Livro Vida: Um projeto em construção (Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SDB)

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
Título:Vida: Um projeto em construção
Autor: Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SDB
Editora: Canção Nova / Loyola
Preço: [consultar]
Páginas: 208
Formato: 17 x 24cm
Edição:
Encadernação: Brochura
País de Origem: Brasil
ISBN/Cód. de barras: 9788515041534
Cód. do produto: 01.02026
Ano de lançamento: 2014


Sobre o livro

Este livro é uma proposta ao público em geral para gerenciar melhor a própria vida a partir de um projeto que poderá garantir a felicidade, até o fim da vida. Esse projeto pessoal de vida é entrelaçado em dois aspectos: escolhas de metas e ousadia dos sonhos.
O livro está dividido em sete partes e anexos, com inúmeras reflexões e abundantes orientações para motivar a construção do Projeto Pessoal de Vida.
Na primeira e na segunda parte, são abordados temas como o valor da vida, as dimensões que a integram e a necessidade intrínseca de organizá-la da melhor maneira possível.
Os três elementos primordiais de sua construção – os “sonhos”, a “realidade” e os “passos” – são desenvolvidos, respectivamente, na terceira, na quarta e na quinta parte.
A sexta parte abrange orientações gerais para o exercício pessoal de construção do próprio projeto e dois cadernos de exercícios, um para jovens e adultos e outro para adolescentes. Encontra-se, também, o relato de uma experiência realizada com adolescentes do ensino médio.
A sétima parte oferece outras nove propostas alternativas. Por fim, são oferecidos vários anexos relacionados ao tema, que poderão servir para aprofundamento, ilustração, iluminação, aplicação pastoral sobre o assunto em questão. “O Projeto Pessoal de Vida é o instrumento que encontramos para ver e organizar a vida por inteiro, desde os mais simples momentos, na ótica desse amor atual e plenificante do Criador. É ‘Projeto’ porque o que não é organizado tem pouquíssimas chances de dar certo. É ‘Pessoal’ porque se exige o uso da liberdade e do discernimento particular para fazer opções, mesmo àquelas de ressonância social. É ‘de Vida’ porque a ela se dirige e só tem sentido se a servir em vista de seu crescimento”, destaca Dom Eduardo na introdução do livro.
Ainda indaga sobre a vida: “Quem nunca se encantou com a sua beleza ou se decepcionou com a sua fraqueza? Quem nunca se admirou com sua potencialidade ou se assustou com sua realidade? De onde ela vem e para onde ela vai?”.


Referências