Mudanças entre as edições de "Combustivel Para o Perdão"

De Wiki Canção Nova
Ir para: navegação, pesquisa
(Monsenhor Jonas Abib - 17/06/2007 - <small>'''código CD 25.04027 DVD 26.04027'''</small>)
 
(9 revisões intermediárias por 2 usuários não estão sendo mostradas)
Linha 1: Linha 1:
== [[Jonas Abib|Monsenhor Jonas Abib]] - [[17/06/2007]] - <small>'''código CD 25.04027  DVD  26.04027'''</small> ==
+
== [[Monsenhor Jonas Abib]] - 17/06/2007 - <small>'''código CD 25.04027  DVD  26.04027'''</small> ==
  
 +
[[Imagem:m25.jpg|right|thumb|165px|Adquira esta Pregação]]
 +
Nesta Pregação, Monsenhor Jonas Abib, vai nos dizer que o combustivel para o perdão, é a misericórdia de Deus e também reconhecer que somos pecadores, pois a partir do momento que reconhecemos que somos pecadores e que dependemos de Deus, tudo se transforma a partir do nosso interior.
  
Nesta Pregação, Monsenhor Jonas Abib,
+
Local: C.E.D.J.H.M. / Cachoeira Paulista. / Assunto: Cura e Libertação.
  
 +
Horário: 14:30 Hs. / Acampamento de Cura e Libertação.
  
Local: C.E.D.J.H.M. / Cachoeira Paulista. / Assunto: Cura e Libertação.
 
  
Horário: 14:30 Hs. / Acampamento de Cura e Libertação.
+
'''Conteudo da Pregação'''  
 
 
 
 
'''Conteudo da Pregação'''
 
  
  
 
Eu fiz questão que nós repetíssemos o refrão do Salmo, pois essa realidade é o centro da Palavra de Deus para nós neste domingo.  
 
Eu fiz questão que nós repetíssemos o refrão do Salmo, pois essa realidade é o centro da Palavra de Deus para nós neste domingo.  
 +
Nós, infelizmente, temos dificuldade em reconhecer nossos pecados, daí vem a tentação e se aproveita disso, e acabamos não os [nossos pecados] reconhecendo nem os declarando diante do Senhor, faltando assim a matéria-prima para o perdão. Sem combustível não há fogo. É preciso de cera para que a vela fique acesa. Deus é como fogo que destrói nosso pecado. Ele está sempre disposto a nos perdoar. Quando o Senhor nos perdoa, o pecado é eliminado. Mas é preciso que haja combustível, e qual é o combustível? É justamente o nosso reconhecer.
  
Nós, infelizmente, temos dificuldade em reconhecer nossos pecados, daí vem a tentação e se aproveita disso, e acabamos não os [nossos pecados] reconhecendo nem os declarando diante do Senhor, faltando assim a matéria-prima para o perdão. Sem combustível não há fogo. É preciso de cera para que a vela fique acesa. Deus é como fogo que destrói nosso pecado. Ele está sempre disposto a nos perdoar. Quando o Senhor nos perdoa, o pecado é eliminado. Mas é preciso que haja combustível, e qual é o combustível? É justamente o nosso reconhecer.
+
Neste domingo, temos a misericórdia do Pai, que é a misericórdia em Pessoa. Deus é invisível, mas Jesus se fez carne. Ele é a imagem visível do Pai, mostrando-nos o Deus que é invisível, é a misericórdia do Pai personificada. Quando nós nos arrependemos, a misericórdia de Deus já está nos perdoando.  
 
+
"Se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se reconhecemos os nossos pecados, (Deus aí está) fiel e justo para nos perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniqüidade" (1 João 1,8).  
Neste domingo, temos a misericórdia do Pai, que é a misericórdia em Pessoa. Deus é invisível, mas Jesus se fez carne. Ele é a imagem visível do Pai, mostrando-nos o Deus que é invisível, é a misericórdia do Pai personificada. Quando nós nos arrependemos, a misericórdia de Deus já está nos perdoando.
 
 
 
"Se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se reconhecemos os nossos pecados, (Deus aí está) fiel e justo para nos perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniqüidade" (1 João 1,8).
 
