Livro A porta da Fé (José H. Prado Flores)

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
Título: A porta da Fé Autor: José H. Prado Flores
Editora: Canção Nova
Preço: [consultar]
Páginas: 88
Formato: 14 x 21cm
Edição:
Encadernação: Brochura
País de Origem: Brasil
ISBN/Cód. de barras: 978-85-7677-386-3
Cód. do produto: 01.01920
Ano de lançamento: 2013


Sobre o livro

O Santo Papa Bento XVI proclamou o Ano da Fé e publicou, para oficializá-lo, o documento chamando A Porta da Fé. Em sintonia com este sopro do Espírito, José H. Prado Flores escreveu este livro, focando em como viver a fé, em como crer e como crer em Deus.
A fé abrange vários aspectos e não pode ser reduzida a uma simples definição. Para falar sobre ela, o autor analisa diversos elementos que a constituem e os frutos que dela advêm. Além disso, apresenta personagens do Antigo e Novo Testamento que se destacaram na história da salvação pela fé que demonstraram, para que nos inspiremos e, como eles, tornemos nossa a salvação que Jesus concedeu à humanidade.
A Porta da Fé não é algo, mas sim Alguém, o Único mediador que há entre Deus e os homens e o Único que pode nos garantir a salvação.
A Porta está sempre aberta, mas depende de nós entrarmos por ela.

Sobre o autor

José H. Prado Flores nasceu em 15 de maio de 1947, graduou-se em filosofia e teologia e especializou-se no estudo das Sagradas Escrituras. Lecionou por mais de trinta anos em renomados institutos católicos, como o Instituto Superior de Estudos Eclesiásticos da Cidade do México e o Instituto Bíblico Católico de Guadalajara.
Foi membro do Conselho Internacional da Renovação Carismática até 1998 e nomeado pelo Papa Bento XVI auditor no Sínodo dos Bispos em 2012.
Casado e pai de quatro filhos, escreveu mais de quarenta livros sobre evangelização e Renovação Carismática, a maioria com traduções para vários idiomas.
Atuou como diretor e editor da revista Agua Viva e, em 1998, ganhou o Journalism Award pela Catholic Press Association dos Estados Unidos.
Conhecido por ser um atuante formador de evangelizadores, fundou, na década de 1980, a Escola de Evangelização Santo André, da qual é diretor, e ministrou pregações em mais de 50 países.

Referências