Benevolência

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Benevolência própria de Deus


§214

Deus, “Aquele que é”, revelou-se a Israel como aquele que é “cheio de misericórdia e fidelidade”(Ex 34, 6). Estas duas palavras exprimem, de modo sintético, as riquezas do nome divino. Em todas as suas obras, Deus mostra a sua benevolência, a sua bondade, a sua graça, o seu amor; mas também a sua credibilidade, a sua constância, a sua fidelidade, a sua verdade. Celebro teu nome por teu amor e verdade” (Sl 138, 2). Ele é a verdade, porque “Deus é luz, e nele não há trevas nenhumas”(1 Jo 1, 5); Ele é “Amor”, como ensina o apóstolo João (1 Jo 4, 8).


Benevolência,dom do Espírito Santo

§736

É graças a esta força do Espírito que os filhos de Deus podem dar fruto. Aquele que nos enxertou na verdadeira vida nos fará produzir “os frutos do Espírito: caridade, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, auto-domínio” (Gl 5, 22-23). “O Espírito é a nossa vida”: quanto mais renunciarmos a nós próprios, mais “caminharemos segundo o Espírito”.


§1832

Os frutos do Espírito são perfeições que o Espírito Santo forma em nós, como primícias da glória eterna. A tradição da Igreja enumera doze: “caridade, alegria, paz, paciência, bondade, longanimidade, benignidade, mansidão, fidelidade, modéstia, continência, castidade” (Gl 5, 22-23 segundo a Vulgata).




Fonte:Catecismo da Igreja Católica.Fonte:http://catecismo-az.tripod.com/conteudo/a-z/a/benevolencia.html