Vou curar-lhes as feridas

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa

Padre Léo - 16/07/2005 - código CD 25.02837

Nesta pregação, Padre Léo nos apresenta os meios que temos de verdadeiramente alcançarmos a cura interior, que se dá de forma concreta, através de nossas atitudes, onde não devemos deixar para Deus, aquilo que cabe a cada um de nós fazer. E finaliza com um momento forte de cura interir.

Local: Rincão do meu senhor / Cachoeira Paulista

Horário: 11:15 Hs. / Evento: Acampamento de Cura e Libertação.


Detalhes


Jeremias 36,6 Vou pensar-lhes as feridas e cura-las.


Olhar para o dom carismatico da cura.

A doença não é vontade de Deus, a doença ofende mais a Deus do que a nós. Deus não pode tudo? Não! Eu sou em verdade o senhor, existe algo que me seja impossivel? Sim .

Fala que desde pequeno não sabe nadar, mas se entrar em uma academia e aprender a nadar, serei um bom nadador.

A primeira condição para experiênciar milagres é acreditar em milagres. Fala que ninguém acredita mais em milagres, do que a Igreja católica.

Fala das filas que se fazem para ver o tumulo do Papa João Paulo II, seu tumulo é algo muito simples.

Olhar para a meta que Deus tem para você.

O demônio além de mandar a doença, bota a culpa em Deus, não existe pecado pior que esse.

Hoje se atribui o que é de Deus ao demônio, e o que é do demônio a Deus.

O primeiro grande passo para alcançar a cura, é você está convicto, acreditar em você curado.

Um dos males que a doença causa em nós, é fazer que pensemos ser doente, isso é se conformar em ser doente. Nos pensar reduzido.

Fala dos deficiêntes que se superaram. Nunca se deitou por causa de uma doença.

Quem tem um por que, enfreta qualquer como. É importante ter meta definida. Não podemos desenvolver a sindrome do coitadinho.

Fala por que algumas pessoas submetidas as mesmas condições, algumas contraem doença, e outras não contrai? A diferença é um elemento Espiritual, a fé é uma força interior, que esternaliza na ação.

Fala que Jesus queria que o cego tomesse a decisão, saise desi,largasse a sua capa. A Igreja ensina que um milagre é um presente de Deus.

Tem umas quinze passagens que jesus quis saber o que eles estavam pensando.

As enfermidades antes de existir no nosso corpo, ela já existiu no nosso coração. Muitas vezes deixamos passar as curas, por que pensamos com a cabeça que o encardido está nos dando.

A escola bíblica continua passando pelo pensamento, não vos conformeis com este mundo. Ninguém acredita em Deus, por uma cura que viu. A graça de Deus se dirige individualmente. O sonho de Deus é nos curar das nossas enfermidades. Lei espiritual irrevogavel, Deus age no humano, de forma humana.

É preciso oração pessoal para acolher a graça da cura de Deus.

Conta a história de uma senhora muito simples, diante do mundo uma senhora inguinorante, ela vai buscar ajuda médica, ajuda humana, vai atrás de medico, não encontrando um médico, entrou numa Igreja e exercitou a fé. Entrar na Igreja é humano, mas vendo a animação das pessoas do grupo, começou a rezar, intercedendo por seu filho, rezando a Jesus, mostrando a Jesus o caminho até chegar na sua casa, está dando o seu endereço para Jesus. Quando chegou em casa, sua filha estava curada.

A verdadeira oração de cura, tem que nos levar ao esquecimento.

Padre Fala que fica preocupado, que a pessoa precisa ter um momento de intimidade com o senhor.

Deus não supõe a sua necessidade, mas quer que possamos ir até ele e falar.

Faz um momento de oração.

Reza pedindo pelas pessoas que não conseguem mais pedir.

A cura de Deus, exige de nós, mudança de comportamento.

Veja mais

Palestras Cura Interior