Como chegar na comunidade Canção Nova?

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

É a primeira vez que você vêm à sede da comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), e não sabe como chegar? Então, clique aqui[1] e tenha mais informações sobre este lugar abençoado por Deus.


Índice

História de Cachoeira Paulista (SP)

Cachoeira2.jpg
Fundada por Manoel da Silva Caldas em 1780, Cachoeira Paulista foi em seus primeiros anos uma vila tranqüila, ligada ao ponto de troca das tropas que iam para Minas Gerais. O marco inicial do primitivo núcleo foi uma capela construída em 1785. Tornou-se freguesia em 29 de março de 1876, com o nome de Santo Antônio da Cachoeira e em vila em 09 de março de 1880 como Santo Antônio da Bocaina. Foi elevado a cidade em 15 de maio de 1895 e em 30 de novembro de 1944 passou a chamar-se Valparaíba, recebendo sua denominação atual em 24 de dezembro de 1948.


No final do século XIX e primórdio do século XX, o pequeno município começou a desenvolver-se acelerando com a instalação da Estrada de Ferro D. Pedro (hoje Central do Brasil), que veio desencadear na pequena Vila uma grande transformação. Nessa época, 2.500 habitantes eram a população de Cachoeira Paulista que, graças ao florescimento do café no Vale do Paraíba, tinha nesse produto a sua principal sustentação econômica.


Cachoeira Paulista possuía dois jornais de periodicidade semanal (o Eco Municipal e a Gazeta do Bocaina), dois grandes e luxuosos hotéis, um teatro municipal (que apresentava espetáculos permanentemente), além de inúmeras benfeitorias, ainda raras nas cidades que compunham o Vale do Paraíba.


Os momentos mais históricos de Cachoeira Paulista deram-se em 1932, durante a Revolução Constitucionalista. Nessa época, o município transformou-se na mais importante praça de guerra, tornando-se o Quartel General do Movimento Constitucionalista. Após a Revolução de 32, Cachoeira Paulista continuou seu crescimento, vivendo sempre em fase de expansão, introduzindo novos itens à agricultura, ao comércio, e posteriormente à indústria.


Origem do nome

O município é cortado pelo Rio Paraíba do Sul, que possui inúmeras cachoeiras, por isso o nome Cachoeira Paulista.


Dados Gerais da "Cidade da Fé"

O município de Cachoeira Paulista está situado no Vale do Paraíba, entre as Serras da Mantiqueira e da Bocaina, em plena bacia sedimentar terciária. Está localizada entre São Paulo e Rio de Janeiro.


Servida pela Estrada de Ferro Central do Brasil da RFFSA, sendo obrigatória a parada de trens, acha-se ligada aos municípios vizinhos de Lorena, Cruzeiro, Piquete e Silveiras com estradas pavimentadas. Além disso, está a apenas 30 km do Estado de Minas Gerais, ligando as cidades de Itajubá, Passa Quatro, Itanhandu, Itamonte, São Lourenço, entre outras.


Economia

Cerâmica Artística LusoBrasil
Cachoeira Paulista tem como principais fontes de renda a pecuária leiteira, de corte, a lavoura e o comércio.


O município conta com um excelente rebanho de gado holandês PO (puro de origem), além de grande quantidade de animais mestiços, atualmente produzindo um média de 25.000 litros de leite/dia. Na agricultura, destaca-se o cultivo de arroz em grande escala, milho, feijão, mandioca, entre outros.


As indústrias são de pequeno porte, especializadas em roupas, cerâmicas artísticas, cerâmicas de telhas e tijolos, produtos derivados do leite e artesanato.


De âmbito nacional, o município sedia o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE e a Furnas Centrais Elétricas. O comércio é composto por cerca de 500 estabelecimentos comerciais entre atacadistas e varejistas, destacando-se o comércio de roupas, materiais de construção e produtos alimentícios.


Clima

Tropical, com inverno seco. Temperatura média anual é de 27,6º. Média anual de precipitação pluviométricas: 1300 mm.


Topografia

Cerca de 30% de sua área é plana e suave, sendo o restante ondulada, fazendo parte do complexo da Serra do Mar.


Limites

Cruzeiro, Silveiras, Lorena, Piquete e Canas.


Hidrografia

Rio Paraíba do Sul


Coordenadas Geográficas

Longitude: 45º 00’ 33" W.Gr. Latitude: 22º 39’ 44" S


Distância

São Paulo, capital: 195 Km


Transporte de Cachoeira Paulista

Acesso rodoviário

BR 116 - Rodovia Presidente Dutra


Terminal Rodoviário

Rua José da Silveira Mendes, s/n


Empresas de Ônibus

Pássaro Marron Viação Sampaio Expresso Mantiqueira Viação San Martin


Acesso Ferroviário - RFFSA (MRS)

Rua Capitão Pinto Fernandes, s/n Tel.: (12) 561-1633


Pontos turísticos

Estação da Estrada de Ferro Central do Brasil

A Estação Ferroviária de Cachoeira Paulista foi o ponto de ligação da Estrada de Ferro D. Pedro II, que uniu as cidades do Rio de Janeiro e Cachoeira Paulista, e a Estrada de Ferro São Paulo-Rio.


