Superar as provações com alegria

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Pe Fabrício - 15/02/2010 - código CD 25. 06616 DVD 26. 06616

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600 ou shopping.cancaonova.com


Pe Fabrício


Não há como perseverarmos se não conseguirmos ouvir a vontade de Deus. É neste momento que vemos cristãos se perdendo na moda do mundo, na vida fácil. Nesta tarde, São Tiago nos convida a andar sobre as ondas agitadas das nossas vidas. Hoje temos de ser como os surfistas que vêem a 'onda' dos problemas e passam por cima dela. E mesmo depois da onda, ele permanece em pé, em cima da prancha..


Local: Centro de Evangelização Dom João Hipolito de Morais / Cachoeira Paulista.


Horário: 16:00Hs. / Acampamento de Carnaval


Conteudo da Pregação


A carta de São Tiago fala da nossa vida de Cristão: "Meus irmãos, quando deveis passar por diversas provações, considerai isso motivo de grande alegria, por saberdes que a comprovação da produz em vós a perseverança. Mas é preciso que a perseverança gere uma obra de perfeição, para que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma" (Tiago 1,2-4).

Quando escutamos a Primeira Leitura, percebemos que São Tiago não nos ensina a abraçar a provação; ele nos fala que o cristão que passa por sofrimento encontra a felicidade. Não estamos treinados a viver com a alegria do Senhor; ficamos esperando que o sofrimento acabe para podermos sorrir, mas precisamos enfrentar a realidade da vida, não com cabeça baixa, triste, mal humorado. Muitas pessoas ficam se fazendo de "coitadinho", mas São Tiago nos ensina que é preciso permanecer firme na provação, pois é ela que amadurece a nossa . Não podemos entrar nesta moda de não aceitar o sofrimento.

Da tentação você tem de fugir, mas na provação, permaneça. "Se a alguém de vós falta sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem impor condições; e ela lhe será dada. Mas peça com , sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não pense tal pessoa que receberá alguma coisa do Senhor: o homem de duas almas é inconstante em todos os seus caminhos"(Tiago 1,2-4).

Para perseverar é preciso ter a coragem de não fugir dos problemas. Não adianta você vir na Canção Nova para fugir, porque aqui nós vamos colocar o dedo na sua ferida para curar você. É preciso que a nossa perseverança gere conversão.

Qual a diferença de uma perseverança burra para uma perseverança inteligente? São os frutos. Se você vem para a Igreja e se torna um chato, implicando com todos, de nada adianta. Já a perseverança inteligente gera conversão A Palavra de Deus nos fala que se pedirmos sabedoria ao Senhor, Ele nos irá concedê-la. "Se a alguém de vós falta sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem impor condições; e ela lhe será dada. Mas peça com , sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não pense tal pessoa que receberá alguma coisa do Senhor: o homem de duas almas é inconstante em todos os seus caminhos”. Assim como vimos o testemunho da Eliana Ribeiro, Deus só interveio quando ela pediu Sua intervenção".

Não há como perseverarmos se não conseguirmos ouvir a vontade de Deus. É neste momento que vemos cristãos se perdendo na moda do mundo, na vida fácil.

Nesta tarde, São Tiago nos convida a andar sobre as ondas agitadas das nossas vidas. Hoje temos de ser como os surfistas que vêem a 'onda' dos problemas e passam por cima dela. E mesmo depois da onda, ele permanece em pé, em cima da prancha.

São Tiago está nos ensinando que, como surfistas, devemos nos encher de alegria depois da provação. Assim como se alegra um surfista depois de uma grande onda. Sabe por que você tem medo e não consegue viver as grandes provações? Porque não é capaz nem de viver as pequenas. Com Jesus você vai aprender a sofrer, porque em Sua Igrejasofrimento, há provação.

Respirar fundo, ou seja, esperar um pouco, é o tempo que você precisa para administrar as provações, para não murmurar. Muitas vezes, somos bobos e esperamos o mar das tribulações parar para sermos felizes. Não espere a provação acabar para ser feliz. Seja feliz agora, tenha a coragem de andar sobre a água agitada


