Músicos sereis a boca do Senhor

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
Monsenhor Jonas Abib

(Ezequiel 18,30) “Portanto, eu vos julgarei, cada um conforme os seus caminhos, ó casa de Israel, diz o Senhor Deus. Tornai-vos, e convertei-vos de todas as vossas transgressões, e a iniquidade não vos servirá de tropeço. Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes, e fazei-vos um coração novo e um espírito novo; pois, por que razão morreríeis, ó casa de Israel? Porque não tenho prazer na morte do que morre, diz o Senhor Deus; convertei-vos e vivereis.”

O Senhor está trabalhando sobre você, muito particularmente. Você é objeto do trabalho do Senhor. Ele está trabalhando em nós na nossa conversão. Creia que o Senhor está fazendo isso. Ele está te dando um coração novo, um espírito novo. Deus quer dar a você uma forma nova.

(Jeremias 18,1-6) “A palavra do Senhor, que veio a Jeremias, dizendo: Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas, Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor . Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.”

Eu reconheço que o Senhor está querendo pegar-nos como argilas e trabalhar em nós. É interessante o que acontece com o trabalho na argila. O oleiro pega a argila e a coloca no torno, e vai modelando ela ali para lhe dar forma. Ele dá as mais variadas formas pra ela. É uma maravilhosa arte, que é do barro, mas depende do movimento da mão. Ali a sensibilidade do oleiro é maravilhosa, é tanto quanto ou mais, de quem está tocando um teclado, uma guitarra. Há uma interação entre o oleiro e o barro, os dois tem que ser ágeis. Aí que está o importante o barro tem que ser dócil na mão do oleiro, obediente nas mãos do oleiro se não, não dá forma. Trabalhando ali as vezes o barro endurece e com o barro endurecido não dá pra trabalhar. E o oleiro pega o barro todo e destrói. Ele não vai conseguir dar o acabamento porque o barro fica duro. Ele tem que pegar e amassar todo o barro e começa tudo de novo, e pra gente essa hora é dura. Muitas vezes o Senhor tem que fazer isso conosco. E já fez. Se a gente começa a olhar pra própria vida, a olhar para o próprio ministério você vai ver que Ele já fez. Em algumas vezes foi doloroso. Parece que Deus desistiu da gente, parece que Ele pôs tudo abaixo e pôs mesmo. Só que Ele não pôs tudo abaixo para destruir e sim pra recomeçar. O Senhor faz isso porque ele nos ama, porque se não nós nunca seriamos o vaso que Ele precisa, o vaso que vai ser útil pra Ele. O seu ministério é um serviço ao Senhor, por isso ele tem que moldar você, tem que moldar o seu ministério. Música é muito assim, é quase impossível de se fazer sozinho, por isso o ministério todo precisa ser moldado. O Senhor põe abaixo para recomeçar e remodelar.

O duro é porque você não vê a mão de Deus fazendo, se você visse que era Deus fazendo você beijaria as mãos dele. O ruim é que a gente não vê, a gente vê só aquilo de ruim que aconteceu não somos capazes de ver a mão bondosa do senhor que percebeu que a coisa não andava bem, que percebeu que o vaso não estava pegando a forma e não daria o acabamento que era necessário, então Ele interveio e pôs tudo abaixo.

(Jeremias 15,19) Portanto assim diz o Senhor: Se tu voltares, então te trarei, e estarás diante de mim; e se apartares o precioso do vil, serás como a minha boca; tornem-se eles para ti, mas não voltes tu para eles.

É preciso separar o precioso do vil. Infelizmente se alguém não entra no ministério de coração está pessoa está atrapalhando. Talvez Deus já tenha dito para você se separar destas pessoas, só que você não tive coragem. Por isso o Senhor é obrigado a intervir e fazer isso, porque a gente não faz. Uma pessoa que emperra e insiste as vezes em um pecado, em não deixar a vida velha, em não deixar as inclinações mundanas muitas vezes, é capaz de levar um ministério todinho para o buraco porque você não teve coragem de separar essa pessoa. Infelizmente as vezes não vai poder ficar no grupo quem está infectando, se não vai levar para o buraco todo o corpo que é o ministério. Tem que ser feito na caridade, mas tem que ser feito. Quanto ministério que seria servo do Senhor e todo o ministério, toda a banda foi embora, porque a gente não teve coragem.

Muitas vezes nós vamos muito pelas aparências, as vezes só porque uma pessoa é linda você não tem coragem de tirar ela do ministério. Só que ela é infectado e vai levar todo o ministério para o buraco.

Não vai ser a sua boca cantando vai ser a boca do Senhor. Pra isso é preciso separar o precioso do que é vil. O que o Senhor quer que chegue é a graça dele, para fazer novas todas as coisas. Para mudar corações, para mudar rumos de vida. Você ministro é garçom, o Senhor precisa do seu ministério. Por isso você precisa separar o precioso do vil na sua vida. Você só pode ficar com o precioso. Você precisa ser purificado. Nós não podemos ministrar nada se não estivermos purificados. Nós não estamos simplesmente cuidando de pessoas humanas, nós estamos cuidando de filhos de Deus, nós estamos cuidando de almas preciosas ao Senhor. Nós somos como um instrumento de cirurgia que foi usado para uma cirurgia e precisa ser purificado para outra. Nós precisamos passar continuamente pela purificação. Nós não podemos caminhar na impureza. Você não pode cantar em pecado. É preciso limpar na terra pra chegar no céu. Muitas vezes o Senhor era obrigado a desbancar tudo, porque você estava cantando em pecado. Deixa o Senhor começar tudo de novo.

É esse o sentido da Palavra que está lá em Ezequiel, convertei-vos de todas as vossas faltas, e todas as vossas faltas são realmente todas as faltas, se eu realmente quero ser servo do Senhor tenho que renunciar a todas as minhas faltas. Eu tenho que lutar sempre, mesmo caindo e levantando eu não posso desanimar. Que não haja mal que vos faça cair.

Temos que estar continuamente nos purificando. Não podemos continuar ministrando a palavra, que é coisa santa, sem estarmos purificados. A música faz a gente entrar no coração da pessoa, e pra entrar no coração das pessoas precisamos estar puros. O senhor sabe disso e não repara, por isso nós somos uns eternos pedintes de perdão.

Nós temos o condão de fazer com que a graça chegue aos corações. A música é uma agulha assim, que você não aplica na veia, e sim no coração. Nós entramos no coração das pessoas, por amor de Deus o seu ministério só pode ser puro. Só você é agulha, com o seu ministério de música, para entrar no coração daqueles que precisam. O Senhor vai impulsionar as pessoas a virem a você, e você precisa aplicar a graça de Deus nos corações dela. O seu ministério é muito preciosa para o Senhor e também para nossos irmão que estão no pecado. Mesmo na revolta, mesmo na decepção deixe o Espírito Santo encharcar você, porque Deus não desanimou de você nem do seu ministério. Nós somos o primeiro instrumento tocado pelo Senhor.


Veja mais

Palestras Músicos

Palestras Monsenhor Jonas