Experimentar diferente o amor

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Carlos Antônio Elias (Tuffi) - 16/02/2010 - código CD 25. 06618 DVD 26. 06618

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600 ou shopping.cancaonova.com


Carlos Antônio Elias (Tuffi)


Existe uma graça neste exato momento, não deixe passar esta graça porque nós somos muito ansiosos por aquilo que já passou ou por aquilo que ainda vai vir. Você está numa festa e nesta festa você não é penetra. Nesta festa você é o convidado especial, você católico tem aqui um lugar de honra. Talvez você tenha passado desapercebido, mas eu vou te recordar que você está sentado ao lado da pessoa que Deus mais ama, porque por esta pessoa Jesus derramou todo o Seu Sangue.


Local: Centro de Evangelização Dom João Hipolito de Morais / Cachoeira Paulista.


Horário: 09:15Hs. / Acampamento de Carnaval


Conteudo da Pregação


Eu sou Tuffy da cidade de Assis (SP), meu nome é Carlos Antônio Elias. Eu sou Psicólogo e fundador da Comunidade Restauração. Trabalhamos com a evangelização através dos acampamentos e com a recuperação de dependentes químicos.

Existe uma graça neste exato momento, não deixe passar esta graça porque nós somos muito ansiosos por aquilo que já passou ou por aquilo que ainda vai vir. Você está numa festa e nesta festa você não é penetra. Nesta festa você é o convidado especial, você católico tem aqui um lugar de honra. Talvez você tenha passado desapercebido, mas eu vou te recordar que você está sentado ao lado da pessoa que Deus mais ama, porque por esta pessoa Jesus derramou todo o Seu Sangue.

Eu queria convidar você a abrir a Palavra Isaías 49, 14. “Sião dizia: O Senhor abandonou-me, o Senhor esqueceu-me. Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca.” Como eu disse, eu sou psicólogo e na minha vida eu escuto muitas pessoas, muitas mães que tem seus filhos no mundo das drogas. Pessoas que tem este mesmo sentimento que o povo de Deus tinha no tempo de Isaías. Esta Palavra ela é atual ainda hoje, Deus ainda continua falando “ainda que outros tenham te esquecido Eu jamais te esquecerei” . É triste constatar isso, mas Deus tem virado informação. Muitas pessoas sabem de Deus, sabem os capítulos e os versículos que falam do amor, mas não praticam o amor. Sabem do versículo que fala do perdão, mas que não perdoam. Deus não quer que você saiba do amor, Ele não quer que você saiba sobre o perdão, Ele quer que você ame e que você perdoe.

O amor não é para se saber, este acampamento não pode ser mais uma informação na sua vida. Não precisamos mais de doutores da lei, sua casa não precisa mais da alguém que saiba das coisas, mas de alguém que experimenta, porque a experiência é diferente. No carro da vida o ser humano está em alta velocidade. Nós não paramos mais para ver os detalhes da vida. Deus deu as pessoas pra gente amar e as coisas pra gente usar e nós estamos usando as pessoas e amando as coisas. A nossa vida tem um sentido, nós não podemos deixar que o mundo nos descaracterize, eu por exemplo passei 5 anos estudando psicologia e as teorias de Freud, Piaget e outros.

Mas nenhum deles ou de suas teorias me deu a paz que Jesus me dá. Eu vi professores meus tentar explicar Deus e colocá-lo num balaio, mas nunca eu experimentei nos livros e nas teorias o que tenho hoje com Deus

Estamos esquecendo o mais importante de nossas vidas. Deixa faltar o arroz e o feijão na sua casa meu irmão mas não deixa faltar o amor, porque mais nada vai preencher o seu vazio. Eu fui adotado quando ainda era pequeno e isso me causou uma grande dor, eu não me sentia bem em casa, amava muito a D Aurora que me adotou mas não me sentia em casa, era uma criança triste, tinha vergonha da minha história, não gostava quando meus amigos me viam com minha mãe pois não gostava de explicar que ela era bem mais velha porque tinha me adotado. Ouvia muito as pessoas dizerem a mim que eu era adotado, que era filho de prostituta, quando as pessoas chegavam em casa e perguntava quem eu era, olhavam para mim e diziam o menino que a Dona Aurora cuida.

Quando adolescente comecei a usa droga e a beber, e brigava muito, eu era uma pessoa em casa e outra na rua, uma vez a policia me levou para casa e minha mãe ficou muito nervosa, quando chegou no outro dia na parte da manha o rapaz que ia trabalhar comigo me chamou e eu não tinha nem levantado, porque minha mãe não havia me chamado, levantei correndo chamei ela pedi minha marmita e nem parei para olhar para ela, quando retornei do serviço mu irmão me pegou no ponto de ônibus e falou que ela tinha tido um derrame, eu não tinha me tocado da gravidade e depois de um tempo ela teve outro derrame e faleceu. Sofri muito, e naquele momento comecei a perceber o que estava fazendo da minha vida, tinha perdido a pessoa que eu mais amava no mundo e não tinha dado valor a ela. Depois do velório da minha mãe resolvi mudar de vida, ser o filho que ela tinha me criado. Hoje sou casado tenho duas filhas. Comecei a seguir Jesus entrei na Igreja, agora tenho uma comunidade de recuperação para drogados.

Não faça como eu que demorei para falar para a pessoa que eu mais amava, que era a minhã mãe, que eu a amava

Porque depois da morte da minha mãe eu fui chamado para um retiro de jovens num seminário, e lá eles disseram que Deus se manifesta através daqueles que mais nos amavam. Eles falavam: “jovem, fala para o seu pai e para a sua mãe que você os ama!” mais eu não tinha mais a minha mãe e não conhecia meu pai. No final eles deram uma rosa e pediram pra gente levar para a nossa mãe, e eu fui levar esta rosa para a minha mãe lá no cemitério. Sabe irmão, não adianta ficar falando “eu te amo” depois que a pessoa já foi, fala agora


Detalhes



  • Eu sou Tuffy da cidade de Assis (SP), meu nome é Carlos Antônio Elias. Eu sou Psicólogo e fundador da Comunidade Restauração. Trabalhamos com a evangelização através dos acampamentos e com a recuperação de dependentes químicos.
  • Palavra Isaías 49, 14.
  • Animação Tiago Tomé
  • Como eu disse, eu sou psicólogo e na minha vida eu escuto muitas pessoas, muitas mães que tem seus filhos no mundo das drogas. Pessoas que tem este mesmo sentimento que o povo de Deus tinha no tempo de Isaías.
  • Esta Palavra ela é atual ainda hoje, Deus ainda continua falando “ainda que outros tenham te esquecido Eu jamais te esquecerei” .
  • É triste constatar isso, mas Deus tem virado informação. Muitas pessoas sabem de Deus, sabem os capítulos e os versículos que falam do amor, mas não praticam o amor. Sabem do versículo que fala do perdão, mas que não perdoam.
  • Deus não quer que você saiba do amor, Ele não quer que você saiba sobre o perdão, Ele quer que você ame e que você perdoe.
  • Conta sua história de ser adotado, a revolta na adolescência, a morte de sua mãe e sua conversão