Quem como Deus?

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Pe Roger Luis – 17/09/2011 - código CD 25. 08131 DVD 26.08131

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600 ou shopping.cancaonova.com


Pe Roger Luis


São Miguel está ao nosso lado. Ele combate por nós. Diga ao seu irmão: “Você escapará!” Sim, meus irmãos, é verdade: São Miguel combate a nosso favor e nós escaparemos destes ataques do inimigo, pois o arcanjo do Deus Altíssimo tem lutado a nosso favor.

Local: Rincão . / Cachoeira Paulista.


Horário: 09:15 Hs. / Acampamento Quem como Deus


Conteúdo da Pregação


Em Jeremias 33,3 lemos o seguinte: “Clama por mim, que eu te ouvirei e te mostrarei coisas grandiosas e sublimes, que tu não conheces”.

Deus criou o céu e a terra. Ele criou o mundo visível. E também criou o mundo invisível, do qual pertence os anjos. Os anjos são os mensageiros de Deus. A palavra “anjo” significa exatamente isto: mensageiro.

Deus quis nos criar em Sua infinita misericórdia. Ele te quis! Deus te ama, meu irmão! Saiba que isto é o mais importante. Se outros te rejeitaram, saiba: o Senhor não te rejeitou.

Veja a beleza da harmonia da criação de Deus. Tudo Ele criou para que fosse revelado a nós o Seu grandioso amor. Nós somos participantes deste mistério da criação de Deus. Podemos encontrar os vestígios da Sabedoria de Deus em Suas obras. Ele fez tudo isso a partir de um nada. E criou tudo por amor.

Mas veja: a “Nova Era” tem suscitado esta mentalidade neo-pagã, na qual as pessoas "abraçam" uma árvore, se colocam sob uma pirâmide e acabam tratando as coisas criadas como se fossem Deus, pois aquilo tem uma “energia”.

Deus não é uma “energia”. Ele é uma pessoa! O intuito da “Nova Era” é despersonalizar a Deus. O objetivo é tratá-lo como uma “energia”, e não como uma pessoa. Deus é uma pessoa. E Ele veio ao mundo para nos salvar. Ele tem um nome. O nome sobre todo e qualquer outro nome: Jesus Cristo.

E Deus, neste mundo invisível, constituiu aos anjos como este exército celeste colocado a nosso favor para nos proteger. Reconheça que você não combate sozinho!

Os anjos receberam de Deus três missões: a primeira consiste em adorar constantemente a Deus. A segunda missão é a de executar os desígnios divinos. E a terceira incumbência consiste na proteção dos filhos de Deus. Os anjos nos protegem bem mais do que qualquer “cerca elétrica”.

Mas, é claro, esta proteção dos anjos é contra os nossos inimigos espirituais, pois vivemos num constante combate espiritual. Veja o que nos afirma o Salmo 91,11-12: “Pois ele dará ordem a seus anjos para te guardarem em todos os teus passos. Em suas mãos te levarão para que teu pé não tropece em nenhuma pedra”.

Vemos que esta revelação sobre os anjos, seres espirituais, tem seu fundamento na Palavra de Deus. E o Salmo 103,20 nos revela: “Bendizei o SENHOR, vós, seus anjos, heróis fortes que executais suas ordens, obedecendo sua palavra!”

Que maravilha percebermos que os anjos foram enviados por Deus para nossa proteção. Até mesmo as nações têm os seus anjos protetores. Lembra-se do Anjo de Portugal nas aparições em Fátima? Mas não é isto que a “Nova Era” quer transmitir. Ela quer trazer um ensinamento totalmente deturpado sobre os anjos, diferentemente do que nos ensina a Mãe Igreja. Aprenda que é a nossa oração ao nosso Anjo da Guarda que mantém e sustenta a sua missão de proteção em nossa vida. No início da criação, havia um anjo muito poderoso, o seu nome era Lúcifer, aquele que “porta a luz”. E que luz era esta? A luz de Deus, meus irmãos. Ele foi o primeiro entre os serafins. Ele era uma verdadeira maravilha dentro do mundo angélico. Este anjo era uma criatura de Deus. Uma obra-prima entre os demais anjos. E Deus criou este anjo de luz, temível, cheio de autoridade. Assim era este serafim chamado Lúcifer.