 
 
 
No ato de reconhecermos nossos pecados, Deus já se faz presente. A misericórdia d’Ele provoca em nós o arrependimento e isso faz com que falemos: "Senhor, eu errei, mas não queria". E a Palavra de Deus fala que no momento do reconhecimento "Deus aí está fiel e justo para nos purificar de toda a iniqüidade".  
 
No ato de reconhecermos nossos pecados, Deus já se faz presente. A misericórdia d’Ele provoca em nós o arrependimento e isso faz com que falemos: "Senhor, eu errei, mas não queria". E a Palavra de Deus fala que no momento do reconhecimento "Deus aí está fiel e justo para nos purificar de toda a iniqüidade".  
  
 
Além de pecarmos, a iniqüidade habita em nós como conseqüência do pecado original. Mas cada vez que nos confessamos, essa iniqüidade vai desaparecendo, vai se consumindo.  
 
Além de pecarmos, a iniqüidade habita em nós como conseqüência do pecado original. Mas cada vez que nos confessamos, essa iniqüidade vai desaparecendo, vai se consumindo.  
 
+
Na primeira leitura (2 Samuel 12,7-10.13) vemos a situação de Davi que ainda não havia reconhecido seu pecado diante de Deus. E Deus, como o amava, mandou Natã para que ele declarasse seu pecado.  
Na primeira leitura (2 Samuel 12,7-10.13) vemos a situação de Davi que ainda não havia reconhecido seu pecado diante de Deus. E Deus, como o amava, mandou Natã para que ele declarasse seu pecado.
 
  
 
Ninguém esperava isso de Davi, ele era quem sempre ia à frente dos exércitos, como era costume dos reis para animar seus soldados, mas desta vez, ele ficou em casa. E, justamente, num certo momento ele vê uma mulher se banhando e fica contemplando-a. Depois manda saber a respeito dela e a traz para seu palácio. Ela era esposa de um dos seus soldados, e adultera com ela. Depois ela declara que está grávida e Davi manda chamar o esposo dela para que ficasse com ela e aí pensasse que o filho, que ela esperava, era dele. Mas Urias não foi para casa. Por fidelidade, dormiu na porta da casa do rei. Davi o [Urias] convida para jantar com ele e o embebeda para voltar para casa e ficar com sua esposa, mesmo bêbado Urias foi fiel.  
 
Ninguém esperava isso de Davi, ele era quem sempre ia à frente dos exércitos, como era costume dos reis para animar seus soldados, mas desta vez, ele ficou em casa. E, justamente, num certo momento ele vê uma mulher se banhando e fica contemplando-a. Depois manda saber a respeito dela e a traz para seu palácio. Ela era esposa de um dos seus soldados, e adultera com ela. Depois ela declara que está grávida e Davi manda chamar o esposo dela para que ficasse com ela e aí pensasse que o filho, que ela esperava, era dele. Mas Urias não foi para casa. Por fidelidade, dormiu na porta da casa do rei. Davi o [Urias] convida para jantar com ele e o embebeda para voltar para casa e ficar com sua esposa, mesmo bêbado Urias foi fiel.  
 
  
 
Davi mandou que ele fosse com um bilhete para o general e neste bilhete dizia para que colocasse Urias na frente, para que assim ele morresse. E foi isso que aconteceu. E Davi trás para morar em seu palácio a esposa de seu soldado fiel, sem reconhecer seu pecado. Foi quando Deus mandou Natã para que Davi reconhecesse seu pecado e ele se arrepende. Quando ele declarou o próprio pecado, Deus o perdoou.  
 
Davi mandou que ele fosse com um bilhete para o general e neste bilhete dizia para que colocasse Urias na frente, para que assim ele morresse. E foi isso que aconteceu. E Davi trás para morar em seu palácio a esposa de seu soldado fiel, sem reconhecer seu pecado. Foi quando Deus mandou Natã para que Davi reconhecesse seu pecado e ele se arrepende. Quando ele declarou o próprio pecado, Deus o perdoou.  
 +
A misericórdia quer que nos declaremos arrependidos e já sejamos perdoados por Ele. Deus não dá moleza, mas uma vez que a misericórdia d’Ele provoca o arrependimento, Ele aí está para perdoar.
  
