O amor de Deus nos uniu

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Sylvio Henrique e Patricia Bastos - 04/10/2009 - código CD 25. 06239 DVD 26.06239

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600

Sylvio Henrique e Patricia Bastos

Deus nos criou para o amor, a nossa vocação é amar porque Ele é amor. Somos imagem e semelhança do Pai Não deixe a falta de perdão separar você e a sua esposa ,seja firme e forte na Palavra de Deus! Não podemos permitir que o diabo entre na nossa casa, que é um território santo Jesus, ao morrer na cruz, nos garantiu a vitória. Acredite nisso!


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 9:15 Hs. / Kairos Reconciliação


Conteudo da Pregação


Sylvio Henrique – Eu e Patrícia somos casados há 11 anos e estamos vivendo a presença sensível do amor de Deus todo esse tempo. Já experimentamos vários desafios no casamento, mas o Senhor não nos abandonou em nenhum momento. Por mais que muitas vezes estivéssemos inseguros, o Pai estava conosco.

Precisamos entender que a família é um projeto de Deus, não é uma convenção humana. Quando o Senhor olhou para mim, Ele disse: “Não é bom que o Sylvio fique só, vou lhe dar uma esposa”. E eu agradeço todo o dia pelo Pai ter colocado a Patrícia no meu caminho.

Jesus não precisava nascer em uma família, mas Deus assim quis para nos mostrar a importância e a santidade dela. Eu e Patrícia temos procurado, na nossa vida conjugal, viver aquilo que o Papa João Paulo II dizia: “a família é um templo sagrado”. E você, como tem vivido a dois? Se você pensa que tudo será sempre um mar de rosas quando encontrar a pessoa que Deus predestinou a você está errado. Temos a graça, mas também é luta. Pois sabemos que os cristãos lutam contra a maré. Na minha casa, nós não assistimos nem ouvimos nada que é profano! Jesus é o Senhor da minha casa e da minha família.

Deus nos criou para o amor, a nossa vocação é amar porque Ele é o amor. Somos imagem e semelhança do Pai. Quando nos convencemos disso, nos tornamos a cada dia missionários d'Ele. Você é fruto do amor de Deus, nasceu para amar!

Acorda! Você não nasceu para o ódio, para o rancor, mas sim para amar e reconciliar. Sua família é dimensão do amor de Deus. Abra a sua Bíblia em Gênesis 1, 26-31: “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.

E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento. E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi. E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto”. Podemos perceber nesta passagem o carinho de Deus: Ele preparou tudo para o homem e para mulher. Não deixe a falta de perdão separar você e a sua esposa. Pense que você é imagem e semelhança do Senhor e que nasceu para dar testemunho do amor d'Ele. Eu tenho um testemunho de vida muito interessante sobre isso, que vou deixar minha esposa contar.

Patricia de Andrade –Um dia o Sylvio chegou em casa queimando de febre. Ele passou no médico e descobriu que estava com tuberculose. Eu e meus filhos tivemos que fazer o exame para averiguar se também tínhamos a doença. Na hora, eu fiquei desesperada em pensar a dor que ele estava sentindo. Não tive medo da doença, mas, sim, medo de perdê-lo.

Neste momento, Deus tocou forte no meu coração que eu precisava ser a fortaleza da casa para dar alegria e esperança ao meu marido. E o Senhor me ajudou muito! Depois de seis meses, o Sylvio fez outro exame e descobriram que ele já tinha sido curado. Isso porque os médicos achavam que ia demorar cinco anos para curar!

Eu ajoelhei e rezei pelo meu marido, não o abandonei. É nessa hora que a gente mostra para a sociedade que quem nos uniu foi Deus! Não jogue tudo fora por causa de uma dificuldade. Não tenha medo, se você quer a cura, acredite nela. Sylvio Henrique – Precisamos amar com o amor de Deus, só Ele supera tudo! Como é triste ver hoje que, na mesma família, o esposo e a esposa competem entre si: quem tem o melhor trabalho, quem ganha mais, quem fala por último. O eu precisa desaparecer para dar lugar ao nós num casamento!

Nós sabemos que estamos vivendo num tempo de luta e de combate espiritual. O inimigo tem investido para destruir nossas famílias. Seja firme e forte na Palavra de Deus! Não podemos permitir que o Demônio entre na nossa casa, que é um território santo.

Jesus, ao morrer na cruz, nos garantiu a vitória. Acredite nisso! Se você crer, verá a Glória do Pai. Deus ama você e quer mudar a sua vida, basta que você se abra a Ele.


Detalhes


  • Eu, Sylvio Henrique e Patrícia somos casados há 11 anos
  • Jesus não precisava nascer em uma família, mas Deus assim quis para nos mostrar a importância e a santidade dela
  • Papa João Paulo II dizia: “a família é um templo sagrado”
  • Bíblia em Gênesis 1, 26-31:
  • Um dia o Sylvio chegou em casa queimando de febre. Ele passou no médico e descobriu que estava com tuberculose. Deus tocou forte no meu coração que eu precisava ser a fortaleza da casa para dar alegria e esperança ao meu marido. Depois de seis meses, o Sylvio fez outro exame e descobriram que ele já tinha sido curado. Isso porque os médicos achavam que ia demorar cinco anos para curar!.
Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas