os libertou do Egito, para nós cristãos, está em Jesus, quando Ele dava a sua vida por cada um de nós na cruz.

Se quereremos agradecer, e devemos agradecer por tudo, mas agradeça principalmente pela morte e ressurreição de Jesus. Porque agora estamos com a porta do céu aberta. Não é porque somos bons não, porque nós pecamos, erramos, pisamos na bola, e se fossemos bons Ele não precisaria passar por isso, e mesmo sendo maus, ele morreu na cruz para nos salvar

A nossa atitude deve ser agora como a daquele leproso que voltou para agradecer. O que nós temos que agradecer e recordar em primeiro plano é: “Ele derramou o seu sangue na cruz por cada um de nós, derramou o seu sangue para nos libertar”. E todos nós fomos beneficiados, aqueles que querem e aqueles que não estão nem aí para Jesus.

Mas todos são convidados a irmos ao calvário e ver este acontecimento que não pode ser esquecido. Não se esqueçam que Jesus morreu na cruz por vocês, nenhum cristão pode esquecer que o Senhor morreu mas não ficou só na morte, Ele ressuscitou. O cristão não morre ele passa desta vida para uma nova vida, para estar com Jesus.

Por enquanto não podemos ver, mas o apóstolo São Paulo nos afirma que um dia o veremos face a face. E muitos dizem que isso é conversa de padre. Mas eu creio que um dia eu o contemplarei na sua gloria. E aqueles que não creem vão dizer: Olha ele morreu. Mas lá no céu Jesus vai olhar para mim e dizer: “Venha, agora você está vivo”.

Nós que estamos agradecendo ao Senhor por sua paixão e morte, nós não somos os nove leprosos que não voltaram, somos aquele estrangeiro que voltou para agradecer, e hoje não é apenas um, mas estamos todos nós aqui para agradecer e louvar o Senhor.

Nós não estamos servindo a um Deus que é morto, mas Ele está muito vivo. Vocês querem fazer da vida de vocês uma ação de graças a Jesus? Então não faltem a Missa no domingo.

O que acontece na Santa Missa, é que não temos olhos espirituais, mas carnais, mas se tivéssemos, veríamos Jesus sendo espancado pelos soldados, veríamos Nossa Senhora ao lado de João, o soldado enfiar a lança, Jesus dizer: “ Meu Deus, meu Deus porque me abandonaste?!”. Iriamos ver Jesus dizer ao outro ladrão: Ainda hoje estarás comigo no paraíso”. Veríamos também José de Arimateia pegar o corpo de Jesus para colocar no tumulo. Também Maria Madalena no sepulcro procurando por Jesus. Com certeza iriamos ver também Jesus mostrando as marcas dos seus pés e das mãos ao discípulos.

Então na Santa Missa está acontecendo tudo isso, o sacrifico se atualiza. Por mais que tenham coisa maravilhosas, mas elas estão abaixo, é a Santa Missa que nos salva. É o filho de Deus que morreu por você para que você não morra mais, mas para que você viva. Agradeçam pelo carro, pelo diploma, pela casa, mas tudo isso deve estar abaixo, porque Deus amou tanto o mundo que enviou o seu filho para nos salvar, esta é a maior razão do nosso agradecimento e louvor


Detalhes


  • Palavra 1º leitura 2 Reis 5, 14-17, Salmo 97, 2º leitura 2Timoteo 2, 8-13, Evangelho Lucas 17, 11-19
  • Se para os judeus o maior motivo de agradecer estava quando o Senhor os libertou do Egito, para nós cristãos, está em Jesus, quando Ele dava a sua vida por cada um de nós na cruz.
  • O que acontece na Santa Missa, é que não temos olhos espirituais, mas carnais, mas se tivéssemos, veríamos Jesus sendo espancado pelos soldados, veríamos Nossa Senhora ao lado de João, o soldado enfiar a lança, Jesus dizer: “ Meu Deus, meu Deus porque me abandonaste?!”. *Iriamos ver Jesus dizer ao outro ladrão: Ainda hoje estarás comigo no paraíso”. Veríamos também José de Arimateia pegar o corpo de Jesus para colocar no tumulo.
  • Também Maria Madalena no sepulcro procurando por Jesus. Com certeza iriamos ver também Jesus mostrando as marcas dos seus pés e das mãos ao discípulos
  • Nessa hora todos deveriam voltar e agradecer, mas o leproso que era samaritano, foi o único que teve coragem de voltar.
  • Prostrado no chão, ele reconheceu que Jesus é Deus. Nesta hora vem a decepção de Jesus, porque os irmãos de sangue – os nove leprosos - porque Jesus era judeu, eles não voltaram para agradecer, mas um estrangeiro voltou, e Jesus diz ao leproso, que ele não somente estava curado, mas também salvo.
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas