Amizade verdadeira em Jesus

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Pe João Gualberto - 22/07/2010 - código CD 25. 06987 DVD 26. 06987

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600


Pe João Gualberto


Ora, se eu bebo água que não é pura, eu me contamino! Assim, todo aquele que não busca a Fonte original da vida, sofre. E como a humanidade sofre! Sofre por conta própria, pois não busca em Deus o alimento para a vida eterna. Dentro de nós há a sede da vida eterna, por isso a morte nos assusta. .


Local: Rincão do meu Senhor / Cachoeira Paulista.


Horário: 16:00 Hs. / Quinta feira de Adoração


Conteudo da Pregação


Quando se diz que o homem é um ser vivente quer dizer que ele vive para além desta vida, ou seja, o homem não foi criado para este mundo, mas para toda a eternidade. Dentre todas as criaturas feitas por Deus, o homem e a mulher têm com o Senhor um laço profundo. Tudo o que o Senhor nos confiou, Ele o fez de forma perfeita e nos criou também para a perfeição.

Quanto mais sede temos da vida que vem de Deus, tanto mais a buscamos; mas nem sempre o homem soube buscar esta fonte, achando que a sua ciência e a sua sabedoria fossem suficientes para que ele sobrevivesse por si mesmo; por isso pecou.

Ora, se eu bebo água que não é pura, eu me contamino! Assim, todo aquele que não busca a Fonte original da vida, sofre. E como a humanidade sofre! Sofre por conta própria, pois não busca em Deus o alimento para a vida eterna. Dentro de nós há a sede da vida eterna, por isso a morte nos assusta.

De todas as criaturas visíveis só o homem é capaz de amar e adorar a Deus. Bicho nenhum faz louvor ao Senhor, mas o homem é capaz de conhecer e amar o Seu Criador. O homem é chamado a uma relação profunda de amor com o Senhor. O sentido da nossa existência humana é esta: somos criados à imagem e semelhança de Deus, por isso, O amamos.

O Todo-poderoso nos constituiu pessoas com uma identidade única. Você já pensou no valor que você tem? Na dignidade que tem como pessoa? No respeito que tem de haver pelo outro, que foi criado à semelhança do Senhor?

O que é uniforme em nós é a dignidade, a constituição da pessoa em corpo e alma. O homem não foi criado para este mundo, mas para cuidar dele. E este homem é capaz de se conhecer. Como é bom nos descobrirmos como pessoas! Saber que merecemos respeito, que temos uma vida que mereça ser respeitada! É bom que o homem se conheça.

Já parou para pensar em que você pensa? Já parou para prestar atenção em seus sentimentos, aonde eles o levam? Quando temos consciência e limite das coisas, somos mais organizados e mansos para resolver as situações.

É importante que você se decida por Deus, tenha sede d'Ele. Existe um bem a ser feito, uma dignidade a ser honrada, a ser respeitada. Somos pessoas com capacidade de conhecimento, não podemos ser como robôs que acolhem tudo. Não dá para ser assim, porque isso não nos traz boas construções; pelo contrário, tira nossa dignidade. O homem sem dignidade é um homem perdido.

Tudo isso nos faz entrar na realidade de Maria Madalena, a qual todos queriam apedrejar. Cuidado, não jogue pedra em ninguém! Não acuse o outro de ter errado se você contribuiu para o erro. A nossa língua, muitas vezes, leva os nossos irmãos para a desgraça. Não faça isso! Faça com que sua língua leve as pessoas para a salvação.

Entregue-se para Deus e Ele tudo fará



Detalhes


  • Palavra 1º leitura Cantico dos Canticos 3,1-4a Salmo 62 Evangelho João 20, 1-2, 11-18
  • Já parou para pensar em que você pensa? Já parou para prestar atenção em seus sentimentos, aonde eles o levam? .
  • Quando temos consciência e limite das coisas, somos mais organizados e mansos para resolver as situações
  • Quanto mais sede temos da vida que vem de Deus, tanto mais a buscamos; mas nem sempre o homem soube buscar esta fonte, achando que a sua ciência e a sua sabedoria fossem suficientes para que ele sobrevivesse por si mesmo; por isso pecou.
  • Entregue-se para Deus e Ele tudo fará