Vamos Rezar pelos sacerdotes

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Pe Bruno – 18/10/2009 - código CD 25.06285 DVD 26.06285

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600 ou shopping.cancaonova.com

Pe Bruno

Ser padre não é viver uma profissão, mas é ser um outro Cristo. Ser padre é uma missão árdua que precisa ser compreendida por cada um de nós. Temos que rezar para que nossa igreja tenha mais vocações sacerdotais, é através de Cristo no padre que acontece a comunhão. .

Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 08:20 Hs. / Kairos Ssacerdotal


Conteudo da Pregação


Neste Ano Sacerdotal precisamos vivenciar o que está no coração do Papa em relação ao sacerdote. O sacerdote é um outro Cristo. Nós trazemos em nós o pecado original, mas Jesus ao morrer na cruz nos deu a salvação, a graça de sermos filhos de Deus. Temos a salvação em cada um de nós. Por isso precisamos lutar para não pecar.

O padre é um homem normal como qualquer outro, mas por escolha de Deus, se tornou sacerdote. É escolha do alto. Quando Deus me chamou e eu pedi a Ele a certeza do chamado, e Deus me deu uma Palavra: “Pedro começou a dizer-lhe: ‘Eis que deixamos tudo e te seguimos.’ Respondeu-lhe Jesus. ‘Em verdade vos digo: ninguém há que tenha deixado casa ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por causa de mim e por causa do Evangelho que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, com perseguições e no século vindouro a vida eterna’” (Marcos 10, 28-30).

Ser padre não é viver uma profissão, mas é ser um outro Cristo. Não existe coisa pior para um padre do que depois de domingo todos irem para a casa após a missa e ele ficar sozinho. Quantas vezes você já chamou um padre para jantar na sua casa? O ano sacerdotal precisa levantar em nós a graça de entender o que é a pessoa do sacerdote. É in persona Christi que efetuamos nosso ministério. Não podemos olhar para o homem, mas para Aquele que age no homem.

Temos que rezar para que tenha mais vocações sacerdotais, é através de Cristo no padre que acontece a comunhão.

Eu preciso entender e viver que, sem Jesus eu não sou nada. Quando eu coloco as mãos sob as pessoas eu preciso agir in persona Christi.

Não é fácil ser padre nos tempos de hoje. Falar no nome de Jesus hoje está difícil, mas vamos nos calar? Não! Que nós possamos acordar e levantar uma nova geração de padres. Ajude-nos a vivenciar aquilo que pregamos, seja amigo do padre. Eu não planejei ser padre, é escolha de Deus.

No momento que você entra no confessionário, não olhe para o homem que está lhe atendendo, mas para Jesus que habita nele, e acredite na autoridade dada a ele na ordenação e isso basta.

Ser padre é uma missão árdua que precisa ser compreendida por cada um de nós. Vamos fazer um novo na nossa vida, na entrega, para que nossa vocação possa ser plena, para que os padres vivam cada vez mais a santidade. Para que homens e mulheres acordem e vejam que o sacerdote age in persona Christi.

Eu sou um homem realizado no meu sacerdote. Sou feliz!


Detalhes


  • O sacerdote é um outro Cristo.
  • O padre é um homem normal como qualquer outro, mas por escolha de Deus, se tornou sacerdote. É escolha do alto.
  • Quando Deus me chamou e eu pedi a Ele a certeza do chamado, e Deus me deu uma Palavra:
  • ”Pedro começou a dizer-lhe: ‘Eis que deixamos tudo e te seguimos.’ Respondeu-lhe Jesus. ‘Em verdade vos digo: ninguém há que tenha deixado casa ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por causa de mim e por causa do Evangelho que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, com perseguições e no século vindouro a vida eterna’” (Marcos 10, 28-30).
  • Não é fácil ser padre nos tempos de hoje. Falar no nome de Jesus hoje está difícil, mas vamos nos calar? Não!
  • Ser padre é uma missão árdua que precisa ser compreendida por cada um de nós.
  • Eu sou um homem realizado no meu sacerdote. Sou feliz!