Hoje nasceu o nosso salvador

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre Wagner Ferreira – 24/12/2009 - código CD 25. 06469 DVD 26. 06469

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600


Padre Wagner Ferreira


Celebrar o Natal é colocar a nossa confiança em Jesus como nosso único Salvador. Celebramos o mistério do Deus encarnado, Deus que se fez homem em Jesus, que assume a natureza humana para conduzir a humanidade a participar da Glória de Deus, à salvação..


Local: Rincão do meu Senhor . / Cachoeira Paulista.


Horário: 20:40 Hs. / Missa Especial de Natal


Conteudo da Pregação


Na Segunda Leitura, São Paulo confirma a obra deste Conselheiro Admirável, deste Deus forte, deste Príncipe da Paz. Ele diz: “Meus irmãos, a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação para todos os homens”.

A salvação foi dada para todos os homens. São Paulo afirma que esse nosso grande Deus e Salvador é Jesus Cristo. É n'Ele que encontramos a feliz esperança, manifestação da Glória de Deus; em Jesus, no filho de Maria, nesta criança, neste menino simples que nasce na pobreza. É n'Ele que, por incrível que pareça, nós encontramos salvação para as nossas vidas. É n'Ele, em Jesus, que nós encontramos salvação para toda nossa perdição

Meus irmãos e irmãs, celebrar o Natal é renovar nossa profissão de em Jesus como Salvador. No Natal, celebramos a aurora da salvação, as primícias da salvação da humanidade. Eu pergunto para vocês, quando se concretizou a salvação da humanidade? Onde? É na Cruz, no mistério pascal de Cristo, em sua morte e ressurreição. Ali, todos os homens e mulheres foram tocados por Deus com a graça da redenção, através do sangue derramado de Cristo Jesus. No entanto, as primícias, a aurora da salvação, nós encontramos ali, na simplicidade do nascimento de Jesus.

Celebrar o Natal é colocar a nossa confiança em Jesus como nosso único Salvador. Celebramos o mistério do Deus encarnado, Deus que se fez homem em Jesus, que assume a natureza humana para conduzir a humanidade a participar da Glória de Deus, à salvação.

Que é salvação? É sair da perdição do pecado para viver como filho e filha de Deus, para viver desde já a comunhão com o senhor, com Seu amor. Natal é festa do amor, porque Deus se tornou pessoa humana para nos ensinar, como pessoa humana, qual o caminho que devemos trilhar para participar de sua Glória.

Em Jesus, Deus assumiu a natureza humana, no ventre da Virgem Maria, para nos ensinar a viver como gente. O pecado faz com que a pessoa humana não viva, o pecado destrói o coração humano, destrói a graça de Deus no coração humano, não dando à pessoa aquela liberdade, aquela alegria, aquela felicidade de viver segundo valores do Reino de Deus. Por isso, a pessoa se encontra em situação de perdição, mergulhada nas trevas, depressão da tristeza. Quem pode nos salvar dessa situação? Deus feito homem.

Celebrar o Natal é abrir o coração para a graça de Deus. Como disse São paulo, acolher o Salvador e essa graça que Deus manifestou a nós no nascimento do Salvador. Essa graça nos ensina a abandonar a impiedade, as paixões mundanas, e a viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade.

Ninguém pode celebrar o Natal comprometido com o pecado. Ninguém pode viver como pessoa comprometido com o mal, violência, ódio, vingança, injustiça. Ninguém pode celebrar o Natal comprometido com as trevas do pecado. Precisamos acolher a graça do Salvador. Estamos aqui, meus irmãos, celebrando a Santa Missa do Natal do Senhor, justamente porque a graça do Salvador entrou em nosso coração.

Por favor, faça valer o seu Natal renunciando ao pecado, mas também assumindo em sua vida a graça de ser um filho de Deus, de ter um Salvador cujo nome é Jesus Cristo. Jesus nos ensina o caminho para a Glória de Deus, assumindo a nossa humanidade, para nos ensinar como viver como gente.

Fixemos os nossos olhos, nosso coração, durante esse Tempo do Natal, no menino Deus. Hoje, nasceu para nós o Salvador, um menino nos foi dado. Deus nos concedeu Seu filho amado, que assumiu nossa humanidade para nos conduzir à Sua Glória. Sejamos seguidores de Jesus!

Aprendamos com ele a viver na piedade, a colocar a nossa confiança de salvação unicamente no Senhor. É interessante perceber que o evento da redenção da humanidade começa a acontecer em um momento preciso da história. César Augusto, imperador de Roma na época, e Quirino, governador da Síria. Com isso, São Lucas diz que Deus, o Eterno, Conselheiro Admirável, Príncipe da Paz, por imenso amor pela humanidade, entra na história, entra no tempo para fazer do nosso tempo o lugar da sua morada, lugar da eternidade.

Se você quer ter vida de eternidade, é preciso colocar sua confiança e cultivar comunhão com Jesus. César augusto e Quirino não receberam o anúncio do salvador. Foram pastores que estavam perto da gruta de Belém. Pastores humildes, simples, pobres, que pela acolheram o anúncio dos anjos. O menino profetizado por [Isaías não foi encontrado nos palácios, mas envolvido em faixas e deitado numa manjedoura.


Detalhes


  • Palavra 1° leitura Isaias 9,1-6 Salmo 95 2º leitura Tito 2,11- 14 Evangelho Lucas 2, 1-14
  • A salvação foi dada para todos os homens. São Paulo afirma que esse nosso grande Deus e Salvador é Jesus Cristo. É n'Ele que encontramos a feliz esperança, manifestação da Glória de Deus
  • Meus irmãos e irmãs, celebrar o Natal é renovar nossa profissão de fé em Jesus como Salvador. No Natal, celebramos a aurora da salvação, as primícias da salvação da humanidade
  • Celebrar o Natal é abrir o coração para a graça de Deus. Como disse São paulo, acolher o Salvador e essa graça que Deus manifestou a nós no nascimento do Salvador.
  • Ninguém pode celebrar o Natal comprometido com o pecado. Ninguém pode viver como pessoa comprometido com o mal, violência, ódio, vingança, injustiça. Ninguém pode celebrar o Natal comprometido com as trevas do pecado. Precisamos acolher a graça do Salvador.
  • Estamos aqui, meus irmãos, celebrando a Santa Missa do Natal do Senhor, justamente porque a graça do Salvador entrou em nosso coração.