Casal Cristão

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre Léo - 06/04/2003 - código CD 25.01744

Adquira esta Pregação

Nesta Pregação, Padre Léo, Vem nos falar que o demônio não tendo como destruir Jesus, vai tentar Destruir aqueles que são os geradores dos novos cristos, que são os casais que vivem o matrimônio. Por que destruindo os casais cristãos fica mais fácil de manipular a sociedade, por esse motivo, padre Léo fala que os casais precisam ser no mundo, sinal do amor de Deus um para o outro.

Local: Lavrinhas. / Auditório da Casa de Missão.

Horário: --:-- Hs. Encontro Para Casais.


Detalhes


Fala que a perseguição contra Jesus não acabou. Fala que os impios armam uma cilada para os justos.

O projeto de perseguição a jesus se dá, naqueles que buscam viver o sacramento do matrimônio, isso é nos casais.

O encardido arma Ciladas, esperando o momento para dar um bote.

Os chineses dizem que a primeira crise no matrimônio vem aos 7 anos de casado, eu padre Léo digo que as crises vem todos os dias.

Fala que o sacramento do matrimônio tem que dar frutos todos os dias, fala de Abraão e Saara, de pessoas que embora velhos não eram curados sexualmente.

Fala que a Bíblia não tem vergonha de mostrar, a realidade do matrimônio como fonte de vida.

A Bíblia abre e fecha suas paginas na analogia, do Amor de marido e mulher.

Se você excluir da Bíblia, a analogia do amor de Deus, com a comparação com o mor masculino e feminino, não sobra nenhuma Imagem do amor de Deus, a não ser o amor de bichos.

Fala das experiências do amor estragado. Pede para tirar o barulho do microfone. Fala do profeta Ezequiel, que teve a esposa infiel, e o profeta Oséias.

Fala que a Bíblia é escrita num contexto machista.

Deus não tem medo de mostrar que ele criou a mulher, sua imagem e semelhança.

Diz que umas das últimas coisas que o padre fala na celebração matrimônial é: Sejam no mundo, sinais do Amor de Deus .

Se não fosse cristo a instituir o sacramento do matrimônio, a igreja não o instituía.

Fala sobre Santo Agostinho, que tinha uma visão do corpo de forma medonha.

Platão tinha visão do corpo como prisão da alma. Tinha a visão do mundo perfeito, mundo das Idéias.

Platão tinha a idéia que o corpo era a prisão para purificar a alma.

Fala sobre os termos gregos.

O Grego tinha três formas de fala do Amor: Eros, Agape.

O grego vivia uma sexualidade esplendorosamente medonha, pois tinha relação sexual com animais, homossexual, etc. A mitologia grega é uma mitologia com uma sexualidade destruída.

O grego é o pai da filosofia, enquanto que os Romanos são o pai do direito.

Fala dos imperadores Romanos homossexuais que tomavam banho em praças publicas.

Fala que paulo era um homem altamente culto. Paulo tinha especialidade em três culturas.

Fala sobre o livro de santo Agostinho que escreveu o livro, Cidade de Deus.

Fala que as tentações da carne, sente-se dentro de si, não é fora.

Fala sobre a vida monástica, São bento, santo Antão.

Fala sobre São Francisco e santa clara, que renunciarão ao Amor humano.

Fala que foi para o seminário aos 21 anos de idade, levou 9 anos para se formar.

Fala que uma moça só faz votos perpétuos com 6 anos de vida religiosa.

Fala que é mais difícil viver como marido e mulher, do que ser padre.

Fala que toda mulher casa com um sonho, meu noivo vai mudar, e todo homem casa com um sonho, minha noiva não vai mudar nunca, pensa que ela vai ser sempre linda. Fala do seu encontro com uma ex-namorada. Fala que encontrou uma ex-namorada na rua, já era padre, quando olhou para ela pensou, obrigado meu Jesus, aleluia, por que eu não casei.

Fala que o sacramento do matrimônio e igual ao sacramento da ordem.

Fala que de cada 100 que entra no seminário, somente um(1) se ordena, são poucos.

Fala que assistiu o casamento do seu irmão que durou 15 minutos, não foi sacramento do matrimônio, foi apenas casamento, em São Lourenço.

Fala que quando era diácono em moreira César, teve um sábado, que o padre lhe entregou uma escala de 9 casamento. Um em cada 10 minutos.

Fala sobre os vestidos de noiva, que parece um guarda chuva.

Fala que tudo usado no matrimônio é falso. O que aquilo fala de fé?

Fala que foi convidado a fazer um casamento em sua cidade, e que usaram como musica de entrada, a música do GOST, do outro lado da vida(filme).

Fala que foi fazer um casamento em são joão batista, sua cidade, único casamento que foi convidado a fazer na sua cidade, avisou a todos, eu não atraso em, a noiva atrasou 40 minutos, ficou suando de calor e de raiva.

Fala do bafo do noivo bêbado, que fazia despedida de solteiro na zona.

Fala que atendeu uma moça, que não era mais moça, que fez seu casamento no primeiro ano como padre, depois ela foi se confessar comigo, contou ela que ao ir fazer um exame para saber se podia ter filho, descobriu que estava contaminada com o vírus do HIV. Fala que foi a experiência mais terrível que já fez, pois depois ele foi lhe abraçar, estourou uma bolha dela na sua boca, que ficou sentindo um gosto de pus na sua boca.

Depois da morte dessa moça, o marido veio me procurar, e me disse que talvez tivesse se contaminado no dia da sua despedida de solteiro, pois teve relação sexual com algumas moças, e no meio de algumas delas, tinha um travesti, que ele teve relação sexual anal.

Fala que a maneira que se celebra um casamento, é uma vergonha.

Fala que em Pindamonhangaba foi celebrar um casamento com o padre João batista, a madrinha estava sentada na primeira cadeira com um vestido vermelho tão curto, que ficava tirando retrato da gente, vira para lá, vira para cá.

Fala de um casamento em Guarapuava, o bispo teve que pedir licença para os fotógrafos.

Fala do livro, cântico dos cânticos, é o cântico mais pleno da Bíblia.

Jesus não teve medo de se comparar com o matrimônio.

Temos uma teologia matrimônial pobre, por que a grande maioria dos casais vivem o sacramento do matrimônio numa pobreza suprema.

É preciso que o casal cristão, faça uma experiência redentora de Jesus, vendo jesus como o messias.

Nada é sacramento no matrimônio, se não acontecer o carnal.

Veja mais

Palestras Família

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas