Mudanças entre as edições de "Colunistas"

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
 
(Uma revisão intermediária por um outro usuário não está sendo mostrada)
Linha 6: Linha 6:
  
 
|-
 
|-
| colspan="2" style="padding: 0pt 5px; background: rgb(237, 243, 254) none repeat scroll 0% 0%; font-size: 90%; -moz-background-clip: -moz-initial; -moz-background-origin: -moz-initial; -moz-background-inline-policy: -moz-initial;" | [[Adriano Zandona]]
+
| colspan="2" style="padding: 0pt 5px; background: rgb(237, 243, 254) none repeat scroll 0% 0%; font-size: 90%; -moz-background-clip: -moz-initial; -moz-background-origin: -moz-initial; -moz-background-inline-policy: -moz-initial;" | [[Diácono Adriano Zandoná]]
  
 
|-
 
|-
Linha 21: Linha 21:
  
 
|}
 
|}
O Colunista é um profissional que trabalha escrevendo regularmente para veículos de comunicação (jornais, [[revistas]], [[rádio]], [[TV]], websites), produzindo textos não necessariamente noticiosos.<br>
+
O Colunista é um profissional que trabalha escrevendo regularmente para veículos de comunicação (jornais, [[revistas]], [[rádio]], [[TV Canção Nova|TV]], websites), produzindo textos não necessariamente noticiosos.<br>
 
O nome "Coluna" surgiu em virtude da diagramação original dos textos não-noticiosos publicados regularmente em espaço predeterminado no jornal. Nos periódicos do século XIX, tudo que não era notícia era diagramado numa única coluna vertical, de alto a baixo da página, à parte do resto do conteúdo — exceto pelos folhetins, que eram publicados geralmente na parte inferior da primeira página, ocupando todas as colunas da esquerda até a direita.<br>  
 
O nome "Coluna" surgiu em virtude da diagramação original dos textos não-noticiosos publicados regularmente em espaço predeterminado no jornal. Nos periódicos do século XIX, tudo que não era notícia era diagramado numa única coluna vertical, de alto a baixo da página, à parte do resto do conteúdo — exceto pelos folhetins, que eram publicados geralmente na parte inferior da primeira página, ocupando todas as colunas da esquerda até a direita.<br>  
 
Com o passar do tempo, os textos de colunas deixaram de ser limitados a uma coluna de diagramação e passaram a ter qualquer formato, mas mantendo o caráter de informações curtas, em notas, ou observações do cotidiano, em linguagem de crônica.
 
Com o passar do tempo, os textos de colunas deixaram de ser limitados a uma coluna de diagramação e passaram a ter qualquer formato, mas mantendo o caráter de informações curtas, em notas, ou observações do cotidiano, em linguagem de crônica.

Edição atual tal como às 17h06min de 2 de março de 2011

Nossos colunistas
Adriano Gonçalves
Diácono Adriano Zandoná
Dado Moura
Denis Duarte
Dijanira Silva
Pe. Alir Sanagiotto
Prof. Felipe Aquino

O Colunista é um profissional que trabalha escrevendo regularmente para veículos de comunicação (jornais, revistas, rádio, TV, websites), produzindo textos não necessariamente noticiosos.
O nome "Coluna" surgiu em virtude da diagramação original dos textos não-noticiosos publicados regularmente em espaço predeterminado no jornal. Nos periódicos do século XIX, tudo que não era notícia era diagramado numa única coluna vertical, de alto a baixo da página, à parte do resto do conteúdo — exceto pelos folhetins, que eram publicados geralmente na parte inferior da primeira página, ocupando todas as colunas da esquerda até a direita.
Com o passar do tempo, os textos de colunas deixaram de ser limitados a uma coluna de diagramação e passaram a ter qualquer formato, mas mantendo o caráter de informações curtas, em notas, ou observações do cotidiano, em linguagem de crônica.