Mudanças entre as edições de "30/10/2011 Salmo 130"

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
(Nova página: — Guardai-me, ó Senhor, / convosco, em vossa paz! — Guardai-me, ó Senhor, /convosco, em vossa paz! — Senhor,/ meu coração não é orgulhoso,/ nem se eleva arrogante o meu ...)
 
Linha 1: Linha 1:
— Guardai-me, ó Senhor, / convosco, em vossa paz!
+
  D              Bm7        Em7                A4 A
 +
— Guardai-me, ó Senhor, / convosco, em vossa paz!
 +
  D              Bm7      Em7                A4 A
 +
— Guardai-me, ó Senhor, /convosco, em vossa paz!
  
Guardai-me, ó Senhor, /convosco, em vossa paz!
+
  D              Bm7      Em    A4 A          D          Bm7  Em7  A        G#7(#11)
 +
— Senhor,/ meu coração não é orgulhoso,/ nem se eleva arrogante o meu olhar;/
 +
Gmaj7        A/G          F#m7 Bm7    Em7  Em/D            A4    A
 +
não ando à procura de grandezas,/ nem tenho pretensões ambiciosas!
  
  
Senhor,/ meu coração não é orgulhoso,/ nem se eleva arrogante o meu olhar;/
+
Fiz calar e sossegar a minha alma;/ ela está em grande paz dentro de mim,/
não ando à procura de grandezas,/ nem tenho pretensões ambiciosas!
+
como a criança bem tranquila,/ amamentada / no regaço acolhedor de sua mãe.
  
  
— Fiz calar e sossegar a minha alma;/ ela está em grande paz dentro de mim,/
+
— Confia no Senhor,/ ó Israel,/
como a criança bem tranquila,/ amamentada / no regaço acolhedor de sua mãe.
+
desde agora e por toda a eternidade!
 
 
 
 
— Confia no Senhor,/ ó Israel,/
 
desde agora e por toda a eternidade!
 

Edição das 09h05min de 25 de outubro de 2011

 D              Bm7        Em7                A4 A
— Guardai-me, ó Senhor, / convosco, em vossa paz!
 D              Bm7      Em7                A4 A
— Guardai-me, ó Senhor, /convosco, em vossa paz!
 D               Bm7       Em     A4 A           D          Bm7   Em7   A        G#7(#11)
— Senhor,/ meu coração não é orgulhoso,/ nem se eleva arrogante o meu olhar;/
Gmaj7         A/G           F#m7 Bm7    Em7   Em/D            A4    A
não ando à procura de grandezas,/ nem tenho pretensões ambiciosas!


— Fiz calar e sossegar a minha alma;/ ela está em grande paz dentro de mim,/
como a criança bem tranquila,/ amamentada / no regaço acolhedor de sua mãe.


— Confia no Senhor,/ ó Israel,/
desde agora e por toda a eternidade!