Semear no Reino de Deus

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre Léo - 17/07/2005 - código CD 25.02842 DVD 26.02842

Adquira esta Pregação

Nesta Pregação, Padre Léo, vai nos dizer, que nada nessa vida pode nos condenar, nem mesmo o encardido, a não ser os nossos pecados, quando não assumimos Deus como senhor da nossa vida, pois quando assumimos Deus e mudamos nossa vida de forma verdadeira, nada mais pode nos condenar e nos afastar de Cristo Jesus.


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 14:30 Hs. / Acampamento de Cura e Libertação.


Conteúdo da Pregação


Vamos tentar resumir numa frase, a liturgia dessa tarde, por que ela resume e evidência aquilo que Deus nos falou e fez em nós e através de nós nesse Acampamento, o senhor bondoso, clemente, fiel, compassivo, é um Deus que quer semear, essa é uma palavra forte nessa liturgia hoje, semear o seu reino no coração e na vida de cada um de nós, nesse trecho lindo do Evangelho, que poderia ser compreendido como continuação do Evangelho do domingo passado, a parábola do semeador que esta no capitulo 13 de Mateus, de modo especial essas parábolas que acabamos de ouvir, nós temos o grande segredo do cristianismo, aquilo que faz o cristianismo, uma religião única, uma religião revolucionária, e que infelizmente muitos dos cristãos não compreenderam, se você observar, todas as outras grandes religiões, Islamismo, Budismo, o próprio Judaísmo, Bramanismo, as grandes Religiões, as grandes correntes religiosas, todas elas ensinam o que o ser humano precisa fazer, para chegar na divindade, todas elas ensinam isso, tanto que por exemplo, que os seguidores do budismo, que associaram na modernidade o espiritismo, vão falar da reencarnação, como o Budista fala da transmigração de almas, vai passando vários estágios até chegar lá, o induísmo acredita tanto nisso, que chega a adorar a vaca, por que para ele a vaca é o último estágio, antes de se perder completamente na divindade, enfim, todas as religiões ensinam como fazer para que o ser humano saia do humano, e chegue no divino, menos o cristianismo, você teria coragem de fazer as comparações que Jesus fez do reino de Deus? Ai nos entendemos o por que, nem Maomé, nem cigada maltama o buda, nenhum fundador de religião teve coragem de fazer isso, e claro que jamais teria, por um motivo muito simples, nenhum deles era Deus, só Deus pode se fazer tão pequeno, ao contrário dessas correntes religiosas todas, que são caminhos de sair da terra, para chegar no céu, Jesus veio inaugurar o modelo, aonde o céu chega na terra, que coisa espetacular.

Cristianismo é o caminho usado por Deus, para se fazer gente, a verdade fundamental do cristianismo, a revolucionária verdade do cristianismo, que nós rezamos todos os dias, quando rezamos o ângelus do senhor, o verbo de Deus se fez gente e habitou entre nós, gente, essas comparações no evangelho de hoje, e tantas outras que Jesus fez, se ele não tivesse feito, você acha que a Igreja teria coragem de inventar? O reino dos Céus é semelhante a um pai de família que semeou a semente do trigo no seu campo, o reino dos Céus é igual a um Homem que semeou um grão de mostarda, mostarda parece até um tempero insignificante, ao menos para a nossa cultura, que é uma sementinha de nada, parece uma sementinha de trigo, que a árvore fica de um tamanho bom, não tão grande, os passarinho vão até fazer ninho nela, não vão pensar que Jesus falou que é a maior árvore, não vão pensar que é maior que um eucalipto, maior que as outras hortaliças, não exagera também! Não vai pensar que é uma mostarda de ITU, olha lá, os donos da mostarda lá! Jesus diz, o reino dos Céus, as senhoras não precisam ficar chupando o dedo, senão vão pensar o reino dos Céus é igual ao homem que semeia, para evitar essa ciumeira que é igual entre as senhoras, vocês não gostaram da comparação de Jesus? Não? O reino dos Céus é semelhante a uma mulher que coloca fermento na massa, aquelas que sabem fazer bolo e pão, senão não se compara, com é que Jesus pode comparar coisa tão grande com coisa tão pequena? Pensa, o reino dos Céus, o reino do Céu é grande, é a casa de Deus! O reino do céu se compara ao o quê mesmo? ao fermento, a mulher, preste atenção! o bonito da comparação não é nem a pequenez do fermento, o reino do céu é como uma semente de mostarda, que um homem pega e semeia no seu campo, o reino do céu é como uma semente, o reino do céu é como o fermento que uma mulher pega, e mistura com três porções, dá até a quantidade, se a senhora não sabia, agora já está sabendo como fazer! Com três porções de farinha, até que fique tudo fermentado, não é o fermento isolado que é comparado ao reino de Deus, não é a semente de mostarda isolada que é comparada ao reino de Deus, mas é o gesto, o ato do ser humano, e aqui veja, para não ter ciúmes mesmo, masculino e feminino, qual é a outra religião que prega a igualdade de comparação com o reino, de que o cristianismo, e principalmente o catolicismo? que coisa estupenda! Aliás, o que mais impressiona em Jesus é isso, Jesus é capaz, olhe, hoje não tem flor aqui! a tá lá para trás, já ia ficar louco não ter flor, Jesus é capaz de olhar para essa flor, para essa vela, para o plano desse altar, para essa mesinha e para cada um de nós, e estabelecer ali, um vinculo com o Reino de Deus, gente, como que Deus tão grande, com o infinito do seu reino, pode se fazer tão pequeno? Com um único objetivo, caber dentro do nosso coração.

