Construindo Pontes

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre Fábio de Melo - 21/06/2008 - código CD 25.04955 DVD 26.04955

Adquira esta Pregação

Nesta Pregação, Padre Fábio de Melo, vai nos falar, que nossos limites, precisam nos levar a Deus, pois quando reconhecemos os nossos limites e nos lançamos em Deus, estamos sendo construtores de pessoas e de nós mesmo, pois nessa hora, estamos também construindo pontes para que muitos outros possam ser beneficiados.


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 11:20 Hs. / II Festival de Artes Canção Nova.


Conteudo da Pregação


O termo limite é muito sugestivo. Ele nos coloca naquilo que a gente pode. Quem ama coloca limites. Pai costuma ser mal compreendido quando põe limite. E às vezes tem medo dos filhos. Quando o filho compreende que o limite é para sua felicidade, lhe gera alegria.

Cada vez que você se irritar com o ‘sinal fechado’, se lembre que alguém está alegre por encontrar um sinal verde. Precisamos ser criativos. A raiva limita a nossa imaginação. Somos egocêntricos. Somos ligados as nossas necessidades e limites.

O artista é o ser humano que mais condensa defeitos no mundo. Temos limites demais porque temos mil e uma possibilidades. Ele consegue ver o mundo com mais amplitude.

O artista é aquele que consegue retirar o mais simples de todos acontecimentos e revestir de poesia, como ainda não tínhamos possibilidade de fazer. Ele tem o poder de retirar do dia comum, aquilo que a gente não viu. Uma sensibilidade que faz diferença na vida.

Outro dia estava ouvindo Adélia Prado que dizia assim: 'o poeta, o artista é aquele que consegue retirar a vida da mira do tempo'. O poema é uma forma de resgatar aquilo que não morre mais.

Você deve conhecer muito compositor católico que mudou a vida de muita gente, mas você olha a vida dele e vê o sofrimento. Mas você não pode negar a obra que Deus faz na sua obra. Onde está o nosso trabalho? Cuidar desse limites que está em nós para que eles não atropelem a arte de Deus que está em nós. É se colocar na necessidade dos retoques diários. Se tenho mais limites, mais cuidados preciso ter. É o aperfeiçoamento da arte que há em você.

Quanto maior a qualidade da sua arte, maiores os defeitos que lhe acompanharão. No momento em que escrevemos, quantos rascunhos se faz? Quanto mais rascunhos, melhor a qualidade da arte. Mas a experiência do rascunho, do limite, gera o aprimoramento.

'Artista que não quer sofrer vai ser um artista infértil' Precisamos de "pontes" que nos dê segurança. Senão ninguém atravessa. O artista tem que se prestar a viver o ofício de ser ponte. Nós estabelecemos a ponte, o vínculo. Padre tem que viver uma sensibilização artística o tempo todo. Nem precisa escrever música ou poesia. É a capacidade de estabelecer simpatia.

Olha para o Calvário. Se esta cena não fosse descrita com olhos de poeta, não gostaríamos do que vimos. Olhe para aqueles que se encantaram com a beleza de Jesus. Descobriram na Palavra de Jesus um jeito de sanar suas fragilidades e limites.

Confiar na providência é você ter consciência do seu limite. Não chove maná na casa de ninguém. Não vai trabalhar não para você ver. A Canção Nova vive da providência, mas venha ver os bastidores. Estão todos dando o sangue naquilo que podem.

Quanto maior o limite de uma pessoa, maior o número de "assessores" que ela precisa. Nossos limites serão mais bem vividos, a partir do momento que tivermos ao nosso lado pessoas que nos amam. Quanto maior a responsabilidade que você tem, mais a necessidade de gente para pensar com a gente!

Meu maior limite é com fotografia. Parece que cada foto arranca minha alma. Quando eu sou colocado numa situação que coloca meu limite para fora, eu não gosto. Porque gosto de dar o meu melhor.

Quando alguém fala um desaforo para gente, esbarra na nossa ferida. Muitas vezes não gostamos de esbarrar em nossos limites, mas precisamos tocá-los.

A morte de Jesus decepcionou os discípulos. Porque eles não haviam entendido. Voltam à antiga vida, porque perderam a "assessoria" que tinham. Para o artista cristão, o assessor principal é Cristo! Ele que te dá condição de você exercer a arte que você exerce. É a voz Dele que você precisa ouvir, é o exemplo dele que você precisa seguir.

Você experimenta a solidão na sua vida e lamenta a falta de pessoas. Quantas vezes você se perde em você mesmo porque não tem alguém ao seu lado para lhe dizer "faça assim", "vá por esse caminho". E o que você mais precisaria, era alguém que olhasse nos seus olhos e lhe ajudasse a tomar a decisão certa.

'É Jesus quem socorre os nossos limites' E você tem muito mais limites, suas lutas serão maiores também. Os vícios entram na vida do artista quando ele não sabe lidar com os limites que tem. Uma boa música com certeza foi criada quando o artista não sabia dizer a dor que sentia. Se não nascem nas dores, elas não tocam ninguém. Mas quando você não sabe o que fazer com aquela dor, a melodia vem, a música vem.

Artista que não quer sofrer, vai ser um artista infértil.

