Mudanças entre as edições de "Bênção"

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
 
(Uma revisão intermediária por um outro usuário não está sendo mostrada)
Linha 1: Linha 1:
 
'''Segundo o catecismo'''
 
'''Segundo o catecismo'''
  
1671 Entre os sacramentais figuram em primeiro lugar as bênçãos (de pessoas, da mesa, de objetos, de lugares). '''Toda bênção é louvor a Deus e oração para obter seus dons.''' Em Cristo, os cristãos são bênçãos por Deus Pai "com toda classe de bênçãos espirituais" (Ef. 1:3). Por isso a Igreja dá a benção invocando o nome de [[Jesus]] e fazendo habitualmente o sinal da santa da cruz de Cristo.
+
1671 Entre os sacramentais figuram em primeiro lugar as bênçãos (de pessoas, da mesa, de objetos, de lugares). '''Toda bênção é louvor a Deus e oração para obter seus dons.''' Em Cristo, os cristãos são bênçãos por Deus Pai "com toda classe de bênçãos espirituais" (Ef. 1:3). Por isso a Igreja dá a benção invocando o nome de [[Jesus Cristo|Jesus]] e fazendo habitualmente o sinal da santa da cruz de Cristo.
  
 
1672 Certas bênçãos tem um alcance permanente: seu efeito é consagrar pessoas a Deus e reservar para o uso litúrgico objetos e lugares. Entre as que estão destinadas a pessoas que não se confunda com a ordenação sacramental figuram a bênção do abade ou da abadessa de um monastério, a consagração das virgens, o rito da profissão religiosa e as bênçãos para certos ministérios da [[Igreja Católica| Igreja]] (leitores, acólitos, catequistas, etc.). Como exemplo das que se referem a objetos, se pode assinalar a dedicação ou bênção de uma igreja ou de um altar, a benção dos santos óleos, dos vasos e ornamentos sagrados, das campanas, etc.
 
1672 Certas bênçãos tem um alcance permanente: seu efeito é consagrar pessoas a Deus e reservar para o uso litúrgico objetos e lugares. Entre as que estão destinadas a pessoas que não se confunda com a ordenação sacramental figuram a bênção do abade ou da abadessa de um monastério, a consagração das virgens, o rito da profissão religiosa e as bênçãos para certos ministérios da [[Igreja Católica| Igreja]] (leitores, acólitos, catequistas, etc.). Como exemplo das que se referem a objetos, se pode assinalar a dedicação ou bênção de uma igreja ou de um altar, a benção dos santos óleos, dos vasos e ornamentos sagrados, das campanas, etc.
  
2626. A bênção exprime o movimento de fundo da[[oração]] cristã: ela é o encontro de Deus com o homem; nela se encontram e unem o dom de Deus e o acolhimento do homem. A oração de bênção é a resposta do homem aos dons de Deus: uma vez que Deus abençoa, o coração do homem pode responder bendizendo Aquele que é a fonte de toda a bênção.
+
2626. A bênção exprime o movimento de fundo da [[oração]] cristã: ela é o encontro de Deus com o homem; nela se encontram e unem o dom de Deus e o acolhimento do homem. A oração de bênção é a resposta do homem aos dons de Deus: uma vez que Deus abençoa, o coração do homem pode responder bendizendo Aquele que é a fonte de toda a bênção.
  
 
2627. Exprimem este movimento duas formas fundamentais: umas vezes, a bênção sobe, levada por Cristo no [[Espírito Santo]], para o Pai (nós O bendizemos por Ele nos ter abençoado) (94); outras vezes, implora a graça do Espírito Santo que, por Cristo, desce de junto do Pai (é Ele que nos abençoa) (95).
 
2627. Exprimem este movimento duas formas fundamentais: umas vezes, a bênção sobe, levada por Cristo no [[Espírito Santo]], para o Pai (nós O bendizemos por Ele nos ter abençoado) (94); outras vezes, implora a graça do Espírito Santo que, por Cristo, desce de junto do Pai (é Ele que nos abençoa) (95).

Edição atual tal como às 08h19min de 20 de outubro de 2009

Segundo o catecismo

1671 Entre os sacramentais figuram em primeiro lugar as bênçãos (de pessoas, da mesa, de objetos, de lugares). Toda bênção é louvor a Deus e oração para obter seus dons. Em Cristo, os cristãos são bênçãos por Deus Pai "com toda classe de bênçãos espirituais" (Ef. 1:3). Por isso a Igreja dá a benção invocando o nome de Jesus e fazendo habitualmente o sinal da santa da cruz de Cristo.

1672 Certas bênçãos tem um alcance permanente: seu efeito é consagrar pessoas a Deus e reservar para o uso litúrgico objetos e lugares. Entre as que estão destinadas a pessoas que não se confunda com a ordenação sacramental figuram a bênção do abade ou da abadessa de um monastério, a consagração das virgens, o rito da profissão religiosa e as bênçãos para certos ministérios da Igreja (leitores, acólitos, catequistas, etc.). Como exemplo das que se referem a objetos, se pode assinalar a dedicação ou bênção de uma igreja ou de um altar, a benção dos santos óleos, dos vasos e ornamentos sagrados, das campanas, etc.

2626. A bênção exprime o movimento de fundo da oração cristã: ela é o encontro de Deus com o homem; nela se encontram e unem o dom de Deus e o acolhimento do homem. A oração de bênção é a resposta do homem aos dons de Deus: uma vez que Deus abençoa, o coração do homem pode responder bendizendo Aquele que é a fonte de toda a bênção.

2627. Exprimem este movimento duas formas fundamentais: umas vezes, a bênção sobe, levada por Cristo no Espírito Santo, para o Pai (nós O bendizemos por Ele nos ter abençoado) (94); outras vezes, implora a graça do Espírito Santo que, por Cristo, desce de junto do Pai (é Ele que nos abençoa) (95).

Numa definição mais breve, segundo o compêndio da Igreja Católica:

551. Bênção é a resposta do homem aos dons de Deus: nós dizemos o Todo-poderoso que primeiro nos abençoa e nos enche dos seus dons.

Referência

  • Catecismo da Igreja Católica
  • Compêndio da Igreja Católica