Prêmio Clara de Assis para a televisão

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Histórico

Staclara.jpg

O "Prêmio Clara de Assis para a Televisão" foi instituído, em 2005, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, coordenado pelo Setor de Comunicação Social da CNBB.

Ao instituir este prêmio, a CNBB quis estabelecer um espaço de diálogo da Igreja católica no Brasil com os profissionais da televisão brasileira e com a sociedade, bem como, favorecer a educação para uma leitura crítica da comunicação televisiva.

A iniciativa desta premiação veio ao encontro da necessidade de valorizar o trabalho de muitos diretores da televisão brasileira e de promover novos produtores que, com seu talento, ajudam na construção de uma sociedade fraterna e solidária.


Objetivos

Premiar produções nacionais que destaquem os valores humanos, sociais, políticos, cristãos e éticos, enquanto construção da cidadania e formadores de consciência.

Trabalhar a educação crítica da comunicação televisiva na família e no meio acadêmico, provocando uma discussão que reflita os ideais que promovem o ser humano e a construção de uma sociedade justa e solidária.



Por que o nome Santa Clara de Assis para o Prêmio Televisão?

Santa Clara nasceu em Assis, Itália, em 1193. Pertencia a uma nobre família, que se distinguia pelos valores humanos e cristãos. Sua mãe, certo dia, teve uma intuição, que teria uma filha que iluminaria o mundo e escolheu o nome de Clara que significa luz brilhante.

Clara destacou-se, desde cedo, pela caridade e respeito para com os pequenos, tanto que ao deparar-se com a pobreza evangélica vivida por Francisco de Assis foi tomada pelo irresistível apelo de segui-lo.

Quando decidiu responder ao chamado de Cristo para segui-lo como opção fundamental de vida, dedicando-se totalmente a Deus e aos irmãos, enfrentou a oposição da família, que pretendia arranjar-lhe um casamento que prometia uma vida abastada. Após ter refletido sobre sua opção de vida, aos 18 anos, Clara abandonou seus pais para seguir Jesus, radicalmente. Para isto foi ao encontro de São Francisco de Assis na Porciúncula e fundou o ramo feminino da Ordem Franciscana, também conhecido como Damas Pobres ou Irmãs Clarissas. Clara de Assis viveu na prática e no amor da mais estrita pobreza.

Quando aconteceu a invasão na cidade de Assis pelos sarracenos, Santa Clara apanhou o cálice com hóstias consagradas e enfrentou o chefe deles, dizendo que Jesus Cristo era mais forte do que eles. Os agressores, tomados por inexplicável pânico, fugiram. Por este milagre é que Santa Clara aparece nas imagens segurando o cálice na mão.

Um ano antes de sua morte, em 1253, impossibilitada de participar de forma presencial da Celebração Eucarística, sem sair do seu leito e sem intervenção técnica, essa Celebração foi projetada na parede do seu quarto. Por esse sinal miraculoso, o papa Pio XII, através de uma Carta apostólica, de 21 de agosto de 1958, a proclamou Padroeira da Televisão.

Veja outros

Prêmios de comunicação