Fraternidade

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Educar na fraternidade


§2207

A família é a célula originária da vida social. É ela a sociedade natural em que o homem e a mulher são chamados ao dom de si no amor e no dom da vida. A autoridade, a estabilidade e a vida de relações no seio da família constituem os fundamentos da liberdade, da segurança, da fraternidade no seio da sociedade. A família é a comunidade em que, desde a infância, se podem aprender os valores morais, começar a honrar a Deus e a fazer bom uso da liberdade. A vida da família é iniciação à vida em sociedade.


Fraternidade entre os presbíteros


§1568

“Os presbíteros, elevados pela ordenação à Ordem do presbiterado, estão unidos entre si numa íntima fraternidade sacramental. Especialmente na diocese, a cujo serviço, sob o bispo respectivo, estão consagrados, formam um só presbitério”.A unidade do presbitério tem uma expressão litúrgica no costume segundo o qual, durante o rito da ordenação presbiterial, os presbíteros impõem também eles as mãos, depois do bispo.


Fraternidade,fruto da religiosidade popular


§1676


Para manter e apoiar a religiosidade popular, é necessário um discernimento pastoral. O mesmo se diga, se for caso disso, para purificar e corrigir o sentimento religioso subjacente a essas devoções e para fazer progredir no conhecimento do mistério de Cristo. A sua prática está submetida ao cuidado e às decisões dos bispos e às normas gerais da igreja .


Solidariedade,exigência da fraternidade humana e cristã


§1939


O princípio da solidariedade, também enunciado sob o nome de «amizade» ou de “caridade social”, é uma exigência direta da fraternidade humana e cristã: Um erro, “hoje largamente espalhado, é o que esquece esta lei da solidariedade humana e da caridade, ditada e imposta tanto pela comunidade de origem e pela igualdade da natureza racional entre todos os homens, seja qual for o povo a que pertençam, como pelo sacrifício da redenção oferecido por Jesus Cristo no altar da cruz ao Pai celeste, em favor da humanidade pecadora” .


Vida consagrada e fraternidade


§925


Nascida no Oriente, nos primeiros séculos do cristianismo, e vivida em institutos canonicamente erectos pela Igreja , a vida religiosa distingue-se das outras formas de vida consagrada pelo aspecto cultual, pela profissão pública dos conselhos evangélicos, pela vida fraterna em comum e pelo testemunho dado a respeito da união de Cristo e da Igreja .


§929


Os membros destes institutos, mediante uma “vida perfeita e inteiramente consagrada a [esta] santificação” , tomam parte na tarefa de evangelização da Igreja, “no mundo e a partir do mundo” , onde a sua presença atua “à maneira de fermento” .O seu testemunho de vida cristã visa ordenar segundo Deus as realidades temporais e impregnar o mundo com a força do Evangelho. Assumem, por vínculos sagrados, os conselhos evangélicos e mantêm entre si a comunhão e fraternidade próprias do seu teor de vida secular.






http://catecismo-az.tripod.com/conteudo/a-z/f/fraternidade.html