Não desista, Deus está com você

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Diác. Nelsinho Correa - 13/05/2010 - código CD 25. 06826 DVD 26. 06826

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600


Diác. Nelsinho Correa


Local: Rincão do meu Senhor / Cachoeira Paulista.


Horário: 09:40 Hs. / Quinta feira de Adoração


Não se entregue ao sofrimento, Deus está com você! Você pode estar sem ninguém do seu lado, mas o Senhor está com você. Às vezes parece que Ele nos abandona, mas não, Ele está ali. No ponto em que você está hoje Ele está lhe falando: "Mãos à obra!". Confie no Senhor. Ele não quer que você fique lamuriando. Ele está lhe falando: "Mãos à obra!", o que você conseguir fazer, faça, pois Deus está com você, mesmo no sofrimento. O sofrimento vai nos purificando


Conteudo da Pregação


Hoje é um dia muito especial: Dia de Nossa Senhora de Fátima. Vou contar uma história para vocês:

Esta é a história de um menino que tinha mais ou menos 12 anos, morava no interior e sofreu um acidente. Com hemorragia interna ele foi internado no hospital da cidade dele. Ele estava com muita dor, até que o médico lhe disse que não poderia fazer a cirurgia ali e o enviaram para um outro hospital. Levaram o garoto para o Rio de Janeiro para ser operado. Aquele menino foi internado uma, duas, três... treze vezes e das trezes vezes passou por onze cirurgias. Esse menino, longe de casa, de família pobre, a mãe nem sabia andar no Rio de Janeiro, mal tinha dinheiro para ter o que comer dentro de casa, iria ter dinheiro para pagar uma passagem para o Rio? Então ele recebia poucas visitas. Mas veja o interessante: às 6 horas da tarde, ele recebia uma visita que ele não entendia muito bem o que era. Às 6 da tarde havia um programa na  rádio Tupi: a oração da Ave-Maria; ele ouvia a música (que ele nem sabia  se tratar da Ave-Maria) e chorava. Ele sentia uma força muito grande, era um choro de desabafo, depois passava e ele se sentia bem e voltava ao normal. No outro dia, a mesma coisa às 6 da tarde: ele ouvia aquela música e chorava novamente. Era uma força que ele não entendia

Passados três meses o médico lhe deu alta. Ele pegou o ônibus no Rio de Janeiro e foi fazer uma surpresa para a família. Ele ia rever toda a família. Naquela madrugada ele, pensando em ir embora, fez a promessa, de durante uma semana, ir à Santa Missa sem faltar um dia. Quando ele chegou em casa foi aquela festa. Às 6 da tarde ele lembrou da promessa, e foi um dia, dois, três, quatro e o grupo de jovens o convidou para participar do grupo. Foi ali a primeira vez que ele ouviu falar de Deus. E a moça do grupo dizia: “Deus nunca abandona a gente, esse Deus tem um nome e o nome d'Ele é Jesus. Jesus tem uma Mãe e o nome dela é Maria. Ela está sempre conosco. Maria nunca nos abandona”. Enquanto ele ouvia tudo aquilo parecia a música que ele ouvia no hospital, então ele chorou e se lembrou de tudo o que passou. “Maria nunca abandona a gente, ela é Mãe”, dizia a moça. Ele levantou a mão e disse: "Olha, moça, tudo que você está falando é verdade. Eu estava no hospital, senti esta força, só que eu não sabia que era Nossa Senhora. Hoje eu prometo que nunca mais vou deixar essa Mãe".  Nossa Senhora nunca nos abandona; eu experimentei isso em minha vida. Deus me fez uma pessoa muito alegre, apesar de todo o meu sofrimento, pois eu sabia que o Senhor estava comigo.

Bom, gente, esse menino sou eu. 