Detalhes



  • Palavra 1º leitura Tiago 1,12-18 Salmo 93 Evangelho Marcos 8,14-21
  • Quando escutamos a Primeira Leitura, percebemos que São Tiago não nos ensina a abraçar a provação; ele nos fala que o cristão que passa por sofrimento encontra a felicidade.
  • Não estamos treinados a viver com a alegria do Senhor; ficamos esperando que o sofrimento acabe para podermos sorrir, mas precisamos enfrentar a realidade da vida, não com cabeça baixa, triste, mal humorado.
  • Muitas pessoas ficam se fazendo de "coitadinho", mas São Tiago nos ensina que é preciso permanecer firme na provação, pois é ela que amadurece a nossa fé. Não podemos entrar nesta moda de não aceitar o sofrimento.
  • Não há como perseverarmos se não conseguirmos ouvir a vontade de Deus. É neste momento que vemos cristãos se perdendo na moda do mundo, na vida fácil.
  • Respirar fundo, ou seja, esperar um pouco, é o tempo que você precisa para administrar as provações, para não murmurar.
  • Muitas vezes, somos bobos e esperamos o mar das tribulações parar para sermos felizes. Não espere a provação acabar para ser feliz. Seja feliz agora, tenha a coragem de andar sobre a água agitada
  • Cartas universais: não foram cartas escritas para uma determinada pessoa ou comunidade e sim escritas para todos os cristãos. A primeira é a carta de São Tiago. Então ela foi escrita para mim e para você.
  • Quem está passando por provações? “Quando tiverdes de passar por diversas provações, considerai isto motivo de grande alegria”.
  • Essa carta não quer nos ensinar a criarmos estratégias para fugir das provações. Não quer fazer brotar dentro de você: pare de sofrer!
  • Quando entramos na Igreja e vemos a cruz, seria uma incoerência se existisse um letreiro dizendo: pare de sofrer.
  • São Tiago está colocando junto, no mesmo lugar, provações e alegria. Quando eu me comprometo a ser um cristão de verdade, é possível fazer essa mistura. O cristão que passa por provações tem grande alegria.
  • Como são as nossas reações quando estamos passando por algum problema? Primeira coisa: cabeça baixa. Ombro caído. “Bico” grande. Mau humor que acaba com qualquer um. Nós não estamos nos treinando para enfrentar a vida de verdade com a alegria do Senhor. A gente fica esperando ter uma vida tranqüila, sem problema. A gente fica esperando parar de sofrer para poder sorrir. Tem cristão que não consegue enfrentar a realidade da vida.
  • “pois sabeis que a prova da fé produz em vós a perseverança...”. Por que eu não persevero? Fazemos um monte de metas, propósitos, ano a ano... e não cumprimos. Porque é só a provação começar a caminhar na nossa direção que corremos!
  • O que vai amadurecer a nossa fé é justamente passar pela provação. É preciso ter a coragem de misturar a provação com alegria.
  • Provação é necessária ao crescimento do homem interior em vista de uma virtude comprovada. Tentação é aquilo que leva ao pecado e a morte. Da tentação temos que fugir. Mas a provação é necessária. Não devemos fugir da dificuldade.
  • Quem abraça a provação, quem enfrenta a situação e passa pela comprovação da sua fé é quem persevera. Precisamos ter a coragem de não fugir dos nossos problemas. Existem diversas formas de fugir da realidade... É preciso agüentar firme, até o fim!
  • “mas é preciso que a perseverança gere uma obra de perfeição para que vos torneis perfeitos e íntegros, sem falta ou deficiência alguma.” É preciso que a nossa perseverança gere conversão.
  • Quais são os frutos da sua perseverança? Deve ser uma obra de perfeição. E isso começa pela conversão. Não basta perseverar, é preciso se converter. Tem gente que piora dentro da Igreja. Isso não é perseverança verdadeira.
  • “se a alguém de vós falta sabedoria, peça-a a Deus, que a concede generosamente a todos, sem impor condições e ela lhe será concedida. Mas peça com fé, sem duvidar, porque aquele que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento.”
  • Precisamos reconhecer que estamos no mar, agitados por ondas violentas, com problemas e provações, que vão destruindo a nossa fé, a nossa alegria. Mas nós podemos pedir a Deus!
  • mas não pense tal pessoa que receberá alguma coisa do Senhor. O homem de duas almas é inconstante em todos os seus caminhos.” Por que não somos perseverantes? Porque somos inconstantes na nossa experiência de fé. Porque não fomos nos acostumando a nos misturar com as coisas de Deus.
  • É falsa a perseverança que não leva em conta que nós temos que aprender a fazer a vontade do Senhor. É preciso ter a coragem de andar sobre as ondas do mar agitado da nossa vida. E não deixar ser pego pelas “ondas”: onda da moda, da promiscuidade, do consumismo, da vida fácil... Temos que aprender a ficar de pé nas ondas de problemas da nossa vida ao invés de se sentir um coitadinho. É preciso treinar nas pequenas ondas do dia a dia.
  • É preciso aprender com Jesus a passar pelas provações. Respirar fundo para não se afogar quando vierem as ondas. E para respirar fundo é preciso fechar a boca. Imagine em uma situação de provação na sua casa, numa discussão com a sua família, se você fica alguns segundos com a boca fechada, respira fundo e não profere palavras de ódio, xingamentos..., você pode evitar muito sofrimento dentro de casa. Respire fundo! Se acalme! Pense melhor!
  • As provações nunca acabarão. As ondas nunca cessarão. Não espere, portanto que a sua vida se acalme para você ser feliz. Que seus problemas acabem para que você possa ser feliz.