A linguagem do amor

De Wiki Canção Nova
Revisão de 13h33min de 4 de dezembro de 2009 por Susana (discussão | contribs) (Nova página: == Ricardo e Eliana Sá – 18/06/2009 - <small>'''código CD 25. 06047 DVD 26. 06047 ''</small> == <font color=#ff0000>'''Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24...)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Ricardo e Eliana Sá – 18/06/2009 - 'código CD 25. 06047 DVD 26. 06047

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600 ou shopping.cancaonova.com


Ricardo e Eliana Sá


Felicidade para quem casa é dar a vida pelo outro. Felicidade é fazer o outro feliz No dia a dia este amor é amor de morte, para dar ao outro a vida. É amor de renúncia para favorecer o outro. Que procura descobri o que, de fato, faz o outro feliz.


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 11:15 Hs. / Acampamento para casais


Conteudo da Pregação


Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

Ricardo: Em Deus, existe solução para todas as situações do nosso matrimônio. E isso vai exigir de nós amor, paciência, misericórdia, perdão contínuo, perseverança. Um amor que nos faça capazes de dar a vida um pelo outro. Um casal, porque se ama, se une para fazer o outro feliz.

A paixão quer ser feliz, o amor quer fazer o outro feliz. E Deus nos uniu para que façamos o outro feliz. É um amor exigente. Olhe para essa pessoa que Deus te deu hoje. Dar a vida por ela é a sua felicidade.

Eliana: Seja qual for a circunstância pela qual vocês passam hoje, em Deus existe solução para tudo. E isso exige de nós esse amor. Que tipo de amor? O amor que é capaz de se doar, de dar a sua vida, de gastar a vida para o outro ser feliz.

Como está a minha atenção em fazer meu esposo(a) feliz? Daí, recorremos à Palavra de Deus, para que à sua luz entendamos que tipo de amor é esse que devemos viver em casa.

Ricardo: É preciso compreendermos que esse amor assemelha-se ao Amor de Cristo. Vemos em 1Jo 3,16: “Nisto temos conhecido o amor: Jesus deu sua vida por nós”

E em 1Jo 4,11: “Caríssimos, se Deus assim no amou, também nós devemos amar uns aos outros”. Talvez você nunca pensou que essa Palavra se adequasse tanto a realidade de casais.

Felicidade para quem casa é dar a vida pelo outro. Felicidade é fazer o outro feliz No dia a dia este amor é amor de morte, para dar ao outro a vida. É amor de renúncia para favorecer o outro. Que procura descobri o que, de fato, faz o outro feliz.

Homens: quem aqui tem uma mulher ao seu lado e deseja fazê-la feliz? Você precisa descobrir o jeito que ela se sente feliz. Pergunte a ela do que ela precisa que você faça para ela se sentir feliz.

Deus quando nos enviou seu filho Jesus, o entregou para a nossa felicidade. Quero aprender a dar a vida, para fazer a minha esposa feliz.

Eliana: Enquanto o Ricardo falava me vinha ao coração para dizer a você : é muito importante que você mulher deixe o seu marido ocupar o lugar de pai, de cabeça dessa família. Deixa o seu marido ser o homem da casa! É tao importante deixarmos isso acontecer. Deixe ele tomar a iniciativa. Se ele errar, erre junto. Depois conserta junto. Não podemos passar por cima do marido como rolo compressor.

Se meu marido não tem muitas iniciativas ou você ocupou o lugar dele, precisa dar um passo atrás e deixá-lo exercer o seu papel. Pergunte a ele: O que eu preciso fazer pra você ser o homem mais feliz do mundo?

Ricardo: Em Deus existe sempre uma saída se você está disposto a dar a vida por sua mulher.

Eis o amor de Deus por nós. Para que nós compreendêssemos como Deus nos amava, Jesus veio ao mundo e morreu por nós. Eu como marido e ela como esposa, precisamos descobrir a linguagem de amor que cada um entende.

Mulheres, hoje é do dia que o seu companheiro vai se interessar por você como nunca antes o fez, e vai te perguntar: 'Meu amor, me ensina a te amar. O que eu preciso fazer para que você se sinta a mulher mais amada?'