A misericórdia quer que nos declaremos arrependidos e já sejamos perdoados por Ele. Deus não dá moleza, mas uma vez que a misericórdia d’Ele provoca o arrependimento, Ele aí está para perdoar.
+
O Evangelho (Lucas 7,36-8,3) vem para completar mostrando aquela mulher que era reconhecida como pecadora. Ela fez tudo aquilo aos pés de Jesus reconhecendo seus pecados. O Evangelho de São João narra que isso aconteceu após a ressurreição de Lázaro, e quem fez isso foi Maria, a irmã de Lázaro, que era o leproso.
 
+
Você tem um leproso na sua casa? Aquela ovelha negra? Talvez seja um filho viciado, um pai alcoólatra, uma filha que acabou se tornando vulgar. Ou a ovelha negra é você. Você tem na sua casa um leproso? Não duvide, Jesus não despreza você, e nem os leprosos da sua casa, pelo contrário, Ele habita na sua casa e quer tirar os seus do pecado. Jesus quer fazer uma ressurreição, porque Ele quer vocês de volta. Ele quer perseguir vocês com sua misericórdia. Ele persegue o leproso da sua casa com a sua misericórdia, para que ele então se arrependa e ressurreição aconteça.
O Evangelho (Lucas 7,36-8,3) vem para completar mostrando aquela mulher que era reconhecida como pecadora. Ela fez tudo aquilo aos pés de Jesus reconhecendo seus pecados. O Evangelho de São João narra que isso aconteceu após a ressurreição de Lázaro, e quem fez isso foi Maria, a irmã de Lázaro,  que era o leproso.  
+
   
 +
Não desanime, meu irmão. Jesus freqüentou a casa de Lázaro até ele morrer, mas depois Jesus o ressuscitou. E também naquela casa tinha uma prostituta, eles comentavam que se Jesus soubesse quem era ela não a deixaria fazer o que estava fazendo. Maria, infelizmente, era prostituta de leprosos, e eles pagavam caro. Por isso ela tinha esse perfume caríssimo que correspondia a um ano inteiro de trabalho. Esse perfume ela usava primeiro por sedução e depois para agüentar a servir os leprosos.
 +
Ela derrama seu pecado todinho aos pés de Jesus, que era aquele perfume de alabastro, e depois que ela derrama, ela quebra o vaso para declarar que seu pecado tinha acabado. Maria só vai se arrepender depois da ressurreição do seu irmão. Agora a gente entende porque Jesus ficou conversando com Maria, a ponto de Marta reclamar que ela não estava fazendo nada. Jesus gastou todo o tempo necessário até que Maria se arrepende e publicamente declara seus pecados aos pés d'Ele. E Jesus disse: "Os teus muitos pecados foram perdoados porque ela muito amou".
 +
 +
Meu irmão, minha irmã, esta é a misericórdia de Jesus. Terminamos este acampamento e tivemos a coragem de tocar em coisas sérias, como espiritismo, mesa branca, terreiro, todos os tipos de ocultismos, que são coisas graves como os pecados de Davi e de Maria, mas há solução, têm jeito. Assim como Jesus perseguiu com sua misericórdia a Maria, Ele está esperando todos os seus filhos de volta. Até estes que entram nestas seitas satânicas, Jesus os espera.
 +
Não tenha medo! Volte! Você está sob a proteção do Altíssimo, do Todo-Poderoso. Você não precisará temer mal algum, terá toda a proteção da misericórdia de Deus que te perdoou e te guarda. Como diz o arcanjo Miguel: "Quem como Deus?". "Se Deus é por nós quem será contra nós?" Não tenha medo! Volte para o Senhor e derrame aos pés d'Ele todos os seus pecados, sem medo, sem receio. E você ouvirá d’Ele o que Maria ouviu: "Tenha confiança minha filha, tua fé te salvou".  
  
