Mudanças entre as edições de "14/11/2010 Salmo 97"

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
(Nova página: — O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará. — O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará. — Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa/ e...)
 
 
(Uma revisão intermediária pelo mesmo usuário não está sendo mostrada)
Linha 1: Linha 1:
 +
   
 +
    O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará.
 +
         
 +
    O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará.
  
 +
     
 +
    Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa/ e da cítara suave!/
  
— O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará.
+
    Aclamai, com os clarins e as trombetas,/ ao Senhor, o nosso Rei!
  
  
— O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará.
+
    Aplauda o mar com todo ser que nele vive,/ o mundo inteiro e toda gente!/ As montanhas e os rios batam palmas/ e exultem de alegria.
  
  
— Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa/ e da cítara suave!/
+
    Exultem na presença do Senhor, pois ele vem,/ vem julgar a terra inteira./ Julgará o universo com justiça/ e as nações com equidade.
 
 
Aclamai, com os clarins e as trombetas,/ ao Senhor, o nosso Rei!
 
 
 
 
 
— Aplauda o mar com todo ser que nele vive,/ o mundo inteiro e toda gente!/ As montanhas e os rios batam palmas/ e exultem de alegria.
 
 
 
 
 
Exultem na presença do Senhor, pois ele vem,/ vem julgar a terra inteira./ Julgará o universo com justiça/ e as nações com equidade.
 

Edição atual tal como às 14h41min de 10 de novembro de 2010

    O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará.
          
    O Senhor virá julgar a terra inteira; com justiça julgará.


   Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa/ e da cítara suave!/ 
   Aclamai, com os clarins e as trombetas,/ ao Senhor, o nosso Rei!


   Aplauda o mar com todo ser que nele vive,/ o mundo inteiro e toda gente!/ As montanhas e os rios batam palmas/ e exultem de alegria.


   Exultem na presença do Senhor, pois ele vem,/ vem julgar a terra inteira./ Julgará o universo com justiça/ e as nações com equidade.