Aqui não tem poesia. É luta, dor, entrega de si, renúncia de si. Neste ponto, o amor que cada um sente, se aproxima do amor com o qual Deus nos ama. Se une ao amor da cruz.

Não vamos brincar com isso não. Não há outro amor que não seja o de entrega. Preciso e quero amar como Deus ama.

Eliana: Não tem felicidade que não passe pela cruz de Cristo. O mundo diz para fugirmos, mas a cruz é o que nos dá a vitória. A cruz é o sinal da vitória. Foi por ela que fomos salvos.

Ricardo: Quando Eliana teve câncer, eu vi o meu amor provado por minha mulher. Ela teve diversas depressões. Nossa vida sexual foi para o 'espaço'. E os homens entendem muito bem o que é não ter a sua mulher para vida sexual, por um longo período. Foi ali que aprendi a amar a minha mulher: quando ela não tinha nada para me oferecer. Eu precisava aprender a amar, com amor de renúncia, de espera. Chorei muito, chorei sozinho, de madrugada. Me vi sem forças. Só Jesus, e a cruz abraçada no meu casamento, para me ensinar que é preciso amar sempre como Deus ama.

Tudo é possível ser superado e vivido nesse amor que dá a vida pelo outro. E sou cada vez mais feliz com ela, porque aprendi a dar a vida por ela.

Aprendia a perder. Tive tanto medo, mas a vitória já chegou. E essa vitória é a vitória do amor que ama para dar a vida. Amei a Eliana mais do que a mim mesmo.

Amei e tenho aprendido a amar mais que a mim mesmo. Porque importa que ela seja feliz. Mas isso, é em meio a lágrimas também.

Eliana: Choro de agradecimento a Jesus, pois Ele escolhe manifestar o Seu amor através das pessoas que estão ao nosso lado. Vivo uma gratidão imensa ao amor de Deus, que se manifesta através do amor do Ricardo por mim. A minha restauração se deve a essa oração que vivemos juntos, como casal.

Ricardo: Existem graças que um casal só receberá quando rezarem juntos. É você que tem que dar a vida por sua família. Ame com o amor que mata você, mas que dá a vida ao outro.

Esse amor contado em fatos simples do dia a dia, se não se aprimora, não se torna amor cristão e não é capaz de fazer feliz. O amor cristão precisa se aproximar do amor da cruz, de dar a vida. Do amor quando a gente não entende nada.

Eliana: Sabe quando seremos curados de todo o desamor que existe em nós? Não é quando recebemos, é quando damos, quanto mais damos, mais curados vamos ficando. O que nos cura é o amor que damos e não o que recebemos.

Ricardo: Seu casamento tem solução. Tem solução se você pedir a nosso Senhor a graça de amar como Deus ama. Não existe solução fácil para situações complexas.

Sua mulher não é uma fotografia dos 18 anos. O tempo passa, ela muda. E o amor precisa acompanhar passo a passo. Elogie.

Nós homens imaginamos que a mulher entenda o que falamos com os olhos. Não. Precisamos dizer, expressar!

Atenção homens: descubra como a sua mulher se sente amada. Perceber quando ela mudou a cor do cabelo, ou quando fez a sobrancelha, tem valor para a sua mulher!

O amor é um aprendizado


Detalhes


  • Citação 1Jo 3,16, 1Jo 4,11
  • Seu casamento tem solução. Tem solução se você pedir a nosso Senhor a graça de amar como Deus ama.
  • Perceber quando ela mudou a cor do cabelo, ou quando fez a sobrancelha, tem valor para a sua mulher! O amor é um aprendizado
  • Choro de agradecimento a Jesus, pois Ele escolhe manifestar o Seu amor através das pessoas que estão ao nosso lado.
  • Não tem felicidade que não passe pela cruz de Cristo.
  • O mundo diz para fugirmos, mas a cruz é o que nos dá a vitória.
  • A cruz é o sinal da vitória. Foi por ela que fomos salvos.