Você tem um leproso na sua casa? Aquela ovelha negra? Talvez seja um filho viciado, um pai alcoólatra, uma filha que acabou se tornando vulgar. Ou a ovelha negra é você. Você tem na sua casa um leproso? Não duvide, Jesus não despreza você, e nem os leprosos da sua casa, pelo contrário, Ele habita na sua casa e quer tirar os seus do pecado. Jesus quer fazer uma ressurreição, porque Ele quer vocês de volta. Ele quer perseguir vocês com sua misericórdia. Ele persegue o leproso da sua casa com a sua misericórdia, para que ele então se arrependa e ressurreição aconteça.  
+
A segunda leitura (Gálatas 2,16.19-21) vem coroar tudo: "Não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim". Quem disse isso foi Paulo, que lutava contra seus erros, temperamento, mas tinha a certeza que cada vez que ele era perdoado não era ele quem vivia, mas Deus que o amou. Aí está a síntese de tudo.
 +
Terminamos essa missa com uma grande alegria: "Eu sou uma nova criatura, passou tudo que era velho". "Eu vivo, mas não eu, é Cristo que vive em mim. Esta minha vida presente, na carne, eu a vivo na , crendo no Filho de Deus, que me amou e por mim se entregou" (Gálatas 2,20).  
  
Não desanime, meu irmão. Jesus freqüentou a casa de Lázaro até ele morrer, mas depois Jesus o ressuscitou. E também naquela casa tinha uma prostituta, eles comentavam que se Jesus soubesse quem era ela não a deixaria fazer o que estava fazendo. Maria, infelizmente, era prostituta de leprosos, e eles pagavam caro. Por isso ela tinha esse perfume caríssimo que correspondia a um ano inteiro de trabalho. Esse perfume ela usava primeiro por sedução e depois para agüentar a servir os leprosos.
 
  
Ela derrama seu pecado todinho aos pés de Jesus, que era aquele perfume de alabastro, e depois que ela derrama, ela quebra o vaso para declarar que seu pecado tinha acabado. Maria só vai se arrepender depois da ressurreição do seu irmão. Agora a gente entende porque Jesus ficou conversando com Maria, a ponto de Marta reclamar que ela não estava fazendo nada. Jesus gastou todo o tempo necessário até que Maria se arrepende e publicamente declara seus pecados aos pés d'Ele. E Jesus disse: "Os teus muitos pecados foram perdoados porque ela muito amou".
+
'''Detalhes'''
  
Meu irmão, minha irmã, esta é a misericórdia de Jesus. Terminamos este acampamento e tivemos a coragem de tocar em coisas sérias, como espiritismo, mesa branca, terreiro, todos os tipos de ocultismos, que são coisas graves como os pecados de Davi e de Maria, mas há solução, têm jeito. Assim como Jesus perseguiu com sua misericórdia a Maria, Ele está esperando todos os seus filhos de volta. Até estes que entram nestas seitas satânicas, Jesus os espera.
 
 
Não tenha medo! Volte! Você está sob a proteção do Altíssimo, do Todo-Poderoso. Você não precisará temer mal algum, terá toda a proteção da misericórdia de Deus que te perdoou e te guarda. Como diz o arcanjo Miguel: "Quem como Deus?". "Se Deus é por nós quem será contra nós?" Não tenha medo! Volte para o Senhor e derrame aos pés d'Ele todos os seus pecados, sem medo, sem receio. E você ouvirá d’Ele o que Maria ouviu: "Tenha confiança minha filha, tua fé te salvou".
 