Um repórter saiu fazendo uma pesquisa, Quem é Deus para você? e ele foi entrevistando muita gente, e ai falaram para ele, ali naquela cidade, tinha um Diácono teólogo, um senhor já de idade, casado, pai de família, um homem que era uma sumidade, um Homem que sabia tudo a respeito de Deus, doutor em Deus, então ele foi até aquele senhor, tava lá a família esperando na sala, tomaram até banho para poder dá entrevista, para gravar, ai o repórter perguntou para ele, senhor pastor, grande Diácono, para o senhor, quem é Deus? O homem ficou de pé, para falar da divindade, é preciso a intonação correta, Deus é o espirito perfeitíssimo e eterno, criador do céu e da terra, criador das coisas visíveis e invisíveis, Deus é o principio que tudo move, mas não é movido por nada, nem por ninguém, Deus é um conceito que extrapola os parâmetros da lógica formal, por que na sua eminência, Deus é transcendente, e na sua transcendência, Deus é perpetuo e continuamente, por que movimenta tudo, o Homem ficou impressionado, que coisa, eu não imaginava que Deus era tanto assim, e tem mais ainda, a não precisa de mais não, para quebrar aquele clima, o repórter brincou com o molequinho de sete ou oito anos, para você quem é Deus, ele respondeu, Deus é tão grande que nem meu avó consegue explicar direito, mas é tão pequenininho, que cabe inteiro no meu coração! ( Palmas), É isso que Jesus vem ensinar hoje. Gente, não fique procurando Deus nas coisas extraordinárias, o povo gosta de coisa extraordinária né? Há, lá não sei onde, cortaram uma bananeira, e o talo da bananeira é nossa senhora igualzinho, já vai que é a fila da nossa senhora da bananeira, já vai ter gente vendendo bananinha com o formato de nossa senhora, já começa ater procissão, já começa a ter milagres.

Rebentou uma pedra não sei onde, e você olhando forçado, você ver o que você quiser, parece a ponta da asa do Espírito Santo, pronto, já começa a manifestação, vi falar então que o sol para, lá no Ceará, o povo foi lá no Canindé, teve gente que ficou quase cego em olhar para o sol, falava que o sol parava, disseram, meio dia fica olhando para o sol, Gente, se você ficar olhando para o sol, você ver nossa senhora andando de bicicleta, e depois fica cego, isso é um absurdo, Deus, não é um Deus espalhafatoso.

O católico não precisa ir fazer o caminho de compostela para encontrar Deus, o católico traz Deus dentro do seu coração!

Hoje nos grupos de oração se planta bananeira no Espirito Santo, mas não traz Deus para dentro de casa, saiba que lavando o vaso sanitário, você pode estar rezando.

Tenho na minha casa vinte e dois pés de flamboyant, que eu trouxe da casa da minha irmã Zanete, sementes, levei as árvores no meu bolso, o reino de Deus é como aquela moça que está digitando no computador.