A construção da Estação, em 1877, veio atender as demandas daquele meio urbano que era depósito regional da produção de café e seu produto exportado para a Corte. Construída, a partir do projeto do Engenheiro Newton Bennton, o edifício da estação coube ao ecletismo impostos às soluções arquitetônicas, características da época.


A Estação da Estrada de Ferro D. Pedro II em Cachoeira Paulista (depois Central do Brasil e Rede Ferroviária Federal), foi privatizada pela MRS Logística. A Estação é uma das maiores do país, com 270 metros de comprimento e uma das mais importantes, pois foi o depósito de uma das riquezas do Brasil no II Reinado que foi o café. Foi tombada pelo COMDEPHAAT (18.04.82)


Teatro Municipal de Cachoeira Paulista

Foi inaugurado em 1883, sendo um dos mais antigos do país. Promoveu eventos de grandes compositores de óperas e apresentou o grande compositor Vila Lobos.


Ponte Metálica da Ferrovia D. Pedro II sobre o Rio Paraíba

Pontilhão da Aço sobre o Rio Paraíba do Sul
Foi construída em 1875, sendo restaurada pelo engenheiro Euclides da Cunha. O engenheiro fez a restauração completa dos encontros e colocação de aparelho de habilitação e executou outros trabalhos que foram necessários.


Subestação da Centrais Elétricas Furnas S/A

A maior estação de rebaixamento de energia elétrica da [América do Sul]. Ocupa uma área de 32 alqueires.



Igreja de São Sebastião

Situada na praça principal da cidade, tem o teto decorado com pinturas a óleo pelo artista cachoeirense Nelson Lorena.


Rio Paraíba

É navegável e tem várias ilhas em seu leito.


Museu Histórico e Pedagógico "Dr. Costa Jr."

Contém o acervo de documentos e objetos referentes à Revolução Constitucionalista de 1932 – Cachoeira Paulista foi o Quartel General do setor norte, sob o comando do Coronel Euclides Figueiredo. Localiza-se na Rua Rangel Pestana, 202.


Museu Folclórico "Waldomiro Silveira"

De propriedade particular, possui acervo de documentos e objetos da Revolução de 1932, objetos de valor regional e mobiliário que data da fundação do município. Localizado na Rua J. Lombardi, 120.


Museu "Maestro Lorena"

De propriedade particular, contém quadros e documentos do artista de maior destaque do município. Localiza-se na Rua Maestro Lorena, s/n.


Parque Ecológico Nelson Lorena

Estação Ferroviária de Cachoeira Paulista
Compreende uma área de 15.230 m2, com lanchonete, parque infantil, fauna aquática e flora, 4 lagos, vagão destinado como espaço cultural, pedalinhos, churrasqueiras e quiosques. Pertence à Prefeitura Municipal.Está localizado na Rua Silva Caldas.


Represa da Usina Hidrelétrica da Serra da Bocaina

Uma das primeiras Usinas do Estado. Foi construída em 1912 e ainda se encontra em funcionamento.


Cachoeira da Gruta Fria

Localizada no Rio Mendonha, no sopé da Serra da Mantiqueira. São cerca de 150 m, de queda em inúmeros degraus formados na própria rocha. Acesso pela Estrada da Bocaina.


Rio das Pedras

Propício a banho, conta com área para piquenique.


Cachoeirão da Bocaina

Localizada no Rio bravo, com 80m de extensão e um desnível de 20 m, propício para camping e piquenique.


Ponte Dr. Euclides da Cunha

1908 – a única obra existente no Vale do Paraíba, toda de alvenaria, para a qual o Engenheiro fez questão de colocar o seu nome.


Igreja de São Bom Jesus da Cana Verde

1785 – a terceira Igreja erguida em louvor a São Bom Jesus no Vale do Paraíba. Na Capela estão os restos mortais do primeiro Vigário de Cachoeira Paulista.


Santuário em Louvor a Santa Cabeça

Iniciou-se a sua construção em 1795. Localiza-se na Rodovia dos Tropeiros, s/n.


Igreja de Santo Antônio

Erguida em homenagem ao padroeiro da cidade, foi construída em 1830. Localiza-se no Largo Santo Antônio.

Onde comer e Onde Ficar

Cachoeira Paulista, tem se desenvolvido juntamente com o turismo religioso. E com o intuito de oferecer serviços de qualidade aos peregrinos, foram criadas duas Associações:

  • GAP(Grupo de Apoio as Pousadas) que consiste em um site que reune as pousadas, Restaurantes na cidade.
  • Associação Bento XVI, um site que oferece além de opções de hospedagem e restaurantes, a agenda de eventos e destaques da Canção Nova.


Referências

City Brazil

Portal do Vale do Paraíba

GAP Grupo de Apoio as Pousadas

Associação Vento XVI

Circuito Turistico Religioso

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas