Mais que músicos profetas

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
Eugênio Jorge
Isso que acontece na Canção Nova é genuinamente Renovação Carismática Católica. Bendito seja o Senhor que realiza maravilhas aqui neste território eucarístico e tem congregado a tantos para este momento histórico em que vivemos a evangelização através da música. Não tenho nenhuma pretensão de fazer uma palestra senão de partilhar uma visão. Temos que partilhar a visão de Deus pra cada tempo. Temos visão de experiência adquirida e visão do que Deus mostra, do que temos que conquistar e lutar pela frente. Hoje nós somos milhares de músicos porque um dia alguém acreditou que seria possível. Deus está fazendo um milagre de uma música evangelizadora que levanta milhares de pessoas e toca os corações. O processo de evolução do ministério de música não aconteceu de uma hora pra hora, foi acontecendo passo a passo não foi fácil, mas valeu muito a pena.

Cantar para Deus é um máximo. Só que o caminho e o tempo me convenceram que uma coisa é cantar para Deus e outra coisa é permitir que Deus cante através da gente, e esse é o desafio. A pessoa que permite que Deus cante através dela já não é mais um mero músico, é um profeta. A voz do profeta quando se faz ouvir ela desinstala, ela muda realidades, ela muda corações, ela move as pessoas. Vocês são chamados para ser mais do que músicos, são chamados para serem profetas. Irmãos nós somos discípulos e fazemos discípulos a cada dia. Isso também é ser ministério de profetas. Abra a visão, abra seu coração, mais que músicos profetas. Mais que cantar para Deus permitir que Deus cante através de nós, porque quando é Deus que canta é outra história.

Se tu tens a pretensão de ser mais que músico, João Batista acaba de se tornar nosso patrono.(João 1,19-37) “Esse foi o testemunho de João quando os Judeus o enviaram a Jerusalém sacerdotes levitas para perguntar-lhe: Quem és tu?” E essa pergunta que eu vos faço? Quem és tu? “João disse eu não sou o Cristo. Então perguntaram novamente: és tu Elias? Ele disse que não. És tu o profeta? Ele também disse não. Dize-nos afinal quem és, para que possamos dar resposta ao que nos enviaram, que dizes de ti mesmo? Ele respondeu: Eu sou a voz que clama no deserto, preparai o caminho do Senhor como disse o profeta Isaías. Alguns dos emissário eram fariseus continuaram a lhe perguntam. Como por batizas, se não é o Cristo, nem Elias nem o profeta? João respondeu: Eu batizo com água, mas no meio de voz está quem vós não conheceis, esse é que vem depois de mim e eu não sou digno de lhe desatar a correia do calçado. Esse diálogo se passou em Betânia além do Jordão, onde João estava batizando. No dia seguinte João viu Jesus, que vinha a ele e disse: Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. É este de quem eu disse depois de mim virá um homem que me é superior porque existe antes de mim, eu não o conhecia, mas se vim batizar em água é pra que ele se torne conhecido em Israel. João havia declarado: vi o Espírito descer do céu em forma de um pomba e repousar sobre ele. Eu não o conheci, mas aquele que mandou batizar em água disse-me sobre quem vires descer e repousar o Espírito, este é quem batiza no Espírito Santo. Eu vi e dou testemunho de que ele é o Filho de Deus. No dia seguinte estava lá João outra vez com dois de seus discípulos e avistando Jesus que ia passando disse novamente: Eis o cordeiro de Deus. Ouviram-no falar e seguiram Jesus.”

Primeira característica de João que chama minha atenção é quando ele diz “eu sou a voz que clama no deserto, preparai o caminho do Senhor” ele não chama para si glória alguma, na verdade ele nem se diz ele nem se apresenta, de fato ele era um profeta, mas ele não chama para si glória alguma. Muitos de nós irmãos, infelizmente, ficamos preocupados em nos promover. Enquanto que João o profeta nem se apresenta. Ele simplesmente diz eu sou a voz. Irmão nosso ministério é a voz e nada mais.

Outro característica de João é que a sua existência se resume em cumprir a missão que lhe foi designada. Outra característica maravilhosa de João é a simplicidade. Irmãos, de humildade e de simplicidade se faz um ministério de profetas. Todo aquele que fizer bem o seu trabalho será convidado para trabalhar para o Rei, porque no reino de Deus não funciona tática de marketing, funciona a tática dos frutos. Aqueles que ouvem João falar não seguem a ele e sim a Jesus, nós somos João Batista também enviamos todos a Jesus.

Não é música católica que precisa ser produzida e sim o Evangelho. Mire naquilo que é pra ser feito, faça-o bem por causa da Igreja e por causa daquilo que Deus tem pra você. Meu irmão é muito pouco cantar pra Deus, se coloque a serviço da sua comunidade e deixe Deus falar através de você, evangelize. Esteja a serviço de Deus.

Nossa vida é feita de história irmão, de história bem vivida. Portanto, viva sua história de evangelização.

Pregação Eugênio Jorge


Veja mais

Palestras Músicos