Você não é maquina não, você não nasceu para produção não, você é gente, você é ser humano, humana é aquele que tem fraqueza.

Aos teus filhos destes a confortadora esperança, o espírito santo vem em auxilio a nossa fraqueza, com gemidos inefáveis.

Eu pensava que Deus gostava de quem é forte, neste versículo eu descobri sozinho, que Deus gosta de quem é fraco! Mas se Deus não é fraco, por que ele escolhe o pior, por que Deus transforma os piores, nos melhores, este é o segredo.

O mundo gosta de mim e de você, do mesmo modo que ele gosta de papel higiênico, tenho pesquisado muito sobre o papel higiênico, o papel é bicho mais orgulhoso que já vi, no carrinho ele vem com o bracinho de fora, ele vem em cima todo charmoso, chegando na sua casa ele tem um gurda roupa só para ele, e dali ele vai para o trono, tem alguns que tem até umas portinhas só para ele, ele vem picotado, essa ainda é uma parte que continuo pesquisando, por que um picote tão pequeno, quem picotou ele daquele tamanho? não dá nem para limpar o nariz, ai vem a grande hora, depois que usa, joga fora, na lata do lixo, e tem gente que nem dobra, ele depois de usado, vai para o lixo e com o carimbo para cima, você tem nojo do próprio carimbo. Não seja papel higiênico usado, o inimigo de Deus quer usa-lo e joga-lo no lixo, Sacerdotes, seminaristas, mães, pais, jovens, cuidado!

Eu vi na Tv, um Homem que foi se dobrando todo para entrar numa caixa, que coisa medonha, é isso que o encardido que fazer comigo e com você, nos dobrar e jogar nos no lixo. A graça de Deus veio ao encontro da minha fraqueza, por melhor que seja o rotulo ele cai.

No final do evangelho de hoje, versículo 37, nos convida a ser uma boa semente(semente do reino), aquele que semeia a boa semente, este é o que pertence ao reino de Deus, saiba que você tem muitos dons, você é sal da terra, você é luz do mundo, semente do reino de Deus!

A palavra de Deus não fala que nos viremos a ser, a palavra de Deus fala que você é, Jesus jamais se afastou da graça de Deus, nos podemos reler a nossa história em Deus, precisamos saber que a nossa história é sagrada, hoje Jesus quer a sua história, saiba que a sua história é sagrada, fale para a pessoa que está do seu lado, a sua história é sagrada.

Ache na Bíblia um caso que Deus escolheu os melhores, ele escolhe sempre os piores assim como eu Padre Léo, eu falo isso de cadeira, se há uma coisa que eu sou forte é na pequenez!

Deus é cômico, ele ri da gente, escolheu Abraão de Cem anos, Sara com noventa anos, ele escolhe a rapa do tacho, Abraão nem podia falar minha nossa senhora, pois ela ainda não era nascida, e nem conhecida ainda, Deus disse, sai de tua terra, nem falou para Abraão deveria ir, o pai não foi capaz de deixar morrer o filho Isaac de Abraão, mas deixou que o seu filho morresse para nos salvar.

Eles se perguntavam se podia vir alguma coisa boa, que prestasse de Nazaré, claro que sim, veio Maria de Nazaré, a Mãe de Jesus, precisamos saber que a nossa fraqueza não é obstáculo, a pior fraqueza sua é os obstáculos, nenhum pecado seu, por pior que seja, pode condenar você, o que te condena é não acreditar na misericórdia de Deus, por isso deixe o reino de Deus se instaurar no seu coração.


Detalhes


  • Animação: Karina.
  • Padre Léo ensina como fazer arroz, fala que aprendeu a fazer arroz com sua mãe.
  • Fala das pessoas que plantam bananeira no Espirito.
  • Humano é aquele que tem fraqueza.
  • Fala sobre a loja daslu.
  • Fomos treinados para escolher o melhor.
  • Quando nos deparamos com as nossas fraquezas, nos escondemos quem somos, colocamos máscaras.
  • As pessoas gostam da gente do mesmo modo que gostam de papel higiênico.
  • Padre fala que nós não nascemos para ir para o lixo.
  • Quando vamos para o lixo, o cristo que está em nós vai junto.
  • Padre fala que Deus é um humorista.
  • Padre Léo fala sobre o pelicano.