  
A segunda leitura (Gálatas 2,16.19-21) vem coroar tudo: "Não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim". Quem disse isso foi Paulo, que lutava contra seus erros, temperamento, mas  tinha a certeza que cada vez que ele era perdoado não era ele quem vivia, mas Deus que o amou. está a síntese de tudo.
+
* Animação Wendel.
 +
* Confessar quer dizer testemunhar.
 +
* Deus quer perdoar, mas é preciso a matéria prima, é preciso querer perdoar.
 +
* Deus é como o fogo que queima o nosso pecado.  
 +
* Padre Fala que a misericórdia é o combustivel para o Perdão.
 +
* Se reconhecermos os nossos pecados, Deus ai está!
 +
* Deus está no ato do reconhecimento dos nossos pecados.
 +
* O pecado é uma iniquidade que mora em nós, mas se o reconhecemos somos purificados.  
 +
* Fala de Davi, que recebeu a visita de Natã, para lhe fazer reconhecer Davi o seu pecado.
 +
* Fala de Davi, que ficou vendo a mulher de Urias tomar banho, depois engravida ela.
 +
* Urias é fiel a Davi mesmo bêbado.
 +
* Padre fala que não podemos ficar guardando as coisas do passado, ficar remoendo.
 +
* Jesus frequentava a casa de Lázaro, que era seu amigo, e era leproso.
 +
* Eles enfaixavam os leprosos por que pensavam que a lepra era transmissivel.
 +
* Jesus não despreza a nós por que somos pecadores, mas ele quer nos tirar do pecado.
 +
* Perseguir quer dizer seguir de Perto.
 +
* Não desanime meu irmão pelos seus pecados, pois Jesus sempre visitou a casa de Lázaro, assim também ele quer visitar a sua casa.
 +
* Maria era prostituta de leprosos, por isso o seu preço era alto.
 +
* Maria usava seu perfume que equivalia ao trabalho de um ano, a mesma usou o seu perfume nos pés de Jesus, para lava-lo.
 +
* Jesus faz a comparação de Maria a Simão que nada fez aos pés de Jesus.
 +
* Jesus foi na casa de Simão o leproso, por que ele era leproso.
 +
* Você tem na sua casa um leproso, mesmo que seja a lepra do pecado.
 +
* O leproso vai se decompomdo com a sua lepra.
 +
* Fala de Maria Madalena que quebra o vaso de alabrasto.
 +
* Jesus perseguiu com a sua misericórdia a Davi, para que ele se arrependesse.  
 +
* Não tenha medo, quem está em Cristo é uma nova Criatura.
 +
* Assim diz São Miguel, quem como Deus?
 +
* Tem confiança minha filha, tua fé te salvou.
  
Terminamos essa missa com uma grande alegria: "Eu sou uma nova criatura, passou tudo que era velho". "Eu vivo, mas não eu, é Cristo que vive em mim. Esta minha vida presente, na carne, eu a vivo na fé, crendo no Filho de Deus, que me amou e por mim se entregou" (Gálatas 2,20).
+
== Veja mais ==
 +
[[Palestras Cura e Libertação]]

Edição atual tal como às 08h37min de 28 de outubro de 2009

Monsenhor Jonas Abib - 17/06/2007 - código CD 25.04027 DVD 26.04027

Adquira esta Pregação

Nesta Pregação, Monsenhor Jonas Abib, vai nos dizer que o combustivel para o perdão, é a misericórdia de Deus e também reconhecer que somos pecadores, pois a partir do momento que reconhecemos que somos pecadores e que dependemos de Deus, tudo se transforma a partir do nosso interior.

Local: C.E.D.J.H.M. / Cachoeira Paulista. / Assunto: Cura e Libertação.

Horário: 14:30 Hs. / Acampamento de Cura e Libertação.


Conteudo da Pregação


Eu fiz questão que nós repetíssemos o refrão do Salmo, pois essa realidade é o centro da Palavra de Deus para nós neste domingo. Nós, infelizmente, temos dificuldade em reconhecer nossos pecados, daí vem a tentação e se aproveita disso, e acabamos não os [nossos pecados] reconhecendo nem os declarando diante do Senhor, faltando assim a matéria-prima para o perdão. Sem combustível não há fogo. É preciso de cera para que a vela fique acesa. Deus é como fogo que destrói nosso pecado. Ele está sempre disposto a nos perdoar. Quando o Senhor nos perdoa, o pecado é eliminado. Mas é preciso que haja combustível, e qual é o combustível? É justamente o nosso reconhecer.

Neste domingo, temos a misericórdia do Pai, que é a misericórdia em Pessoa. Deus é invisível, mas Jesus se fez carne. Ele é a imagem visível do Pai, mostrando-nos o Deus que é invisível, é a misericórdia do Pai personificada. Quando nós nos arrependemos, a misericórdia de Deus já está nos perdoando. "Se dizemos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se reconhecemos os nossos pecados, (Deus aí está) fiel e justo para nos perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniqüidade" (1 João 1,8). No ato de reconhecermos nossos pecados, Deus já se faz presente. A misericórdia d’Ele provoca em nós o arrependimento e isso faz com que falemos: "Senhor, eu errei, mas não queria". E a Palavra de Deus fala que no momento do reconhecimento "Deus aí está fiel e justo para nos purificar de toda a iniqüidade".