Os defeitos que você tem, estão aí para lhe construir! Não faça uma interpretação negativa dos seus limites. Não os negue. Na hora que você precisar, além de clamar pelos amigos, clame ainda mais pelo Senhor de sua arte!

Artista que não reza, jamais será "ponte" para algum lugar. É Jesus quem socorre nossos limites, e dá sentido. Precisamos da "ponte" que Ele nos dá. E aquilo que Ele nos oferece é o que aprendemos a oferecer também.


Detalhes


  • Animação: Dunga.
  • Padre Usava Camisa Bege por Fora, e Camisa preta por Dentro.
  • O termo limite é sugestivo.
  • Fala do Eugênio que teve o primeiro conflito com o Filho mais velho.
  • O nosso limite é para a nossa felicidade.
  • Tem gente com limites maiores que os nossos.
  • O pai tem sempre o direito de ditar o que é melhor para nós.
  • Fala do sinal verde e vermelho, bom para um, dificil para o outro.
  • A raiva limita a nossa imaginação.
  • Artista é aquele que faz arte.
  • O artista é o ser Humano que mais condensa defeito no mundo.
  • Fala da Ana Claúdia, que lhe deu um Bonsai, e lhe escreveu um E-mail e em cinco linhas me fez chorar.
  • Fala do dia que foi comprar a buxa para tomar banho.
  • Mãos tremulas que se encaminham para presentear.
  • O Artista é aquele que reveste o mais simples de poesia.
  • Canta a Música do Djavam, (Canta mais não sabe a letra).
  • Pede para procurar no Google, a música faz parte de uma versão de Charles Chaplin.
  • O ser Humano não só tem fome de Pão, ( Frei Beto).
  • A Pessoa que tem uma alma poetica, mesmo que nunca saiba escrever um poema, sabe colocar bem uma mesa.
  • Fala de Adélia Prado, o poeta é aquele que consegue tirar a vida da mira do tempo.
  • Adélia fala do relógio que ganhou do seu pai, que para ela é um sacramental, pois é importante.
  • O poema é uma forma de resgatar algo que não morre mais.
  • Temos que ter a honestidade de reconhecer os nossos limites.
  • Os fracos existem para confundir os fortes.
  • Temos que nos colocar como nescessitado dos retoques diários.
  • É preciso aperfeiçoar a arte que há em você.
  • Fala que estava lendo um livro de Gênese literária.
  • A Gênese Literária estuda o rascunho, a origem da Obra.
  • Ninguém anda na pinguela, precisamos de pontes que nos dê Segurança.
  • Fala dos casarões que tinha livros do nosso tamanho.
  • Padre tem que ter sensibilidade Artistica, para viver bem com as pessoas.
  • Fala da música Flor de Lins, que foi escrita por um escritor que perdeu a esposa num parto.
  • Os personagem do Evangelho se encantavam com a beleza que havia em Jesus de ver coisas de uma outra forma.
  • Fala que acredita na religião de dedo machucado.
  • Padre eu acredito na providência de Deus, mas eu trabalho.
  • Tem pessoas que dizem, eu acredito em Deus, vai, atravessa a Paulista sem olhar para ver.
  • Já choveu dinheiro em sua casa?
  • Fala que não acredita em Papai noel, pois colocou o seu sapato na Janela e foi roubado, tenho implicância de Papai noel.
  • Os nossos assessores são os nossos limites.
  • Erramos sem querer, erramos por que não conhecemos.
  • Fala que seu maior limite é com foto, não gosta de tirar foto.
  • Fala que gosta de dar o seu melhor.
  • Fala que chegou numa loja e tinha uma menina de cara feia, pois tinha ouvido o que não queria ouvir, pois tinha ouvido desaforo.
  • A morte de Jesus representou a grande decepção que os discipulos viveram.
  • Uma boa assessoria leva uma pessoa nas alturas.
  • Com a morte de Jesus, os discipulos voltam a vida antiga.
  • Fala que sofrer sozinho é a pior coisa da nossa vida.
  • Fala de uma cantora Inglesa que está Hospitalizada, onde a sua família pede para ela não sair do Hospital.
  • A obra de arte nasce de vazio.
  • As obras de arte surgem nas dores.
  • Artista que não quer sofrer, vai ser um Artista infértil.
  • Canta: Vem, senhor Jesus, o coração já bate forte ao tever, a tua graça hoje eu quero receber.
  • Onde Jesus estava, as pessoas corriam até ele.
  • Hoje nós somos os novos Homens e Mulheres que temos que correr atrás de Jesus.
  • Construir pontes é essa a missão do Artista.
  • Padre Chama o Eugênio Jorge, Luiz Carvalho e Dunga.
  • Fala sobre a música restauração do Dunga.
  • Fala sobre a Música um tal Jesus, Recado dez Anos.
  • Fala da Música só por ti Jesus do Eugênio.
  • Dunga passando um Perrengue.
  • Eugênio fala da Música só por ti Jesus, ela surgiu quando perdeu sua mãe.
  • Eugênio Jorge Canta: Só por ti Jesus, Todos cantam uma parte da Música.
  • Qual a música que você não fez ainda? Jogue a sua dor para fora e faça a sua música e poesia.


Veja mais

Palestras Juventude