Oração

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
"A oração é a mais poderosa arma para nos defendermos dos inimigos de nossa salvação" - São Carlos Borromeu



Participe do Acampamento de Oração "Nosso Deus é o Deus do impossível!"


A oração é a conversa com Deus. Rezar é um ato natural, um capítulo da antropologia, exatamente porque o ser humano tem uma abertura congênita para o transcendente, o divino. Rezar é também um ato de justiça para com nossa alma, pois a oração é expressão do espírito, do coração. É também um ato de justiça em relação a Deus. “Nele somos, vivemos e existimos” (Atos dos Apóstolos 17, 28).


A arte da oração consiste em que o orante se comunique com Deus, com os outros e com ele mesmo e, assim, faça grandes descobertas, encontre soluções e receba força interior. K Jung e V. Frankl são psicólogos que exaltam a importância e a eficácia da oração, sem a qual, as pessoas não se curam de suas neuroses. Eles sabem muito bem que a pessoa orante entra no nível alfa, frequência profunda do cérebro humano.


Índice

Por que devemos orar?

Assim como o amante sente a necessidade de expressar o seu amor à amada, assim também a criatura sente o desejo de expressar seus sentimentos ao Criador. Para o coração iluminado e para a mente esclarecida, a Palavra revelada tem um efeito incomparável e uma força indescritível, pois é a trilha espiritual, o caminho e o meio pelos quais o Criador deseja e pode ser contatado.


Qual é a grandeza da oração?

A oração não pode ser ligada somente no âmbito das necessidades e satisfações de caráter humano, caso contrário perde a sua imensa grandeza. Como a oração é a comunhão com as potências Celestes e orientada à glorificação de Deus, não è deste mundo. À base da oração deve imperar o desejo de fazer a vontade de Deus: "Todavia não seja feita a minha, mas a tua vontade" (Lc 22,42). A oração une a Deus, suporta o mundo, embeleza as almas, cancela as culpas, persevera nas tentações, defende na luta, consola nas penas, alimenta as alegrias espirituais e as delícias dos corações.


Qual é a eficácia da oração?

Os Evangelistas narram fatos prodigiosos acontecidos na Palestina; ou seja, de cegos, doentes, paralíticos que, com , suplicaram a Jesus e obtiveram a |cura. Se escuta ainda hoje as suas palavras: "Pedis e obtereis para que a vossa alegria seja total" (Gv 16,24).


É um convite à oração para aproximar-se a Ele, o médico divino, capaz de anular as nossas misérias, conceder a cura, encher de amor o coração e enviar a luz do Espírito Santo, necessária para a conversão e a salvação.


Sim, através da oração é possível experimentar a Potência de Deus e mudar em profundidade a vida, combater os pecados, as luxúrias, as paixões para nos tranformarmos em homens livres. São Boaventura afirma que com a oração se obtém a aquisição de todos os bens e a liberação de todos os males. São Bernardo acrescenta que Jesus sempre exaude as súplicas e pode substituir a graça pedida, quando ela seja incompativel com a justiça, com uma graça mais útil.


Por que necessitamos da oração?

Em um mundo onde imperam os ídolos do dinheiro, dos desejos, das concupiscências, do poder, da mentira, das injustiças, da prepotência, da incredulidade e do pecado, a oração é necessária para a salvação das almas. Para a alma, a oração é o único instrumento para pedir socorro a Deus, implorar a luz divina, pedir a força necessária para submeter às paixões e não ceder ao pecado.


É o mesmo Jesus que diz: "E’ necessário orar e orar sempre" (Lc 18,1). A oração obtém como dom a paz no coração, defende o coração do desejo, esclarece a mente quanto ao mal, permite descobrir os defeitos, os erros, as misérias. A oração cultiva a temperança, elimina a cólera, obstácula o orgulho faz voar a alma no horizonte de Deus.


Oração no Espírito Santo

"Na oração em línguas, quem ora em nós é o Espírito Santo. Não sabemos orar, então nos colocamos na presença de Deus e realizamos a nossa parte que é emitir os sons. Quem se põe diante de Deus por nós, como nosso advogado, é o Espírito Santo. Assim como um advogado sabe falar com o juiz, o Espírito Santo sabe falar com o Pai e com Jesus. Assim como um advogado, conhecendo bem sua situação e os riscos que você corre, emprega os termos corretos para defendê-lo, o Espírito Santo apresenta sua situação e, com palavras mais corretas, o defende diante de Deus. Essa é a atitude fundamental do intercessor.


Realmente, não sabemos como orar, mas o mesmo Espírito Santo intercede por nós com gemidos inefáveis. A palavra "inefável" é derivada de um verbo latino e quer dizer "aquilo que não se pode exprimir em palavras". São gemidos que não podemos traduzir, falar ou explicar, porque não são resultado da mente humana. É o próprio Espírito Santo orando em nós.


Somos intercessores por nossos próximos, mas o intercessor em nós é o Espírito Santo. Oremos no Espírito e oremos também com a inteligência. Nossa oração é essencial na intercessão, mas a oração em línguas se torna fundamental, porque é o próprio Espírito Santo de Deus orando em nós, e Ele sabe como fazê-lo".


Monsenhor Jonas Abib


As palavras dos santos sobre o poder da oração

"Quem não pede não recebe".

(Santa Teresa)


"Deus dá algumas graças, como o começo da fé, mesmo aos que não pedem; outras, como a perseverança, reservou para os que pedem".

(Santo Agostinho)


"Deus não quer dar-te logo o que pedes, para aprenderes a desejar com grande desejo".

(Santo Agostinho)


"A oração é a mais poderosa arma para nos defendermos dos inimigos de nossa salvação. Entre os meios que Jesus recomendou, deu primeiro lugar à oração".

(São Carlos Borromeu)


"São fortes as potências do inferno, entretanto, a oração é mais forte do que todos os demônios, porque nos consegue o auxílio divino".

(São Bernardo)


"A oração é âncora para os flutuantes, tesouro para os pobres, remédio para os doentes e preservativo para os sãos".

(São João Crisóstomo)


"Devemos nos esforçar por rezar no começo de todas as ações".

(São Lourenço)


Veja também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas