Somos enviados por Deus

De Wiki Canção Nova
Revisão de 15h10min de 25 de novembro de 2009 por Susana (discussão | contribs) (Nova página: == Nelsinho Correá – 12/10/2009 - <small>'''código CD 25. 06266 DVD 26. 06266 ''</small> == <font color=#ff0000>'''Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 hor...)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Nelsinho Correá – 12/10/2009 - 'código CD 25. 06266 DVD 26. 06266

Adquira esta Pregação pela Central de Atendimento 24 horas (12)3186 2600 ou shopping.cancaonova.com

Nelsinho Correá


No batismo além de sermos purificados somos enviados por Deus a servir pelo nosso ministério. O batismo ai já não pertence mais a si mesmo mas Aquele que morreu e Ressuscitou por nós, a arte não tem fim em si mesmo, a arte tem que edificar e tocar as pessoas. Ponha seu ministério a serviço, faça seu melhor.


Local: Rincão do Meu Senhor. / Cachoeira Paulista.

Horário: 11:15 Hs. / Acampamento para Artistas


Conteudo da Pregação


No Reino de Deus, nós que temos um ministério, não somos nós que nos enviamos, é Deus quem nos envia. E quando começa este envio nosso? Em que dia de nossas vidas fomos enviados?

A partir do nosso batismo fomos enviados! Naquele dia você já recebeu a graça de ser enviado.

Qual é a graça do nosso batismo, ele não somente nos purifica dos nossos pecados, mas nos faz criaturas novas, somos templos do Espírito Santo.

A Santíssima Trindade dá ao batizado a graça santificante. Nós recebemos como sementes as virtudes teologais a , caridade e esperança. Essas são algumas das graças que recebe o batizado. Tudo o que você recebeu no dia do batismo era uma sementinha e daquele dia em diante foi necessário que se trabalhasse a terra para que essa semente crescesse e desse frutos. Precisamos comemorar o nosso batismo, é preciso celebrar nosso batismo.

Feito membro da Igreja o batizado não pertence mais a si mesmo, mas pertence Àquele que morreu e ressuscitou por nós, logo é chamado a submeter-se aos outros, diz o Catecismo da Igreja Católica. Você que tem um ministério, você é chamado com a sua arte a submeter-se aos outros. A sua arte não está acima do que a Igreja determina. Tem grupos de dança que querem fazer algo que o padre não aceita, a sua arte deve submeter-se a liturgia da Igreja.

Nossa arte as vezes cai no ridículo, porque não se prepara bem. É preciso ter a roupa certa, ensaiar direito para que as coisas sejam feitas da forma correta. Nós temos deveres como batizados, devemos ter uma postura e há coisas na arte que não devem ser feitas. Você que é batizado é chamado a evangelizar, do jeito que você sabe falar, o que você tem partilhe, dê, pois quando somos batizados recebemos uma graça, a graça da vida nova e você é chamado a anunciar, a testemunhar a Palavra de Deus.

O artista é dotado de uma sensibilidade que o diferencia de outras pessoas. É graça dada por Deus a sensibilidade do artista. A arte é universal atinge a todos, se pegarmos uma partitura feita por músicos nossos daqui da Canção Nova, se alguém for tocar esta partitura, na África, no Japão, tocarão a mesma coisa, pois a música é universal, para a arte não tem fronteiras.

A arte não tem fim em si mesma, a arte tem que edificar, tem que tocar as pessoas. Tem uns caras que são muito inteligentes, que compõem músicas maravilhosas, mas há alguns que usam do dom e não fazem algo que preste. As expressões da arte são ligadas, por exemplo, a dança e a música trabalham em conjunto.

Nós somos enviados por Deus para expressar a nossa arte, hoje no dia de Nossa Senhora Aparecida podemos dizer que ela é exemplo para nós de simplicidade, pois por ela veio ao mundo nosso Salvador. Ela é para nós exemplo de santidade. Precisamos estar com os corações abertos, para saber que somos enviados por Deus para expressar nossa arte.

O batismo sela o cristão com uma marca indelével, ou seja, que não se apaga! Assim como Maria serviu sua prima Isabel, nossa arte também nos leva a servir aos outros. Tem ministério que assume encontros só se tiver um determinado número de pessoas, mas você tem que servir, tem que exercer seu ministério e fazer suas apresentações bem feitas independente do número de pessoas que tiver, seja para cinco pessoas ou para uma multidão, você tem que ter o mesmo ânimo para servir.

Ponha seu ministério a serviço, faça o melhor! Não é detalhe ter Nossa Senhora como referência de serviço para todo o tipo de arte, ela é para nós a referência.


Detalhes


  • No Reino de Deus temos um Ministério, é Deus que nos envia, e fomos enviados a partir de nosso Batismo.
  • No Batismo, nós nos purificamos, nos tornamos criaturas novas, Templo do Espirito Santo.
  • Recebemos sementes, virtudes, fé, caridade, esperança, Devemos cultivar as sementes para dar frutos.
  • Feito membro da Igreja, pelo batismo, já não é mais seu, deve se submeter Aquele que morreu e Ressuscitou, por nós, que logo chamado a submeter se aos outros, (Catecismo da Igreja Católica)
  • O artista é dotado de sensibilidade, é graça dada por Deus
  • A arte é universal atinge a todos. Uma partitura feita pelos músicos da CN, se for ser tocada na Africa, Japão será da mesma forma, pois a arte é universal, não tem fronteiras
  • O batismo é uma marca indelével, ou seja, que não se apaga.
  • Assim como Maria serviu sua prima Isabel, nossa arte também nos leva a servir aos outros. Independente do número de pessoas. Para cinco ou uma multidão você tem que ter o mesmo animo para servir.
  • Não é detalhe ter Nossa Senhora como referencia de serviço para todo tipo de arte, ela é para nós referencia