MySQL

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

O MySQL é um sistema gerenciador de banco de dados (SGBD), que utiliza a linguagem SQL (Structured Query Language - Linguagem de Consulta Estruturada) com interface. Hoje em dia é um dos bancos de dados mais populares, com mais de 10 milhões de instalações pelo mundo.

Foi criado na Suécia por dois suecos e um finlandês: David Axmark, Allan Larsson e Michael "Monty" Widenius em 1980.

Características

  • Portabilidade (suporta praticamente qualquer plataforma atual);
  • Excelente desempenho e estabilidade;
  • Pouco exigente quanto a recursos de hardware;
  • Facilidade de uso;
  • Comtempla a utilização de vários Storage Engines como MyISAM, InnoDB, Falcon, BDB, Archive, Federated, CSV, Solid...;
  • Suporta controle transacional;
  • Suporta Triggers;
  • Suporta Cursors (Non-Scrollable e Non-Updatable);
  • Suporta Stored Procedures e Functions;
  • Replicação facilmente configurável;
  • Interfaces gráficas (MySQL Toolkit) de fácil utilização cedidos pela MySQL Inc.

Vantagens

Outra grande vantagem é ter código aberto e funcionar em um grande número de sistemas operacionais: Windows, Linux, FreeBSD, BSDI, Solaris, Mac OSX, SunOS, SGI, etc.

Seu desempenho e robustez são os principais motivos para seu reconhecimento, e também, por ser multi-tarefa e multi-usuário. A própria Wikipédia [1], usando o programa MediaWiki, utiliza o MySQL para gerenciar seu banco de dados, demosntrando que pode ser utilizado em sistemas de produção de alta exigência e em aplicações sofisticadas.

Há algum tempo atrás, pelo fato de não possuir algumas funcionalidades (até a versão 3.x) essenciais como: ''stored procedures'', two-phase commit, subselects, foreign keys ou integridade referencial, era frequentemente considerado um sistema mais "leve" e para aplicações menos exigentes, sendo preferido por putros sistemas como o PostgreSQL.

Exemplos

O MySQL é somente o banco de dados, necessitando também de um software que interaja com o usuário a fim de guardar as informações (em um banco de dados) que o usuário adicionou em um site da internet ou em um software.

Abaixo temos um exemplo de código SQL para o MySQL:

use test
DROP TABLE IF EXISTS carro;
CREATE TABLE carro (nome CHAR(20), marca CHAR(20), cor CHAR(10));
INSERT INTO carro (nome, marca, cor) VALUES ('fusca', 'volkswagen', 'amarelo'),
                                            ('c4', 'citroen', 'vermelho'),
                                            ('a3', 'audi', 'verde'),
                                            ('ka', 'ford', 'preto');
SELECT * FROM carro;

Resultando em:
+-------+------------+----------+
| nome  | marca      | cor      |
+-------+------------+----------+
| fusca | volkswagen | amarelo  |
| c4    | citroen    | vermelho |
| a3    | audi       | verde    |
| ka    | ford       | preto    |
+-------+------------+----------+

Referências

Wikipedia