Missão de Lorena

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

O histórico da missão Canção Nova em Lorena está totalmente entrelaçado com a história do nosso querido fundador. O município, localizado no interior de São Paulo, foi o ventre que gerou monsenhor Jonas Abib para a Comunidade e, conseqüentemente, a Canção Nova para o Brasil e o mundo. Foi na cidade que o seminarista Jonas teve seu encontro pessoal com Jesus Cristo.


Por ser Lorena a nascente da Comunidade e a sede da Mitra Diocesana, sempre houve o empenho do sacerdote em continuar sua missão evangelizadora na cidade. Em 1980, foi inaugurada a livraria Canção Nova no local. Vários missionários e amigos foram responsáveis por ela: dona Santinha; Paulinho; senhor Orlando e dona Dada; Fátima; Gilsânia; Fatinha e João Luiz; Geraldo e Ainoã; Campos; Margaret; Jurandir; Lurdinha; Abigail; e Cássia, que permanece até hoje. Atualmente, formam a missão quatro missionárias da Comunidade de Vida - duas solteiras e duas celibatárias, e 20 missionários da Comunidade de Aliança - casais, celibatários e solteiros.


A maior dificuldade da casa, na época, era não ter um lugar fixo para a realização das atividades. Por isso, em 1994, Cidinha Leite assumiu a missão e abriu a primeira Casa de Evangelização Santa Mãe de Deus, na Rua Getúlio Vargas. Em 1997, o conhecido “Casarão da Canção Nova” foi adquirido e se tornou a segunda Casa de Evangelização, situada próxima à Catedral Nossa Senhora da Piedade.


Em 2000, Campos assumiu a coordenação da missão, seguido por Silvia Novadsk que, em 2002, inaugurou a terceira casa, na Praça Gama Rodrigues, com estrutura melhor que a anterior. As coordenações seguintes foram: Cícera, Linda, Manuela Melo, Rosylene e Kátia Simone, que é a coordenadora atual.


Dois anos mais tarde, a Fundação João Paulo II adquiriu um galpão no centro da cidade. Ele foi reformado durante os anos de 2006 e 2007, para ser a definitiva Casa de Evangelização Santa Mãe de Deus. Na casa, está a capela, a loja da Canção Nova, o Clube da Evangelização, o bazar, as salas para atendimento individual de oração, as salas para encontros e grupos de oração, a lanchonete e o Rincão do Meu Senhor - onde, todas as quintas-feiras, às 19h30, é realizada a Santa Missa de cura e libertação, presidida pelo padre Roger Luiz.


Com esse espaço definitivo, a missão de Lorena pode promover várias atividades, como adoração ao Santíssimo Sacramento, Missas, aconselhamento a pessoas necessitadas, atendimento aos sócios e arrecadadores, venda de materiais de evangelização, bazar, quatro grupos de oração semanais, formações específicas para voluntários, acompanhamento aos candidatos, cursos bíblicos, quartas-feiras especiais da providência, Juvenfest (formação e entretenimento para jovens durante as férias) e visitas a entidades beneficentes, além da comunhão com as atividades paroquiais e diocesanas.


Nos fins de semana, são realizados shows, barzinhos com Jesus, festas juninas, cursos da Escola de Formação Santo André, Maranathás, tardes de louvor, experiências de oração, aprofundamentos e festas das crianças.


Desde sua inauguração, a missão em Lorena avançou em três aspectos: na estrutura física, para melhor acolher o povo de Deus; na diversidade de atividades, que hoje atinge todas as faixas etárias; e na eficácia do Carisma Canção Nova nessas atividades. Um constante desafio para missão é ser auto-sustentável, por meio de doações espontâneas, bazar, ofertórios, eventos e lanchonete.


Ver também


Referências

  • Casa de Missão de Lorena (SP)