Sofrer sem nunca deixar de amar

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Pe Severino - 20/06/2010 - código CD 25. 06923 DVD 26. 06923

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600


Pe Severino


Ser discípulo é ser alguém que foi cultivado pelo Mestre. E junto com o Mestre é chamado a seguir, na perseverança e no amor. E quando chegar as tribulações saberemos quem é o Senhor e permanecemos.


Local: Rincão do meu Senhor / Cachoeira Paulista.


Horário: 14:00 Hs. / Encontro da Comunidade da Obra de Maria


Conteudo da Pregação


Certo dia, Jesus estava rezando num lugar retirado, e os discípulos estavam com ele. Então Jesus perguntou-lhes: “Quem diz o povo que eu sou?” Eles responderam: “Uns dizem que és João Batista; outros, que és Elias; mas outros acham que és algum dos antigos profetas que ressuscitou”. Mas Jesus perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?”

Pedro respondeu: “O Cristo de Deus”. Mas Jesus proibiu-lhes severamente que contassem isso a alguém. E acrescentou: “O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia”. Depois Jesus disse a todos: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia, e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará. (Lucas 9,18-24)

A ordem do Espírito Santo é que assemelhamos ao Cristo. Precisamos saber quem é o Cristo, para imitar-lo.

Ser discípulo é ser alguém que foi cultivado pelo Mestre. E junto com o Mestre é chamado a seguir, na perseverança e no amor. E quando chegar as tribulações saberemos quem é o Senhor e permanecemos.

As vezes sofrer é a única forma de amar, ter é ter a certeza que o sofrimento não é maior, nem a última palavra. A cruz não é o ponto chegada, mas o ponto de partida


Detalhes


  • Palavra 1º Leitura Zacarias 12, 10-11, 13,1, Salmo 62, 2º leitura Gálatas 3, 26-29, Evangelho Lucas 9,18-24
  • A ordem do Espírito Santo é que assemelhamos ao Cristo. Precisamos saber quem é o Cristo, para imitar-lo.
  • As vezes sofrer é a única forma de amar, ter fé é ter a certeza que o sofrimento não é maior, nem a última palavra.
  • A cruz não é o ponto chegada, mas o ponto de partida