Além de pecarmos, a iniqüidade habita em nós como conseqüência do pecado original. Mas cada vez que nos confessamos, essa iniqüidade vai desaparecendo, vai se consumindo. Na primeira leitura (2 Samuel 12,7-10.13) vemos a situação de Davi que ainda não havia reconhecido seu pecado diante de Deus. E Deus, como o amava, mandou Natã para que ele declarasse seu pecado.

Ninguém esperava isso de Davi, ele era quem sempre ia à frente dos exércitos, como era costume dos reis para animar seus soldados, mas desta vez, ele ficou em casa. E, justamente, num certo momento ele vê uma mulher se banhando e fica contemplando-a. Depois manda saber a respeito dela e a traz para seu palácio. Ela era esposa de um dos seus soldados, e adultera com ela. Depois ela declara que está grávida e Davi manda chamar o esposo dela para que ficasse com ela e aí pensasse que o filho, que ela esperava, era dele. Mas Urias não foi para casa. Por fidelidade, dormiu na porta da casa do rei. Davi o [Urias] convida para jantar com ele e o embebeda para voltar para casa e ficar com sua esposa, mesmo bêbado Urias foi fiel.

Davi mandou que ele fosse com um bilhete para o general e neste bilhete dizia para que colocasse Urias na frente, para que assim ele morresse. E foi isso que aconteceu. E Davi trás para morar em seu palácio a esposa de seu soldado fiel, sem reconhecer seu pecado. Foi quando Deus mandou Natã para que Davi reconhecesse seu pecado e ele se arrepende. Quando ele declarou o próprio pecado, Deus o perdoou. A misericórdia quer que nos declaremos arrependidos e já sejamos perdoados por Ele. Deus não dá moleza, mas uma vez que a misericórdia d’Ele provoca o arrependimento, Ele aí está para perdoar.

O Evangelho (Lucas 7,36-8,3) vem para completar mostrando aquela mulher que era reconhecida como pecadora. Ela fez tudo aquilo aos pés de Jesus reconhecendo seus pecados. O Evangelho de São João narra que isso aconteceu após a ressurreição de Lázaro, e quem fez isso foi Maria, a irmã de Lázaro, que era o leproso. Você tem um leproso na sua casa? Aquela ovelha negra? Talvez seja um filho viciado, um pai alcoólatra, uma filha que acabou se tornando vulgar. Ou a ovelha negra é você. Você tem na sua casa um leproso? Não duvide, Jesus não despreza você, e nem os leprosos da sua casa, pelo contrário, Ele habita na sua casa e quer tirar os seus do pecado. Jesus quer fazer uma ressurreição, porque Ele quer vocês de volta. Ele quer perseguir vocês com sua misericórdia. Ele persegue o leproso da sua casa com a sua misericórdia, para que ele então se arrependa e ressurreição aconteça.

Não desanime, meu irmão. Jesus freqüentou a casa de Lázaro até ele morrer, mas depois Jesus o ressuscitou. E também naquela casa tinha uma prostituta, eles comentavam que se Jesus soubesse quem era ela não a deixaria fazer o que estava fazendo. Maria, infelizmente, era prostituta de leprosos, e eles pagavam caro. Por isso ela tinha esse perfume caríssimo que correspondia a um ano inteiro de trabalho. Esse perfume ela usava primeiro por sedução e depois para agüentar a servir os leprosos. Ela derrama seu pecado todinho aos pés de Jesus, que era aquele perfume de alabastro, e depois que ela derrama, ela quebra o vaso para declarar que seu pecado tinha acabado. Maria só vai se arrepender depois da ressurreição do seu irmão. Agora a gente entende porque Jesus ficou conversando com Maria, a ponto de Marta reclamar que ela não estava fazendo nada. Jesus gastou todo o tempo necessário até que Maria se arrepende e publicamente declara seus pecados aos pés d'Ele. E Jesus disse: "Os teus muitos pecados foram perdoados porque ela muito amou".