Nossa Senhora nunca nos abandona; eu experimentei isso em minha vida. Deus me fez uma pessoa muito alegre, apesar de todo o meu sofrimento, pois eu sabia que o Senhor estava comigo. “Pois agora, força, Zorobabel, oráculo do SENHOR! Força, Josué, filho de Josedec! Força, povo todo do país! — oráculo do SENHOR. E mãos à obra, que eu estou convosco — oráculo do SENHOR dos exércitos. A palavra que vos dei quando saístes da terra do Egito e o meu espírito estão firmes no vosso meio, não tenhais medo!” (Ageu 2, 4-5).

Não se entregue ao sofrimento, Deus está com você! Você pode estar sem ninguém do seu lado, mas o Senhor está com você. Às vezes parece que Ele nos abandona, mas não, Ele está ali. No ponto em que você está hoje Ele está lhe falando: "Mãos à obra!". Confie no Senhor. Ele não quer que você fique lamuriando. Ele está lhe falando: "Mãos à obra!", o que você conseguir fazer, faça, pois Deus está com você, mesmo no sofrimento. O sofrimento vai nos purificando. O cano, mesmo enferrujado, quando a água passa é ele o primeiro a ficar molhado. Da mesma forma, quando você faz o bem para alguém, mesmo que você esteja sofrendo, o primeiro a ser atingido é você mesmo.

Hoje, com esses casos de pedofilia, muitos católicos estão com a abalada. Nós tempos de hoje, de sofrimento para o Papa, tantas coisas que ouvimos por aí e Santo Padre está firme na missão dele. Em meio a tudo isso Deus está falando para nós, como Igreja: "Mãos à obra! Eu estou com você". O Senhor não o julga pelo que você não consegue fazer, talvez hoje você consiga fazer pouca coisa, mas este pouquinho para  Ele é muito. Mãos à obra, vamos fazer a caridade, fazer o bem, vamos dar o melhor de nós mesmos.

Deus está o chamando a fazer o bem. Você é morada do Espírito Santo, Ele quer levar você a fazer o bem. Deus quer que você faça o bem sem olhar a quem. Mãos à obra, o Senhor está com você!

Muitas vezes, Deus o manda fazer coisas que você acha que não vai conseguir, mas você consegue, sim! O poder de Deus é muito maior que qualquer outra coisa. Nunca um homem e uma mulher são tão grandes como quando estão de joelhos


Detalhes


  • Animação Wendel
  • Palavra Ageu 2, 4-5
  • Esta é a história de um menino que tinha mais ou menos 12 anos, morava no interior e sofreu um acidente. Com hemorragia interna ele foi internado no hospital da cidade dele.
  • Ele estava com muita dor, até que o médico lhe disse que não poderia fazer a cirurgia ali e o enviaram para um outro hospital. Levaram o garoto para o Rio de Janeiro para ser operado. Aquele menino foi internado uma, duas, três... treze vezes e das trezes vezes passou por onze cirurgias.
  • Passados três meses o médico lhe deu alta. Ele pegou o ônibus no Rio de Janeiro e foi fazer uma surpresa para a família. Ele ia rever toda a família. Naquela madrugada ele, pensando em ir embora, fez a promessa, de durante uma semana, ir à Santa Missa sem faltar um dia.
  • Quando ele chegou em casa foi aquela festa. Às 6 da tarde ele lembrou da promessa, e foi um dia, dois, três, quatro e o grupo de jovens o convidou para participar do grupo. Foi ali a primeira vez que ele ouviu falar de Deus.
  • E a moça do grupo dizia: “Deus nunca abandona a gente, esse Deus tem um nome e o nome d'Ele é Jesus. Jesus tem uma Mãe e o nome dela é Maria. Ela está sempre conosco. Maria nunca nos abandona”
  • Nossa Senhora nunca nos abandona; eu experimentei isso em minha vida. Deus me fez uma pessoa muito alegre, apesar de todo o meu sofrimento, pois eu sabia que o Senhor estava comigo