Em Ezequiel 28,12-15 vemos o seguinte: “Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras um modelo perfeito, cheio de sabedoria, a perfeita beleza. No Éden, no jardim de Deus te achavas. De todo tipo de pedras preciosas era o teu manto: cornalina, topázio, berilo, crisólito, ônix, jaspe, safira, granada e esmeralda. Teus engastes foram trabalhados em ouro, preparados no dia em que foste criado. Com um querubim protetor eu te havia colocado; estavas na montanha santa de Deus, faiscando entre pedras de fogo. Eras perfeito em tua conduta desde o dia em que foste criado, até se descobrir em ti a maldade”.

Mas Deus colocou os anjos criados à prova. Ele quis ver se os anjos, de fato, haveriam de corresponder a esta tríplice missão angelical. E Deus, em Seu propósito, decide enviar Seu amado Filho para encarnar-se entre os homens, ou seja, Deus assumiria a nossa carne. E esta foi uma prova de obediência para os anjos.

Diante disso, Lúcifer se revolta. Como poderia Deus unir-se à humanidade, assumindo sua natureza? O serafim Lúcifer não aceita dobrar-se diante de um homem, pois ele era um ser angélico, espiritual, perfeitíssimo. Ele não aceita isto. E por quê? Por soberba!

Santo Tomás de Aquino vai dizer que Lúcifer quis roubar para si a glória pertencente somente à Jesus Cristo. Lúcifer não quis submeter-se ao plano salvífico de Deus, ao Seu plano de amor. Veja: o serafim perfeito, reflexo da luz de Deus, não se submete. Ele se revolta contra Deus.

Também nós somos tentados todos os dias. Quantas vezes nós dizemos que não vamos aceitar este ensinamento da Igreja, esta ordem de Deus, porque somos “isso” ou somos “aquilo”?

Hoje Lúcifer não é mais este anjo “portador da luz”. Ele perdeu esta luz por causa de sua soberba e desobediência. Hoje ele é o príncipe deste mundo, Satanás. E saiba: ele continua tentando a você com doutrinas falsas. Ele quer, a qualquer custo, levar você para o caminho da desobediência, afastando sua vida do querer de Deus.

Mas, enquanto Lúcifer grita: “Eu não adorarei!”, eis que no Céu surge um outro grito: “Quem como Deus?”. Quem é este que grita e se prostra ante Deus? É Miguel, o arcanjo de Deus. Naquele momento de insubmissão por parte de Lúcifer, eis que se levanta Miguel e se reveste de justiça! E miríades e miríades de anjos são atingidas por este grito de São Miguel: “Quem como Deus?” Este é um brado de submissão, meus irmãos, um grito de abandono nas mãos do Pai.

Daniel 10,13-14 nos traz o seguinte: “Há vinte e um dias que o chefe do reino da Pérsia combate comigo, mas Miguel, um dos primeiros chefes, veio me ajudar. Pois eu o deixei lá, enfrentando o rei da Pérsia e vim explicar-te o que vai acontecer ao teu povo nos últimos dias, pois ainda existe uma visão para estes dias”.

Ore comigo: “Eu quero contar com o auxílio de São Miguel Arcanjo para que ele proteja a mim e a minha família. Que São Miguel e seu exército de anjos possam combater por mim a meu favor. Eu não quero ceder às falsas doutrinas”.

Em Daniel 12,1 vemos o seguinte: “Naquele dia vai prevalecer Miguel, o grande comandante, sempre de pé ao lado do teu povo. Será hora de grandes apertos, tais como jamais houve, desde que as nações começaram a existir até o tempo atual. Só escapará, então, quem for do teu povo, quem tiver seu nome inscrito no livro”.