Meu irmão, minha irmã, esta é a misericórdia de Jesus. Terminamos este acampamento e tivemos a coragem de tocar em coisas sérias, como espiritismo, mesa branca, terreiro, todos os tipos de ocultismos, que são coisas graves como os pecados de Davi e de Maria, mas há solução, têm jeito. Assim como Jesus perseguiu com sua misericórdia a Maria, Ele está esperando todos os seus filhos de volta. Até estes que entram nestas seitas satânicas, Jesus os espera. Não tenha medo! Volte! Você está sob a proteção do Altíssimo, do Todo-Poderoso. Você não precisará temer mal algum, terá toda a proteção da misericórdia de Deus que te perdoou e te guarda. Como diz o arcanjo Miguel: "Quem como Deus?". "Se Deus é por nós quem será contra nós?" Não tenha medo! Volte para o Senhor e derrame aos pés d'Ele todos os seus pecados, sem medo, sem receio. E você ouvirá d’Ele o que Maria ouviu: "Tenha confiança minha filha, tua fé te salvou".

A segunda leitura (Gálatas 2,16.19-21) vem coroar tudo: "Não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim". Quem disse isso foi Paulo, que lutava contra seus erros, temperamento, mas tinha a certeza que cada vez que ele era perdoado não era ele quem vivia, mas Deus que o amou. Aí está a síntese de tudo. Terminamos essa missa com uma grande alegria: "Eu sou uma nova criatura, passou tudo que era velho". "Eu vivo, mas não eu, é Cristo que vive em mim. Esta minha vida presente, na carne, eu a vivo na fé, crendo no Filho de Deus, que me amou e por mim se entregou" (Gálatas 2,20).


Detalhes


  • Animação Wendel.
  • Confessar quer dizer testemunhar.
  • Deus quer perdoar, mas é preciso a matéria prima, é preciso querer perdoar.
  • Deus é como o fogo que queima o nosso pecado.
  • Padre Fala que a misericórdia é o combustivel para o Perdão.
  • Se reconhecermos os nossos pecados, Deus ai está!
  • Deus está no ato do reconhecimento dos nossos pecados.
  • O pecado é uma iniquidade que mora em nós, mas se o reconhecemos somos purificados.
  • Fala de Davi, que recebeu a visita de Natã, para lhe fazer reconhecer Davi o seu pecado.
  • Fala de Davi, que ficou vendo a mulher de Urias tomar banho, depois engravida ela.
  • Urias é fiel a Davi mesmo bêbado.
  • Padre fala que não podemos ficar guardando as coisas do passado, ficar remoendo.
  • Jesus frequentava a casa de Lázaro, que era seu amigo, e era leproso.
  • Eles enfaixavam os leprosos por que pensavam que a lepra era transmissivel.
  • Jesus não despreza a nós por que somos pecadores, mas ele quer nos tirar do pecado.
  • Perseguir quer dizer seguir de Perto.
  • Não desanime meu irmão pelos seus pecados, pois Jesus sempre visitou a casa de Lázaro, assim também ele quer visitar a sua casa.
  • Maria era prostituta de leprosos, por isso o seu preço era alto.
  • Maria usava seu perfume que equivalia ao trabalho de um ano, a mesma usou o seu perfume nos pés de Jesus, para lava-lo.
  • Jesus faz a comparação de Maria a Simão que nada fez aos pés de Jesus.
  • Jesus foi na casa de Simão o leproso, por que ele era leproso.
  • Você tem na sua casa um leproso, mesmo que seja a lepra do pecado.
  • O leproso vai se decompomdo com a sua lepra.
  • Fala de Maria Madalena que quebra o vaso de alabrasto.
  • Jesus perseguiu com a sua misericórdia a Davi, para que ele se arrependesse.
  • Não tenha medo, quem está em Cristo é uma nova Criatura.
  • Assim diz São Miguel, quem como Deus?
  • Tem confiança minha filha, tua fé te salvou.

Veja mais

Palestras Cura e Libertação