Prêmio Dom Helder Câmara para a imprensa

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Histórico do Prêmio dom Hélder Câmara de Imprensa

Domhelder.jpg

O Prêmio Dom Hélder Câmara de Imprensa foi instituído pela Assessoria de Imprensa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em 2002, quando a CNBB celebrou os 50 anos de sua criação. Foi criado com o objetivo de premiar pessoas e trabalhos jornalísticos cujos objetivos coincidam com as propostas da Igreja no Brasil. Ao dar-lhe o nome de Dom Helder Câmara ao novo prêmio de comunicação da CNBB, a Assessoria de Imprensa quis prestar uma homenagem ao fundador da Conferência dos Bispos do Brasil, reconhecidamente um grande comunicador.

Por que o nome de Dom Hélder Câmara para o Prêmio Imprensa

Helder Pessoa Câmara nasceu em Fortaleza (CE), no dia 7 de fevereiro de 1909. Com 22 anos, no dia 15 de agosto de 1931, foi ordenado presbítero em Fortaleza. Em 1936, foi para o Rio de Janeiro e, no dia 20 de abril de 1952, foi ordenado bispo auxiliar do Rio de Janeiro. Ajudou a criar a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em 1952, e o Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), em 1955. Em 1956, fundou a Cruzada de São Sebastião cujo objetivo era construir morada digna para os favelados. Em 1959, fundou o Bando da Providência com o objetivo de atender os pobres. Teve atuação destacada durante o Concílio Vaticano II. Em 1964, torna-se arcebispo de Olinda-Recife (PE) até tornar-se emérito em 1985. Durante o regime militar no Brasil, dom Helder se destaca pela sua posição firme contra a ditadura. Empreendeu muitas viagens no exterior onde denunciava a tortura que se praticava no Brasil. A censura chegou a proibir a imprensa de publicar qualquer pronunciamento de dom Helder. Faleceu no dia 27 de agosto de 1999.


O troféu Dom Hélder Câmara de Imprensa

O troféu Dom Hélder Câmara de Imprensa traz a escultura de um cajado, símbolo do Pastor. Na Bíblia, a missão do Pastor é proteger e defender a vida das ovelhas, assegurar-lhes pastagem e matar-lhe a sede. O cajado é sua arma para afugentar tudo que ameaça as ovelhas. A Igreja tomou este símbolo para significar a missão do bispo, pastor do povo de Deus. Sua missão é cuidar anunciar a todos a vida trazida por Jesus Cristo.

Veja outros

Prêmios de comunicação