São Miguel está ao nosso lado. Ele combate por nós. Diga ao seu irmão: “Você escapará!” Sim, meus irmãos, é verdade: São Miguel combate a nosso favor e nós escaparemos destes ataques do inimigo, pois o arcanjo do Deus Altíssimo tem lutado a nosso favor. E, para terminar esta pregação, pegue comigo em sua Bíblia o capítulo 12 do livro do Apocalipse:

Então apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida com o sol, tendo a lua debaixo dos pés e, sobre a cabeça, uma coroa de doze estrelas. Estava grávida e gritava em dores de parto, atormentada para dar à luz. Então apareceu outro sinal no céu: um grande Dragão, avermelhado como fogo. Tinha sete cabeças e dez chifres e, sobre as cabeças, sete diademas. Com a cauda, varreu a terça parte das estrelas do céu, atirando-as sobre a terra. O Dragão parou diante da Mulher que estava para dar à luz, pronto para devorar o seu Filho, logo que ela o desse à luz. E ela deu à luz um filho homem, que veio para governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o filho foi levado para junto de Deus e do seu trono. A mulher fugiu para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um lugar, para que aí fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias. Houve então uma batalha no céu: Miguel e seus anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão lutou, juntamente com os seus anjos, mas foi derrotado; e eles perderam seu lugar no céu. Assim foi expulso o grande Dragão, a antiga Serpente, que é chamado Diabo e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Ele foi expulso para a terra, e os seus anjos foram expulsos com ele. Ouvi então uma voz forte no céu, proclamando: “Agora realizou-se a salvação, a força e a realeza do nosso Deus, e o poder do seu Cristo. Porque foi expulso o acusador dos nossos irmãos, aquele que os acusava dia e noite perante nosso Deus. Eles venceram o Dragão pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu próprio testemunho, pois não se apegaram à vida: até deixaram-se matar. Por isso, alegra-te, ó céu, e todos os que nele habitais. Mas ai da terra e do mar, porque o Diabo desceu para o meio de vós e está cheio de grande furor; pois sabe que lhe resta pouco tempo”. Quando viu que tinha sido expulso para a terra, o Dragão começou a perseguir a Mulher que tinha dado à luz o menino. Mas a Mulher recebeu as duas asas da grande águia e voou para o deserto, para o lugar onde é alimentada, por um tempo, dois tempos e meio tempo, bem longe da Serpente. A Serpente, então, vomitou como um rio de água atrás da Mulher, a fim de a submergir. A terra, porém, veio em socorro da Mulher: abriu a boca e engoliu o rio que o Dragão tinha vomitado. Cheio de raiva por causa da Mulher, o Dragão começou a combater o resto dos filhos dela, os que observam os mandamentos de Deus e guardam o testemunho de Jesus. E pôs-se em pé na praia do mar.

Meus irmãos, nós não estamos sozinhos neste combate. Tome posse desta realidade. Não tenha medo! “Quem como Deus?” O Senhor enviou São Miguel para proteger a você e sua família. Creia nisso. São Miguel é o nosso protetor. E também é colocado por Deus como protetor e defensor da Igreja Católica Apostólica Romana.



Detalhes


  • Palavra Daniel 10,13-14, Daniel 12,1, Ezequiel 28,12-15, Salmo 91,11-12, Salmo 103, 20, Apocalipse 12
  • Mas veja: a “Nova Era” tem suscitado esta mentalidade neo-pagã, na qual as pessoas "abraçam" uma árvore, se colocam sob uma pirâmide e acabam tratando as coisas criadas como se fossem Deus, pois aquilo tem uma “energia”.
  • Hoje Lúcifer não é mais este anjo “portador da luz”. Ele perdeu esta luz por causa de sua soberba e desobediência. Hoje ele é o príncipe deste mundo, Satanás.
  • E saiba: ele continua tentando a você com doutrinas falsas. Ele quer, a qualquer custo, levar você para o caminho da desobediência, afastando sua vida do querer de Deus.
  • Meus irmãos, nós não estamos sozinhos neste combate. Tome posse desta realidade. Não tenha medo! “Quem como Deus?”
  • O Senhor enviou São Miguel para proteger a você e sua família. Creia nisso. São Miguel é o nosso protetor. E também é colocado por Deus como protetor e defensor da Igreja Católica Apostólica Romana.