Fieis ao rei da misericórdia

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Pe Edinilson de Jesus - 19/09/2010 - código CD 25.07139 DVD 26.07139

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600

Pe Edinilson de Jesus

Deus hoje está nos convidando a darmos um passo a mais em nossa fé, pois agora é a hora da Divina Misericórdia. É hoje e não amanhã! Não espere mais; tome uma decisão de coração. Tudo hoje concorre para tirar o valor de nossas consciências, quando as coisas certas estão erradas para este mundo e somos perseguidos por fazer o que nossa consciência nos ensina e nos pede. Se você for fiel no pouco, será também no muito; se está difícil, se está pesado, eu quero lhe dizer, amado, que você está no caminho certo, se você está "matando um leão" a cada segundo, eu quero proclamar que no momento do seu encontro com Jesus, você não vai se encontrar com o Justo Juiz, mas com o Rei da Misericórdia. Por isso se levante e permaneça fiel!


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.


Horário: 15:00 Hs. / Encontro da Divina Misericórdia


Conteudo da Pregação


Para sermos fiéis no pouco e recebermos muito, precisamos do Espírito Santo. É Ele quem vai falar neste encerramento de encontro, então vamos pedir a Força do Alto. Eu desejo que o nosso pedido agora ao Pai possa acontecer nesta tarde; no entanto, muitas vezes, não sabemos o que pedimos a Deus, eu creio que o Espírito Santo está sendo derramado em nosso pedido e será derramado sobre nós.

Antes do nosso nascimento o Senhor já tinha nos escolhido, Deus já nos chamava pelo nome, e já tinha nos designado como apóstolos da misericórdia. Antes de nascermos Deus já havia planejado para que estivéssemos aqui neste final de semana, ou mesmo, você que acompanha pela TV, pela Rádio e pela Internet sentado em frente ao seu computado. Isso já é motivo suficiente para louvarmos ao Senhor.

Deus escolheu esta liturgia para nós neste domingo, pois, de fato, nós vamos nos encontrar com o Senhor e prestar contas da nossa administração, e é muito bom quando o Senhor nos dá oportunidade de nos prepararmos para este encontro, o encontro com o Rei da Misericórdia.

Então vamos mergulhar neste Evangelho e meditar sobre o Senhor, que é o Justo Juiz, mas que tem um administrador que está esbanjando seus dons, seus talentos, sua vida, esbanja o que não é seu, mas do seu Senhor. Por isso o administrador não foi aprovado, porque esbanjou o que o Senhor confiou a ele para administrar, e percebendo que o Senhor havia percebido sua má administração, antes de sair ele foi refletir e percebeu que iria perder tudo, perder sua vida

O administrador descobriu duas coisas em si mesmo: que era fraco e indigno; esta é a condição para nos encontramos com a Divina Misericórdia, o administrador está no caminho certo ao fazer sua reflexão, ao perceber que era fraco, que era indigno, ele estava a ponto de "tirar dez na prova" e ser aprovado. Mas depois de refletir e na hora de mudar a história e clamar a Misericórdia, ele usou a esperteza e usou de suas próprias forças. Mas quem quer ser esperto diante de Deus perde. Por isso, em vez de sermos espertos, precisamos reconhecer nossa fraqueza.

Agora, em vez de sermos espertos, precisamos pedir a Deus sabedoria, pois o esperto quer fazer o melhor para si, e o sábio entende que a sabedoria é fazer a vontade de Deus. Jesus diz a Santa Faustina, em seu Diário, que para alcançar Divina Misericórdia basta se apresentar no tribunal da Misericórdia: o Sacramento da Reconciliação, a confissão. O Senhor nos acolhe do jeito que estamos; o que fez com que o homem deste Evangelho perdesse foi o orgulho; precisamos nos apresentar diante de Deus Pai com humildade, mesmo que nossas almas cheguem diante d'Ele como cadáveres

Ao chegar em sua casa, na sua comunidade, procure um sacerdote, comece uma vida nova. Você precisa tomar esta decisão agora, não compactue com o mal, pois quando o Senhor vier como Justo Juiz não vai ser fácil, nós não somos capazes de enfrentar o tribunal do Senhor, que vem como Justo Juiz, por isso busque o Rei da Misericórdia. Se aquele homem tivesse clamado ao seu senhor por misericórdia, você acha que o senhor não o perdoaria? Quanto mais Deus! Por isso: peça perdão ao Senhor.

Deus hoje está nos convidando a darmos um passo a mais em nossa , pois agora é a hora da Divina Misericórdia. É hoje e não amanhã! Não espere mais; tome uma decisão de coração. Tudo hoje concorre para tirar o valor de nossas consciências, quando as coisas certas estão erradas para este mundo e somos perseguidos por fazer o que nossa consciência nos ensina e nos pede. Se você for fiel no pouco, será também no muito; se está difícil, se está pesado, eu quero lhe dizer, amado, que você está no caminho certo, se você está "matando um leão" a cada segundo, eu quero proclamar que no momento do seu encontro com Jesus, você não vai se encontrar com o Justo Juiz, mas com o Rei da Misericórdia. Por isso se levante e permaneça fiel!


Detalhes


  • Palavra 1º leitura Amós 8,4-7, Salmo 112, 2º leitura 1 Timoteo 2, 1-8, Evangelho Lucas 16, 1-13
  • O administrador descobriu duas coisas em si mesmo: que era fraco e indigno; esta é a condição para nos encontramos com a Divina Misericórdia, o administrador está no caminho certo ao fazer sua reflexão, ao perceber que era fraco, que era indigno, ele estava a ponto de "tirar dez na prova" e ser aprovado.
  • Mas depois de refletir e na hora de mudar a história e clamar a Misericórdia, ele usou a esperteza e usou de suas próprias forças. Mas quem quer ser esperto diante de Deus perde. Por isso, em vez de sermos espertos, precisamos reconhecer nossa fraqueza.
  • Ao chegar em sua casa, na sua comunidade, procure um sacerdote, comece uma vida nova. Você precisa tomar esta decisão agora, não compactue com o mal, pois quando o Senhor vier como Justo Juiz não vai ser fácil, nós não somos capazes de enfrentar o tribunal do Senhor, que vem como Justo Juiz, por isso busque o Rei da Misericórdia.
  • Agora, em vez de sermos espertos, precisamos pedir a Deus sabedoria, pois o esperto quer fazer o melhor para si, e o sábio entende que a sabedoria é fazer a vontade de Deus.
  • Jesus diz a Santa Faustina, em seu Diário, que para alcançar Divina Misericórdia basta se apresentar no tribunal da Misericórdia: o Sacramento da Reconciliação, a confissão.